Sertão Hoje

Sertão Hoje

Secretários de Saúde do Nordeste defendem ampliação de recursos da União para a Saúde

Segunda / 11.11.2019

Por Redação Sertão Hoje

A ação ocorreu no I Encontro Regional de Saúde Nordeste, sediado em Salvador nos dias 07 e 08.

Os Secretários Estaduais de Saúde do Nordeste emitiram uma carta aberta alertando a sociedade brasileira para os riscos que ameaçam o direito à Saúde. A ação ocorreu no I Encontro Regional de Saúde Nordeste, sediado em Salvador nos dias 07 e 08.

Na carta, os Secretários defendem a ampliação dos recursos da União para o adequado financiamento do SUS, “corrigindo as iniquidades regionais e assegurando recursos para ampliar ações e serviços na atenção especializada ambulatorial, na perspectiva de fortalecer a regionalização da Saúde e a organização das redes de atenção, seguindo o exemplo das experiências do Ceará e da Bahia”.

Os Secretários se posicionam contrário as propostas de desvinculação dos pisos constitucionais para a saúde, que para eles, “agudizará o crônico subfinanciamento do setor, já estrangulado pela emenda constitucional que congelou os gastos sociais no país”; de desvinculação da destinação de recursos para a Saúde e Educação, “o que colocaria esses setores em disputa pelos limitados recursos orçamentários, desresponsabilizando a União na garantia dos recursos necessários ao financiamento do SUS e do Sistema Educacional”, segundo o documento, que também pede uma atuação mais efetiva e comprometida do Governo Federal no enfrentamento da crise ambiental provocada pelo derramamento de óleo no mar e uma maior integração e cooperação entre os estados e as instituições acadêmicas e da sociedade civil da região.

O evento foi promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), pelo Consórcio Interestadual do Nordeste, pelo Centro Brasileiro de Estudos da Saúde (CEBES), pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) e as Organizações Panamericana de Saúde (OPAS) e Mundial da Saúde (OMS).

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.