Caetité: Comunidade de Lagoinha da Cobra é identificada como quilombola

Quarta / 30.08.2017

Por Redação Sertão Hoje

O município irá cadastrar a comunidade como quilombola para que ela seja beneficiada com as políticas públicas mais direcionadas, como a titulação coletiva.

No começo do mês, a gerente de Integração Rural e coordenadora Quilombola de Caetité, Aneli Rodrigues, e o gerente de Desenvolvimento Rural, Amadeu Silveira, ambos da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico, estiveram na comunidade de Lagoinha da Cobra analisando suas características. Na visita foi constatada que a comunidade, que fica a cerca de 50km de Caetité, é quilombola. Dessa forma, o município irá cadastrá-la como tal, para que ela seja beneficiada com as políticas públicas mais direcionadas, como a titulação coletiva. “Comunidade quilombola hoje tem a significação de áreas onde mora uma população negra, com cultura própria, historia própria, com maneira de viver especial e reconhecida pela sociedade como terra do negro”, explicou Aneli Rodrigues.