Sertão Hoje

Sertão Hoje

Hospitais baianos começam a receber novos respiradores para tratamento da Covid-19

Sexta / 22.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

Segundo Rui Costa, com os equipamentos será possível a abertura de mais de 200 UTIs, em Salvador e em outras regiões, como o extremo-sul e Jequié. (Fotos: Camila Souza/ GOV-BA)

Dois carregamentos, totalizando 207 respiradores, chegaram ao Aeroporto Internacional de Salvador, nesta semana, para serem utilizados em UTIs pela Bahia. Na tarde desta quinta-feira (21), foram 48 respiradores fabricados na China que chegaram em um voo comercial da Latam. Na noite de quarta-feira (20), o carregamento contava com 159 respiradores - confira aqui

Os equipamentos que chegaram na quarta-feira (20) serão utilizados na criação de novos leitos de UTI para o tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus. Eles serão destinados a unidades de Salvador, Ilhéus, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Juazeiro, Jequié e Irecê. A distribuição teve início no fim da manhã desta quinta-feira (21), quando parte dos respiradores deixou o depósito da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), em Simões Filho, e foi encaminhado ao Hospital de Campanha do Subúrbio.

Os de quinta-feira (21) serão utilizados na abertura de leitos nos centros exclusivos de tratamento da Covid-19 montados pelo Estado em Salvador, na Arena Fonte Nova, Instituto Couto Maia e nos hospitais Ernesto Simões e do Subúrbio, e também em unidades hospitalares do interior, a exemplo do Hospital do Oeste, em Barreiras, e Costa do Cacau, em Ilhéus, além de outras unidades contratadas pelo governo baiano em todo o território estadual.

A Bahia aguarda para a semana que vem a chegada ainda de outros 350 respiradores vindos da Alemanha. Ao todo, mais de 550 novos equipamentos irão para unidades hospitalares da capital e do interior do estado. Segundo o governador Rui Costa, com os equipamentos que já chegaram, será possível a abertura de mais de 200 UTIs, em Salvador e em outras regiões do estado, como o extremo-sul e a região de Jequié.

Segundo Rui Costa, com os equipamentos será possível a abertura de mais de 200 UTIs, em Salvador e em outras regiões, como o extremo-sul e Jequié. (Fotos: Camila Souza/ GOV-BA)

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.