Sertão Hoje

Sertão Hoje

Guanambi: em operação contra o tráfico de drogas em Ceraíma, trio entrou em confronto com a PM na quarta (23)

Quinta / 24.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

Os PMs estavam verificando uma denúncia de que, pelo menos, 8 indivíduos usavam uma casa abandonada para armazenar, cortar e embalar entorpecentes. (Foto: CIPE Sudoeste)

Nesta última quarta-feira (23), por volta das 12h30, policiais militares da guarnição CAESG, da CIPE Sudoeste, entraram em conflito com um trio de indivíduos suspeito de estarem traficando drogas no Distrito de Ceraíma, em Guanambi.

Segundo a PM, a guarnição foi ao local verificar uma denúncia de que, pelo menos, 8 indivíduos usavam uma casa abandonada para armazenar, cortar e embalar entorpecentes. Os PMs se dirigiram a um ponto da estrada que liga Guanambi a Ceraíma, onde iniciaram a busca pela área de Caatinga. Após encontrarem a casa, os PMs a cercaram, encontrando 3 indivíduos debaixo de uma árvore, que ao avistarem os militares, dispararam em fuga, se espalhando pela vegetação, enquanto atiravam nos policiais, que revidaram os disparos.

Ainda conforme a PM, após cessado o tiroteio, a guarnição localizou um indivíduo caído ao solo, ainda com vida, que foi encaminhado ao Hospital Regional de Guanambi, onde teve óbito constatado. Junto com o indivíduo, os PMs apreenderam 1 revólver calibre .32, marca Taurus, N° de série 27861, oxidado, 2 cartuchos calibre .32, 4 estojos calibre .32, 1 faca, 55 trouxas, pesando aproximadamente 110g, 1 trouxa grande, de cerca de 30g, e um tablete, pesando cerca de 70g, de uma substância análoga à maconha. Segundo a PM, o indivíduo realizava roubos com mão armada, respondia por homicídio e era integrante de uma organização criminosa, na qual atuava como chefe do tráfico de drogas em Ceraíma. Todo o material apreendido foi apresentada na Corregedoria Setorial da CIPE Sudoeste.

UNEB mantém suspensão das atividades presenciais por mais 15 dias

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

As atividades administrativas continuam sendo realizadas via trabalho remoto.

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) publicou, em seu site oficial, nesta última terça-feira (22), a continuidade da suspensão das atividades administrativas e acadêmicas presenciais por mais 15 dias, no âmbito da UNEB. Conforme a publicação, a deliberação ocorre em concordância com as recomendações apresentadas administrativamente pela comissão com a finalidade de acompanhar e orientar as condutas institucionais relativas à pandemia da Covid-19, no âmbito da UNEB. As atividades administrativas continuam sendo realizadas via trabalho remoto.

Mais uma vacina contra a Covid-19 será testada na Bahia

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

No Brasil, sete estados participaram das pesquisas. Em todo o mundo, 60 mil pessoas devem participar do estudo como voluntárias.

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo conglomerado de empresas Johnson & Johnson, em uma parceria entre os Estados Unidos da América e Bélgica, será testada em Salvador. A informação foi confirmada pelo médico infectologista Carlos Brites, da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que vai coordenar os estudos no estado. A expectativa é que o número de pessoas que vai participar dos testes seja definido na primeira semana de outubro, quando serão divulgados os protocolos de recrutamento dos voluntários. A vacina vai ser aplicada no Hospital Universitário Professor Edgard Santos, da Ufba. O imunizante já está na terceira fase de testes, quando já pode ser aplicado em larga escala em humanos. No Brasil, sete estados participaram das pesquisas. Em todo o mundo, 60 mil pessoas devem participar do estudo como voluntárias.

Macaúbas: corpo de adolescente é encontrado na Lagoa Vargem do Boi

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

Os bombeiros foram acionados por volta das 19h de segunda, mas só puderam fazer as buscas na manhã de terça. Por volta das 8h, o corpo foi encontrado. (Foto: 7º GBM)

O corpo de um adolescente de 16 anos, identificado como Jeferson Henrique Santana Silva, foi encontrado na tarde de terça-feira (22), na Lagoa Vargem do Boi, em Macaúbas, no sudoeste da Bahia. Ele estava desaparecido desde segunda-feira (21), quando havia saído para nadar com um amigo na região. Segundo o 7º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), sediado em Vitória da Conquista, o acesso a lagoa, que tem cerca de 40 metros de uma margem a outra, tem vários buracos, com desníveis que chegam a quase 4m de profundidade. O amigo da vítima, ao perceber que ele se afogava, tentou resgatá-lo, mas não conseguiu.

Os bombeiros foram acionados por volta das 19h de segunda-feira, mas, por causa das condições de luminosidade, não puderam fazer as buscas de imediato e deram início ao procedimento na manhã de terça-feira. Por volta das 8h, o corpo foi encontrado. A mãe do adolescente esteve no local com a equipe, mas não quis permanecer até o resgate. Após ser encontrado, o corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica para exame pericial e adoção dos procedimentos legais. Não há detalhes sobre o sepultamento da vítima.

Os bombeiros foram acionados por volta das 19h de segunda, mas só puderam fazer as buscas na manhã de terça. Por volta das 8h, o corpo foi encontrado. (Foto: 7º GBM)

Brumado: vereadores falam sobre o atual momento da pandemia no município

Quarta / 23.09.2020

Por Ascom / CMB

As discussões ocorreram na sessão desta última segunda-feira, dia 21. (Foto: Divulgação / Ascom CM Brumado)

Definida como uma “novela interminável”, a pandemia provocada pelo novo coronavírus voltou a ocupar lugar de destaque na Câmara Municipal durante a sessão desta última segunda-feira (21), na qual os vereadores oposicionistas criticaram à atual gestão, que, segundo eles, vem sendo negligente em muitos pontos.

Capitaneada pelo vereador Zé Ribeiro, as discussões chegaram até o ponto de que os pacientes que são diagnosticados positivos estariam tendo que comprar os remédios do próprio bolso, o que, seria no entendimento do parlamentar uma verdadeira afronta. Rapidamente o vereador Zé Carlos de Jonas, líder do PSB, rebateu a citação, garantindo que falou com o secretário municipal de saúde, Claudio Feres, que afirmou que isso não teria nenhuma procedência. A questão se aprofundou com a volta às aulas, mas segundo os situacionistas, a questão das aglomerações em bares e praças da cidade, com o consumo de bebidas alcoólicas seria muito pior que o retorno escolar, pois essa seria a principal fonte de transmissão atualmente e não a volta dos alunos e professores às salas de aula.

Para o vereador democrata Wanderley Nem, o prefeito Eduardo Vasconcelos estaria sendo muito desumano e isso tem sido notado pela sociedade, tanto que os pais, na sua grande maioria, não levaram os seus filhos para as escolas. Ainda segundo os opositores, a questão das eleições vêm provocando essa situação preocupante, já que, segundo eles, o prefeito estaria somente preocupado com a sua reeleição, deixando de lado protocolos que deveriam ser adotados com maior rigor para evitar a proliferação do vírus. Em contrapartida, o líder do prefeito, vereador Santinho, negou com veemência essa afirmação, argumentando que o secretário municipal de saúde vem tendo um trabalho muito proativo, o qual é reconhecido pela sociedade.

Conforme o último boletim divulgado pelo Secretário Municipal da Saúde, Claudio Feres, Brumado contabiliza 1.292 casos de Covid-19 desde o início da Pandemia. Desses, 1.132 já estão curados, 145 são considerados casos ativos e 15 vieram a óbito.

TCM-BA aprova contas das Câmaras de Vereadores de Abaíra e mais 6 municípios

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

Algumas contas não tiveram ressalvas graves, consideradas passíveis de multa. Outros presidentes foram punidos com multas que variam entre R$ 1 mil a R$ 2,5 mil.

Os conselheiros e auditores que integram a 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) aprovaram, com ressalvas, as contas de 2019 dos presidentes de 7 Câmaras de Vereadores. Alguns não tiveram ressalvas graves, consideradas passíveis de multa. Outros foram punidos com multas que variam entre R$ 1 mil a R$ 2,5 mil, em razão de irregularidades, equívocos e omissões que foram constatadas quando da análise dos relatórios apresentados. As decisões foram proferidas na sessão desta terça-feira (22), realizada por meio eletrônico. Tiveram contas aprovadas o presidente das Câmaras Municipais de Abaíra, Norivaldo Luz Silva; de Amargosa, Marcos Paulo Andrade Sampaio; de Cansanção, Rogério Oliveira da Costa; de Baianópolis, Ivar Bidin; de Boa Nova, Thiago Andrade da Silva; de Capim Grosso, Bruno Vitor da Silva; e de Mulungu do Morro, Júlio Souza Santos.

Monitor de Secas registra menor área com seca na Bahia desde agosto de 2015

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

O Monitor de Secas é coordenado pela ANA, com o apoio da FUNCEME e o INEMA na Bahia. (Foto: Divulgação / Agência Brasil)

A última atualização do Monitor de Secas aponta que na Bahia, em agosto, as chuvas acima da média possibilitaram a diminuição da área de seca fraca no sul do estado. No último mês, o estado e o Espírito Santo foram os únicos acompanhados pelo Monitor que tiveram redução da área com seca, que caiu de 77,05% para 68,21% do território baiano. Esta é a menor área com seca na Bahia desde agosto de 2015, quando foram registrados 61,7% com essa situação. Por outro lado, a severidade do fenômeno aumentou levemente com a elevação das áreas com seca grave de 17,08% para 17,85% da Bahia. Houve modificação nos impactos da seca no extremo norte e oeste do estado, passando de longo prazo para curto e longo prazo. Na maior parte do estado, a seca permanece com impactos de longo prazo, com exceção do extremo sul, onde os impactos são de curto prazo.

O Monitor de Secas é coordenado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos, que atuam na autoria e validação dos mapas. Na Bahia, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) é o órgão que atua no Monitor de Secas. A ferramenta pode ser acessada pelo site monitordesecas.ana.gov.br e pelo aplicativo Monitor de Secas, disponível gratuitamente para dispositivos móveis com os sistemas Android e iOS.

O Monitor de Secas é coordenado pela ANA, com o apoio da FUNCEME e o INEMA na Bahia. (Foto: Divulgação / Monitor de Secas)

Mega-Sena acumula e sorteia R$ 43 milhões nesta quarta-feira (23)

Quarta / 23.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

As apostas podem ser feitas até as 19h nas lotéricas pelo portal Loterias CAIXA e pelo app Loterias CAIXA. O valor de uma aposta simples da Mega é de R$ 4,50.

A Mega-Sena acumulou e pode pagar um prêmio estimado em R$ 43 milhões nesta quarta-feira (23) para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.302. O sorteio será realizado a partir das 20h, no Espaço Loterias CAIXA, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP). As apostas podem ser feitas até as 19h nas lotéricas de todo o país, pelo portal Loterias CAIXA (www.loteriasonline.caixa.gov.br) e pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários da plataforma iOS. Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O valor de uma aposta simples da Mega, com seis números, é de R$ 4,50.

Brumado: Coelba comunica desligamento programado da rede elétrica neste sábado (26)

Terça / 22.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

O desligamento será necessário para que os técnicos da empresa realizem, com segurança, serviços de melhoramento na rede elétrica do local. (Foto: Arquivo Sertão Hoje)

A Coelba, através do seu Departamento de Comunicação, comunica aos consumidores de Brumado, que neste sábado, dia 26, haverá desligamento programado da rede elétrica, das 9h às 15h, no centro da cidade. A medida afetará as Avenidas Cassimiro Pinheiro Azevedo e Doutor Guilherme Dias, as Praças Coronel Zeca Leite e Senhor do Bonfim, além das Ruas Euclides da Cunha, Iluminato Lobo, Joana Angélica, José Olimpio Neves, Miguel Calmon e Placídia Rizério.

O desligamento será necessário para que os técnicos da empresa realizem, com segurança, serviços de melhoramento na rede elétrica do local. A interrupção programada, excepcionalmente, poderá ser cancelada sem aviso prévio, caso as condições atmosféricas não permitam a realização dos trabalhos ou ocorra alguma situação de contingência que impossibilite as manobras para desligar a rede elétrica. Para evitar acidentes, a Coelba recomenda que eventuais reparos nas instalações elétricas internas ou em equipamentos sejam feitos com a chave geral desligada e os aparelhos retirados das tomadas mesmo durante o período da interrupção de energia, pois o fornecimento pode ser restabelecido antes do horário previsto.

Bahia tem metade dos casos de Chikungunya do Brasil; registros no estado cresceram 300% em relação ao mesmo período em 2019

Terça / 22.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

Até o fim de maio deste ano, as ocorrências de chikungunya na Bahia representavam 39,1% dos registrados em todo o país. (Foto: Reprodução/Pixabay)

A Bahia concentra 49,6% dos casos prováveis de Zika e Chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, notificados ao Ministério da Saúde até o mês de agosto. Até o fim de maio deste ano, as ocorrências de chikungunya na Bahia representavam 39,1% dos registrados em todo o país.

Em relação a Chikungunya, o Ministério da Saúde informa que até a terceira semana de agosto foram notificados 66.788 casos prováveis (taxa de incidência de 31,8 casos por 100 mil habitantes) no país. As regiões Nordeste e Sudeste apresentam as maiores taxas de incidência. Além da Bahia, chama a atenção o Espírito Santo, que concentra 19,8% do total. Em comparação com o ano passado, a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) identificou crescimento de 318,7% nos casos prováveis de Chikungunya. No total, 296 municípios realizaram notificação para a doença, e pelo menos 110 apresentaram incidência maior que 100 casos/100 mil habitantes.

Ainda conforme o Ministério da Saúde, foram 5.959 casos de Zika até o início de agosto no pais.  De acordo com a Sesab, até 15 de setembro foram notificados 4.006 casos prováveis de Zika no estado. No mesmo período de 2019, foram 2.762, o que representa um aumento de 45%. Os casos de Cika estão espalhados por 168 municípios baianos.

Fonte: Bahia Notícias.

Brumado: Volta às aulas gerou debates entre vereadores na sessão desta segunda-feira (21)

Terça / 22.09.2020

Por Ascom / CMB

A temática central das discussões foi a volta às aulas, na qual vereadores da situação e oposição expuseram os seus pontos de vista. (Foto: Ascom / CM Brumado)

A temática central das discussões na sessão ordinária do Poder Legislativo de Brumado desta segunda-feira (21) foi a volta às aulas que gerou uma forte polêmica, onde vereadores da situação e oposição expuseram os seus pontos de vista. As falas se iniciaram pelo vereador Zé Ribeiro que qualificou a decisão do prefeito Eduardo Vasconcelos pelo retorno das aulas como de alto risco, já que, segundo ele os índices da Covid-19 no município ainda são altos e, devido a isso, a escola poderia se tornar um ambiente muito propício à novas transmissões. No contraponto, o vereador Zé Carlos de Jonas disse que a decisão foi dada pela Justiça e que todos os protocolos de segurança foram adotados para que se evitassem os possíveis contágios. Já o vereador Wanderley Nem foi mais além ao apontar como um ato de irresponsabilidade a volta às aulas num momento tão delicado como o que se está vivendo em Brumado, que já tem registrado 15 óbitos pela doença, além de um quadro diário de cerca de 30 novas infecções. O vereador Palito também fez uso da palavra e discorreu que a Comunidade de Lagoa Funda deu o seu recado, já que nem sequer um aluno compareceu, o que demonstrou total negativa ao retorno neste momento. Retornando em sua narrativa, o vereador Zé Ribeiro também citou que os protocolos não foram totalmente observados e isso teria ficado comprovado numa reportagem da TV Sudoeste. Já o líder do prefeito, vereador Santinho discordou veementemente da colocação e observou que todas as medidas protetivas foram adotadas e que a Secretaria Municipal de Educação tomou todas as providências necessárias para que o retorno fosse seguro. Por fim os oposicionistas alegaram que a justiça acabou prevalecendo, já que as aulas foram novamente suspensas por uma decisão de estância maior.

Embasa disponibiliza atendimento via Whatsapp

Terça / 22.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

O serviço está disponível 24h em toda a área de atuação da empresa, que abrange 368 municípios baianos. (Foto: Reprodução / Internet)

O atendimento da Embasa ganhou mais um canal de acesso para facilitar a vida de quem precisa de algum serviço da empresa. Pelo aplicativo WhatsApp, no número 71 99908-9001, o usuário dos serviços da Embasa pode consultar débitos, emitir segunda via de conta, pagar com cartão de crédito, comunicar vazamento de água e extravasamento de esgoto, informar falta de água, pedir revisão de conta, além de consultar solicitações feitas em outros canais de atendimento, como a Agência Virtual, o App Embasa, o 0800 0555 195 ou os pontos de atendimento presencial que voltaram a funcionar na rede SAC no interior do estado.

Para acessar o atendimento por Whatsapp, é necessário informar o número de matrícula da ligação de água/esgoto, que consta no canto superior esquerdo da conta. O serviço está disponível em toda a área de atuação da empresa, que abrange 368 municípios baianos, e está disponível 24 horas, assim como os outros canais de atendimento.

“Essa é mais uma iniciativa da Embasa para facilitar o acesso aos serviços, especialmente neste momento, em que o isolamento social necessário para enfrentar a pandemia do coronavírus exige, cada vez mais, soluções remotas de atendimento. O aplicativo WhatsApp já faz parte da rotina das pessoas e se mostrou ser um dos melhores meios para se fazer presente na prestação dos serviços”, destaca João Ricardo Souza, gerente de Relacionamento com Usuários da Embasa.

Dia da Árvore: RHI Magnesita mantém importantes ações de preservação e ampliação de áreas arborizadas

Segunda / 21.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

Em 2019, a empresa cultivou mais de 26 mil mudas em seu viveiro, contemplando espécies como Marinheiro, Madeira Nova, Surucucu e Racha Racha, que são típicas da região.

Nesta última segunda-feira, 21, foi celebrado no Brasil o Dia da Árvore. Em Brumado, município do sudoeste baiano, a RHI Magnesita vem mantendo nos últimos anos uma série de ações para desenvolvimento de mudas de espécies nativas, típicas do Cerrado, Caatinga e Floresta Tropical, além do incentivo ao plantio e preservação das matas na região.

Em 2019, a empresa cultivou mais de 26 mil mudas em seu viveiro, contemplando espécies como Marinheiro, Madeira Nova, Surucucu e Racha Racha, que são típicas da região. Grande parte dessas mudas foi destinada à doação para a comunidade, instituições socioambientais da região e para colaboradores da empresa. Outra parte foi plantada em áreas da unidade da RHI Magnesita em Brumado, com a ajuda de funcionários. A partir da iniciativa de recuperação de áreas verdes, em 2019, a empresa fez um trabalho de revegetação em 59 mil m² de terreno em sua planta e este número chega a 326 mil m², somados os últimos quatro anos. A empresa ainda mantém uma área preservada de 3,8 mil hectares em suas dependências.

Ações junto à comunidade também integram o trabalho da RHI Magnesita, incentivando entre os moradores as boas práticas com o meio ambiente.  Somente nos primeiros meses deste ano, 4 mil mudas de árvores foram cultivadas para ações socioeducativas nas comunidades. “A preservação de nossas matas é responsabilidade de todos nós. Como empresa preocupada com a sustentabilidade e o legado que será deixado para as próximas gerações, investimos constantemente em iniciativas como essas, mas também buscamos fomentar, incentivar e principalmente engajar a comunidade também nessa causa”, explica Lucilla Soledade, coordenadora de projetos sociais da RHI Magnesita no Brasil.

Aeroporto de Barreiras passará por reforma e ampliação

Segunda / 21.09.2020

Por Redação Sertão Hoje

O investimento total previsto é de R$ 64,2 milhões, sendo R$ 45 milhões do Governo Federal e R$ 19,2 milhões de contrapartida do Estado da Bahia. (Foto: Divulgação / Seinfra-BA)

O aeroporto de Barreiras, considerado o mais importante da região do oeste baiano, vai passar por reforma e ampliação. O equipamento opera com aviação geral e regular e também atende aos municípios de Luís Eduardo Magalhães, São Desidério e Santa Rita de Cássia. É o quarto maior aeroporto regional em movimentação total de passageiros do estado e recebeu mais de 78 mil usuários no ano passado.

O aviso de licitação para a elaboração do projeto de reforma e ampliação do aeroporto foi publicado no Diário Oficial do Estado do último sábado (19). O lançamento do edital faz parte do Termo de Compromisso assinado entre o Governo da Bahia, através da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), e o Ministério da Infraestrutura (MInfra) em dezembro de 2018 para a realização da obra. A abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas será em 26 de outubro e acontece por meio de videoconferência. O valor previsto para a execução do projeto é de R$ 1,1 milhão e tem o prazo de sete meses para a entrega do material.

A obra incluirá a reforma e a ampliação da pista de pouso e decolagem, do pátio de aeronaves e do taxiway, implantação de novo Terminal de Passageiros, aquisição de equipamentos e de serviços complementares. O investimento total previsto é de R$ 64,2 milhões, sendo R$ 45 milhões do Governo Federal e R$ 19,2 milhões de contrapartida do Estado da Bahia. Essa contrapartida será com o valor correspondente a construção do Terminal de Passageiros.

MP-BA pede que Justiça decrete indisponibilidade de bens de servidor público por improbidade administrativa e ressarcimento de mais de R$ 325 mil aos cofres públicos

Segunda / 21.09.2020

Por Cecom / MP-BA

Eunadson, além de servidor público da Uneb, era assessor jurídico das Prefeituras de Candiba e Itambé e da Câmara de Vereadores de Palmas de Monte Alto, no mesmo período.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio da promotora de Justiça Tatyane Miranda Caires, acionou a Justiça para que seja decretada, em caráter liminar, a indisponibilidade de bens do servidor público Eunadson Donato de Barros, no valor provisório de R$ 109.964,66, acrescido de juros e correções. O valor equivale à remuneração recebida pelo acionado entre os anos de 2017 e 2018 como assessor jurídico da Prefeitura Municipal de Candiba, cargo público comissionado ilicitamente acumulado. A ação pede que, em caráter definitivo, seja julgado procedente também o ressarcimento dos valores ganhos no ano de 2019, quando o acionado atuou como assessor jurídico, desta vez por intermédio de pessoa jurídica, nas Prefeituras Municipais de Candiba e Itambé. O valor total a ser ressarcido aos cofres públicos é de R$ 325.852,66.

A ação se baseou em investigação do MP-BA que apurou que, além de servidor público da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em regime de 40 horas semanais, Eunadson Donato de Barros foi nomeado para exercer cargos comissionados de assessor jurídico na Prefeitura Municipal de Candiba, na Câmara de Vereadores de Palmas de Monte Alto e na Prefeitura Municipal de Itambé, todos com carga horária de 40 horas semanais, num mesmo período. A ação dá conta de que, notificado para prestar esclarecimentos sobre a comprovada acumulação ilegal de cargos, o acionado informou ter sido exonerado das Prefeituras de Candiba e de Palmas de Monte Alto. No entanto, a apuração do MP constatou que “numa tentativa de burlar a proibição constitucional, objetivando dar aparência de legalidade aos múltiplos vínculos com a administração pública”, o acionado foi contratado novamente, mas desta vez por meio de sua pessoa jurídica, mediante inexigibilidade de licitação.

A promotora de Justiça Tatyane Miranda Caires declarou “que mantém relação respeitosa e cordial com todo meio jurídico local, inclusive com os advogados e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ressalta, entretanto, que o Ministério Público não pode deixar de conduzir investigações e levar ao Poder Judiciário casos de ilicitude, frisando que, no caso do acionado, a ilegalidade não guarda qualquer relação com a natureza da profissão ou função do investigado no exercício da advocacia, mas sim à ilicitude dos múltiplos vínculos mantidos com a administração pública, o que infringe norma constitucional expressa”.