Sertão Hoje

Sertão Hoje

Codevasf conquista renovação do Selo Verde, categoria "Diamante"

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

A certificação é concedida a empresas preocupadas com questões ambientais e que promovam o desenvolvimento sustentável, reduzindo os impactos no Meio Ambiente.

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) conquistou a renovação do Selo Verde "Diamante" conferido pela organização não-governamental Ecolmeia, de São Paulo. A solenidade de certificação foi realizada no auditório da Superintendência Regional da Codevasf em Juazeiro, na quarta-feira (18). No evento, foram também certificados com o Selo Verde "Ouro" os Distritos de Irrigação de Maniçoba e de Mandacaru, instituições parceiras da empresa, localizadas no município. A certificação é concedida a empresas preocupadas com questões ambientais e que promovam o desenvolvimento sustentável, reduzindo os impactos no solo, no ar e nas águas, em toda sua cadeia produtiva. O Selo Verde "Diamante" é a categoria máxima concedida pela empresa certificadora. A Codevasf foi certificada por ter sido caracterizada uma rede de organizações na sua área de atuação que tem como objetivos a excelência das ações socioambientais e o compromisso com o desenvolvimento sustentável e a cidadania. Em 2010, a Companhia foi agraciada com o Selo Verde "Ouro" e em 2011 alcançou a categoria "Diamante", sendo a primeira empresa pública no país a conquistar esse nível de certificação pela Ecolmeia. O selo tem validade até 2020. O certificado foi entregue pelo auditor e representante da Ecolmeia, Reginaldo Almeida, ao diretor da Área de Gestão de Empreendimentos de Irrigação, Napoleão Casado, representando o presidente da empresa, Avelino Neiva. Ao explicar a metodologia aplicada para a certificação, o auditor Reginaldo Almeida ressaltou a importância do Selo Verde para a Codevasf e parceiros, que passam a ser exemplos para outras empresas. "No caso da Codevasf, me chamou a atenção o processo de captação de água bruta para os agricultores e o trabalho social que a Companhia desenvolve em relação a isso", enfatizou. Na cerimônia estavam presentes produtores dos perímetros irrigados Maniçoba e Mandacaru, funcionários da Superintendência Regional, autoridades políticas, representantes de associações e a imprensa local.

Caetité: Secretária Municipal de Saúde participa de encontro do CEREST

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

re“Precisamos fortalecer a política de saúde do trabalhador e esse diálogo com o Estado é fundamental”, destacou a secretária Cynthia Lopes. (Foto: Direcom PMC)

A Secretária Municipal de Saúde de Caetité, Cynthia Lopes, participou na manhã dessa quarta-feira (18), do Encontro Estadual com Gestores Municipais de Saúde de Municípios Sede do Cerest (Centro Regional de Saúde do Trabalhador), realizado na sede da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), em Salvador. O encontro teve o objetivo de debater o fortalecimento da estrutura e gestão do Cerest que compõe a Rede Estadual de Saúde do Trabalhador, potencializando e incrementando ações em relação a saúde do trabalhador em todo o Estado. Na oportunidade, também foi discutida a temática em relação à política nacional na área em debate. Na Bahia há 15 centros do Cerest, sendo um deles em Caetité. De acordo com secretária Cynthia Lopes a participação no encontro é de muita relevância não só para Caetité, mas para toda região. “Nós precisamos fortalecer a política de saúde do trabalhador e, para isso, esse diálogo e articulação com o Estado é fundamental. O Governo Participativo tem sido sensível a isso, e em nosso município mantemos uma política permanente nesse sentido”, destacou a secretária.

Brumado: Coelba comunica desligamento programado na terça-feira, dia 24

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

O desligamento será necessário para que os técnicos da empresa realizem, com segurança, serviços de melhoramento na rede elétrica do local.

A Coelba informa que o fornecimento de energia elétrica será temporariamente interrompido nesta terça-feira (24), das 8h às 14h, na Rua Virgilio Ataíde, Travessa Manoel José da Lima, Rua 2 de Julho, Rua Camilo Vasconcelos, Rua Tertulino Meira, Praça Teófilo Alves de Lima, Travessa Visconde de Cairu, Rua Tambor da Solidade, Travessa Joaquim de adão, Rua Coronel Tibério Meira, Travessa Santa Helena, no Bairro do Mercado, em Brumado. O desligamento será necessário para que os técnicos da empresa realizem, com segurança, serviços de melhoramento na rede elétrica do local. A interrupção programada, excepcionalmente, poderá ser cancelada sem aviso prévio, caso as condições atmosféricas não permitam a realização dos trabalhos ou ocorra alguma situação de contingência que impossibilite as manobras para desligar a rede elétrica. Para evitar acidentes, a Coelba recomenda que eventuais reparos nas instalações elétricas internas ou em equipamentos sejam feitos com a chave geral desligada e os aparelhos retirados das tomadas mesmo durante o período da interrupção de energia, pois o fornecimento pode ser restabelecido antes do horário previsto. A Coelba agradece aos seus clientes e se coloca à disposição para os esclarecimentos necessários.

Prefeito discute com comandante do 17º BPM a viabilidade do Convênio para instalação da filosofia do Colégio Militar em Guanambi

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

“Quando estávamos com o Comandante Geral, cobramos a instalação de um Colégio Militar aqui, e agora estamos vendo a viabilidade deste projeto”, explica o prefeito Jairo Magalhães.

O Prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, e a Secretária de Educação, Maristela Cavalcante, se reuniram na manhã desta sexta-feira (20), no gabinete municipal com o Tenente Coronel PM Marcelo Queiroz, Comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Guanambi, onde discutiram diversos pontos do Termo de Cooperação Técnica para implantação da "metodologia e filosofia" dos colégios militares em uma unidade de ensino em Guanambi.  Para o prefeito, este é o primeiro contato para o alinhamento do projeto, que será discutido com o Conselho Municipal de Educação, a comunidade, e será tema de uma reunião em Salvador nos próximos dias, entre o prefeito municipal, comandante do 17º BPM, Secretária Municipal de Educação e o Comandante Geral da PM, o Coronel Anselmo Brandão, que é o coordenador do projeto em parceria com a União dos Municípios da Bahia (UPB).  “Este diálogo nasceu no primeiro contato que tivemos com o Comandante Geral, em visita a Guanambi no ano passado, onde cobramos mais uma vez a instalação de um Colégio Militar em nossa cidade, e agora estamos vendo a viabilidade deste projeto, em forma de cooperação técnica”, disse o prefeito. Na Bahia existem 18 colégios militares, e com a impossibilidade do governo do estado de implantar em cada município uma unidade, a parceria com as prefeituras irá implantar, junto com os educadores, profissionais da reserva e da ativa da Polícia Militar, a filosofia destes colégios nas unidades municipais. Algumas cidades do estado já iniciaram com o novo projeto e muitas outras estão em fase de implantação.

Rui lança segunda etapa do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

O programa realizou mais de 18 mil atendimentos e pouco mais de 14 mil cirurgias, contemplando os 417 municípios da Bahia.

Nesta terça-feira (24), às 9h, o governador Rui Costa participa do lançamento da segunda etapa do Projeto Mutirão de Cirurgias Eletivas, que também contará com a participação de secretários e prefeitos de todos os municípios baianos. A novidade desta nova edição é a ampliação dos procedimentos disponibilizados. Implantado no segundo semestre de 2016, o programa realizou mais de 18 mil atendimentos e pouco mais de 14 mil cirurgias, contemplando os 417 municípios da Bahia. O evento acontece no Senai Cimatec, na Avenida Orlando Gomes, 1.845, no bairro de Piatã.

Decisão unânime de Turma do TRF1 confirma bloqueio de R$ 20 milhões do Fundef recebidos por Paratinga

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

O MPF esclarece que o Fundef e Fundeb, servem para a manutenção e desenvolvimento da educação básica, por isso, seus recursos não podem ser utilizados com outro propósito.

A Oitava Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região decidiu, por unanimidade, manter o bloqueio de R$ 20.045.417,80 em precatórios do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) recebidos pelo município de Paratinga. A decisão negou recurso do Município, que objetivava suspender o bloqueio, e confirmou o entendimento já manifestado pelo TRF em decisão monocrática de 6 de dezembro do mesmo ano. A indisponibilidade do valor foi pedida pelo Ministério Público Federal (MPF) em Bom Jesus da Lapa em outubro de 2017, para impedir seu uso em outra finalidade que não na educação. O MPF esclarece que tanto o Fundef quanto o programa que o substituiu, o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), possuem o mesmo objetivo: promover a manutenção e o desenvolvimento da educação básica e, por isso, seus recursos não podem ser utilizados com outro propósito, conforme definido na Constituição e na Lei nº 11.494/07. O procurador da República Adnilson Gonçalves da Silva, autor da ação, explica que “o gestor que tenha aplicado ou venha a aplicar os recursos do precatório do Fundef em área estranha à educação, poderá ter que responder por ato de improbidade administrativa em razão do desvio de finalidade, sem prejuízo de eventual apuração de algum ato específico de malversação, fraude em licitação, superfaturamento, etc, quando utilizados os referidos recursos”. O agravo de instrumento ajuizado pelo Município buscava, além de suspender o bloqueio dos R$ 20.045.417,80, assegurar a livre utilização dos valores. Esses valores foram recebidos em janeiro de 2017 e são relativos à diferença devida pela União e não transferida entre 1998 e 2002 a título de complementação do Fundef.

Fórum une Sepromi e municípios no combate à desigualdade racial

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

“O objetivo é promover o diálogo e pensar na formação dos gestores, possibilitando o acesso a recursos dos governos federal e estadual”, explicou Fabya. (Fotos: Carol Garcia/GOVBA)

A redução das desigualdades raciais e o combate ao racismo são discutidos por gestores municipais e representantes da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), em fórum transmitido do Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, nesta sexta-feira (20). As principais pautas são a análise conjunta do planejamento de ações afirmativas, questões referentes às políticas para os povos e comunidades tradicionais nos territórios, entre outras.  Segundo a secretária da Sepromi, Fabya Reis, o Fórum de Gestores Municipais de Promoção da Igualdade Racial é um espaço de formação que integra o Sistema de Igualdade Racial, juntamente com o Conselho para Gestores de Comunidades Negras, a Rede de Combate ao Racismo e a Comissão dos Povos Tradicionais. “O objetivo é promover o diálogo entre os municípios que possuem órgãos de promoção da igualdade racial e também pensar no processo de formação desses gestores, possibilitando o acesso a recursos dos governos federal e estadual. Essa ação possibilita que estudantes, professores e gestores nos acompanhem pela videoconferência”, explicou Fabya. Segundo a secretária, a Sepromi tem se dedicado a ciclos de debates para que as políticas públicas voltadas à redução das desigualdades raciais cheguem aos 417 municípios baianos. “Hoje, mais de 120 gestores participam do fórum e possibilitam essa ação transversal. Como resultados práticos, nós temos a consolidação do nosso sistema, a partir da promulgação do Estatuto, em 2014. Estamos vendo cada vez mais os municípios se interessando. Agora mesmo, temos o combate por meio do Centro de Referência Nelson Mandela e também a nossa unidade móvel”.

Os resultados práticos chegaram, por exemplo, a Juazeiro, onde Luana Rodrigues é diretora de diversidade. “Eu integro o fórum representando o município desde 2013. É um espaço forte, norteador das políticas públicas. O impacto disso para o município é o fortalecimento da identidade racial e das políticas de raça”, destacou.  De acordo com Luana, mais de 70% da população de Juazeiro é negra. “Temos quilombos, mais de 200 terreiros e uma comunidade certificada, mas temos ainda mais 17 que precisam ser reconhecidas nesse processo de autodeclaração. É um trabalho árduo e que tem que continuar”. A diretora do Departamento de Promoção da Igualdade da Secretaria de Direitos Humanos de São Francisco do Conde, Alva Célia, ressaltou a necessidade de políticas públicas no município, que tem grande presença de quilombolas, pescadores, marisqueiras, manifestações culturais e comunidades tradicionais. “Estamos aprendendo a construir políticas públicas para reduzir o preconceito, a discriminação e a intolerância religiosa. Já desenvolvemos várias políticas públicas e ações. Entre elas, criamos a Caravana da Reparação, para levar aos distritos os Diálogos Formativos e reduzir a intolerância e o racismo”, afirmou Alva.

Câmara de Vereadores de Ituaçu divulga Ata da 6ª Sessão Ordinária de 2018

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

Na sessão foram realizadas votações de três Projetos de Lei importantes, dentre as quais a que aprovou a criação de cargos para o funcionamento do NASF e CAPS em Ituaçu.

A Câmara Municipal de Vereadores de Ituaçu, através da sua Mesa Diretora, divulgou a ata aprovada da 6ª Sessão Ordinária do Primeiro Período Legislativo de 2018, realizada no dia 06 de abril. A sessão contou com as presenças dos vereadores: Márcio Aparecido Araújo Rocha, Ronaldo da Silva Rocha, Elza Marillu Martinelly Silva Ramos, Otacilio Caíres de Souza, Almir Santos Pessoa, Reinalvo Rocha Ferreira, Sivaldo Ferreira da Silva, Adriano Silva Machado, Tertulina Silva Andrade e Euvaldo Figueredo da Silva. Ausente o Vereador Joel Teixeira Silva (falta justificada). Na sessão foi realizada a primeira discussão e votação do Projeto de Lei nº 001/2018, que “Cria o Fundo Municipal do Meio Ambiente de Ituaçu, e da outras providencias”, tendo sido o mesmo aprovado por unanimidade. Foi realizada ainda a primeira discussão e votação do Projeto de Lei N.º 001/2018, de autoria do Poder Legislativo, que “Dispõe sobre o Plano de Carreira, Cargos e Salários dos Servidores Públicos da Câmara Municipal de Ituaçu, Bahia e dá outras providências”, também aprovado por unanimidade. A Ordem do Dia contou ainda com a primeira discussão e votação do Projeto de Lei N.º 002/2018, que “Dispõe sobre a criação de cargos para os serviços e programas: NASF e CAPS, no âmbito do município de Ituaçu e dá outras providências”, aprovado por unanimidade. CLIQUE NO LINK ABAIXO E CONFIRA A ATA DA 6ª SESSÃO ORDINÁRIA NA ÍNTEGRA.

Ata da Sexta Sessão Ordinária do Primeiro Período Legislativo de 2018

Mais de 37 mil candidatos fazem provas de concurso da Polícia Civil

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

São 880 vagas para Investigador, 82 para Delegado e 38 para Escrivães.

Exatamente 37.676 dos 48.120 inscritos compareceram aos 48 locais de prova do Concurso Público da Polícia Civil, neste domingo (02). Este número representa um percentual de 21,78% de abstenções. Eles concorreram a uma das mil vagas ofertadas, sendo 880 para Investigador, 82 para Delegado e 38 para Escrivães. O maior número foi para o cargo de Investigador, com 35.036 candidatos, seguido dos cargos de delegado, com 10.658, e de escrivão, com 2.426 postulantes ao cargo. Promovido pela Secretaria da Administração (Saeb) e pela Polícia Civil, o certame é organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho (Fundação Vunep). A primeira etapa do certame foi composta por provas objetivas, com questões de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos, totalizando 100 questões – regras válidas para os três cargos. Já a segunda etapa, inteiramente discursiva, teve avaliações diferentes para cada função. Candidatos ao cargo de delegado desenvolveram estudos de caso e peça processual; já os inscritos para as funções de investigador e escrivão responderam a questões dissertativas. As próximas etapas do concurso, previstas em edital, compreendem a realização de exames biomédicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico, prova de títulos e investigação social. Os aprovados no certame, quando nomeados, terão remuneração inicial para os delegados de polícia, regime de trabalho de 40 horas semanais, no valor de R$ 11.389,96. Já os investigadores e escrivães de polícia terão remuneração inicial de R$ 3.915,85, no regime de 40 horas semanais.  

Caetité: Concluído curso de recuperação de pastagens na Comunidade de Curral Velho

Segunda / 23.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

Segundo o secretário Rosival de Almeida, a Prefeitura realizará outros cursos, com o intuito de geração de renda, qualidade de vida e desenvolvimento da agricultura familiar.

Foi encerrado no dia 21 de abril o Curso de Recuperação de Pastagem realizado na Comunidade de Curral Velho, localizada no Distrito de Brejinho das Ametistas, pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com a Prefeitura de Caetité, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SDE), e Associação Viva. A formação foi encerrada em sua 4ª etapa com aprendizagem prática realizada com os agricultores da localidade que foram capacitados para o manejo e recuperação do pasto, alimento essencial para o rebanho e a produção de leite que se destaca na região. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Rosival de Almeida, comemorou a conclusão do curso. “Com o encerramento do curso temos produtores com conhecimento técnico para recuperar sua pastagem e produzir mais, gerando renda e desenvolvimento”, comemorou o secretário. Ainda segundo o secretário, a Prefeitura realizará em breve outros cursos para formação dos produtores rurais do município de Caetité, com o intuito de geração de renda, qualidade de vida no campo, desenvolvimento do setor primário e da agricultura familiar.

Ex-prefeita de Barreiras é multada pelo TCM

Domingo / 22.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

A denúncia foi apresentada ao TCM, à época dos fatos, por um cidadão de Barreiras, José Roberto Araújo Batista. (Foto: Paula Fróes | Gov BA)

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta quarta-feira (18), julgou procedente denúncia apresentada contra a ex-prefeita de Barreiras, Jusmari Oliveira, por causa da realização de despesas, de forma fragmentada, com o claro objetivo de burlar o indispensável processo licitatório. Além disso, ela contratou, em processo com dispensa de licitação, empresa de ônibus para o transporte escolar por quase R$ 1 milhão, e também uma empresa de montagem de estrutura metálica para evento agropecuário por R$ 600 mil. O conselheiro Fernando Vita, relator do parecer, determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual para que seja apurada a prática de crime contra a administração nos três casos, que ocorreram entre os anos de 2009 e 2011. A gestora foi multada em R$20 mil. A denúncia foi apresentada ao TCM, à época dos fatos, por um cidadão de Barreiras, José Roberto Araújo Batista. A então prefeita, notificada insistentemente, preferiu não se pronunciar nos autos do processo que foi instaurado. Posteriormente, uma equipe de técnicos do TCM fez uma inspeção in loco e comprovou todas as denúncias. A primeira, a fragmentação de despesas em inúmeras aquisições de bens, produtos dos mais diversos, desde materiais para manutenção em semáforos até a compra de computadores, sacos de lixo e vassouras -, gerando prejuízo aos cofres municipais.

A ex-prefeita, segundo relatório apresentado pelo conselheiro Fernando Vita, ainda privilegiou indevidamente a empresa “Viação Cidade de Luís Eduardo” contratada sem licitação, já em 2009, por R$ 686 mil, em razão de suposta “situação de emergência” sob a alegação de que ela já havia prestado serviços ao município e teria apresentado o menor preço, embora no processo não conste a proposta da contratada, tampouco de outras empresas concorrentes. Em razão de injustificada “inação da administração denunciada”, no que se refere à adoção de providências para a realização de licitação para a contratação do transporte escolar, constata-se, segundo o conselheiro relator, “que a incúria e desídia no tocante ao dever de promover licitação persistiu ao longo do exercício de 2009”. E com isto, a empresa, além de ter o contrato prorrogado seguidamente, ainda foi beneficiada com o aditamento que reajustou de R$ 626.259,34 para R$ 919.443,61 o contrato. Além disso, os técnicos do TCM que analisaram as denúncias apresentadas contra a gestora comprovaram “a ilegalidade da contratação por dispensa de licitação da empresa Vercelencio Moreira de Oliveira & Cia para a prestação de serviço de montagem, manutenção e desmontagem de estruturas metálicas destinadas a evento agropecuário, no valor global de R$ 600 mil. Cabe recurso da decisão.

Câmara de Brumado disponibiliza áudio da sessão realizada nesta sexta-feira (20)

Domingo / 22.04.2018

Por Eliana Costa

O objetivo é fazer com que a população tenha conhecimento das discussões que acontecem nas sessões. (Foto: Arquivo Sertão Hoje)

A Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Brumado, visando possibilitar a toda população o conhecimento do que foi discutido nas sessões do legislativo municipal, tem disponibilizado o áudio das sessões em site oficial (www.cmbrumado.ba.gov.br). O objetivo é fazer com que a população tenha conhecimento das discussões que acontecem nas sessões. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações, cuja finalidade é promover maior interação com as pessoas na busca do desenvolvimento da cidade.

CLIQUE AQUI PARA OUVIR O ÁUDIO DA ÚLTIMA SESSÃO

Mineradoras Sama e Saint-Gobain são condenadas a pagar R$ 31 mi por danos morais ao município de Bom Jesus da Serra

Sábado / 21.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

A sentença determina que o valor seja revertido em favor de projetos culturais, sociais e ambientais para o município de Bom Jesus da Serra. (Fotos: G1 Bahia)

A pedido do Ministério Público Federal (MPF), em Vitória da Conquista, e do Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA), a Justiça Federal condenou a mineradora Sama S/A Minerações Associadas e a multinacional Saint-Gobain do Brasil Produtos Químicos Industriais e para Construção Ltda a pagarem R$ 31.423.370,00 por danos morais coletivos. A sentença determina que o valor seja revertido em favor de projetos culturais, sociais e ambientais para o município de Bom Jesus da Serra. De acordo com os MPs, a Sama explorou amianto na jazida São Félix do Amianto no município, entre os anos de 1940 e 1968. No encerramento das atividades de extração, entretanto, não foram adotadas medidas satisfatórias para mitigação dos efeitos do mineral nos habitantes da região, deixando resíduos que teriam contaminado um número indeterminado de pessoas, entre trabalhadores da mina, seus familiares e moradores do entorno. “A existência de feitos relacionados à exposição da população local ao amianto é agravada pela existência do risco de fibras de amianto suspensas no ar e pela utilização dos blocos de rejeito pelas famílias dos trabalhadores nas suas residências e como ornamentos de decoração, além de seu transporte para outras áreas sem qualquer controle, sobretudo pela desinformação decorrente do alto grau de analfabetismo daquela região”, afirmam.

Além do pagamento de R$ 31.423.370,00, a Justiça também determinou o isolamento da área da antiga mineradora com cercas de arame farpado, para impedir a entrada de pessoas não autorizadas; a sinalização da área com 30 placas, com dimensões de outdoors, informando sobre o risco de contaminação; a identificação, seleção e demolição de edificações construídas com os rejeitos, bem como o monitoramento da área por no mínimo mais cinco anos, em períodos de chuvas e estiagem para acompanhar a qualidade do ar. As empresas terão também de isolar as cavas provocadas pela atividade mineradora, e onde se acumulam água, com muros de alvenaria ou pré-moldados com sinalização de advertência indicando a impropriedade da água para consumo humano. Além disso, deverão também realizar um Plano de Recuperação da Área Degradada e campanhas em veículos de imprensa e escolas para esclarecer à população quanto aos riscos de inalação de fibras do mineral em caso de movimentação dos materiais. De acordo com os MPs, no período que operou no município, e mesmo após a interrupção da atividade da mina, a Sama não cumpriu as obrigações legais assumidas; não se preocupou com as condições de vida dos trabalhadores e habitantes do entorno da jazida e em responder pelos prejuízos causados a terceiros; tampouco adotou medidas para reduzir a degradação ambiental e evitar a contaminação da água e do ar. Entre os danos ambientais provocados pela intensa atividade mineradora no local estão a formação de uma cratera gigantesca, além de uma galeria subterrânea de 200m de extensão que circunda a enorme cratera.

Fann Estourado chama a atenção de grande produtor musical, que irá gravar seu novo sucesso “Lembrar da Gente”

Sábado / 21.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

Fann viaja neste domingo (22) para São Paulo, onde irá fazer a gravação. (Foto: Beto Bonelly)

Fann Estourado se destaca sempre no cenário musical regional, participando de grandes eventos e agradando todo o público presente, sempre com animação e irreverência. Agora com uma nova cara cantando sucessos do forró e do sertanejo, Fann vai gravar seu novo sucesso “Lembrar da gente” com Bolinha, importante e competente produtor musical. O produtor musical Bolinha conta com a experiência de já ter trabalhado com artistas nacionalmente conhecidos e até com carreira internacional, como: Alexandre Pires e Alex e Ronaldo, Além disso, O produtor já atuou como sanfoneiro nas gravações de DVD e nos shows de artistas como Jorge e Mateus, Henrique e Juliano, Bruno e Marrone, Marília Mendonça, Roberta Miranda e outros. Bolinha presta serviços ainda para o Programa do Raul Gil no SBT. Então, com todo esse reconhecimento, bagagem e competência ele irá produzir a música do artista brumadense Fann Estourado. O artista brumadense viaja neste domingo (22) para São Paulo, onde irá fazer a gravação.

Sindicato oferece recompensa por informações sobre a morte do delegado Marco Torres

Sábado / 21.04.2018

Por Redação Sertão Hoje

"Decidimos oferecer a recompensa por entender que este é mais um mecanismo que pode auxiliar e agilizar as investigações”, explica o presidente da entidade Fábio Lordello.

No intuito de colaborar com a equipe de investigação, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (SADPEB) oferece uma recompensa de R$ 10 mil (dez mil reais) para quem fornecer informações que identifiquem o(s) autor(es) da morte do delegado Marco Torres, titular da Delegacia de Barra da Estiva. A denúncia pode ser feita anonimamente através do telefone (77) 98104-1010. De acordo com o presidente da entidade, Fabio Lordello, a iniciativa tem o condão de contribuir para a elucidação do crime. "Nossos colegas estão focados e a Diretoria do Sindicato decidiu oferecer a recompensa por entender que este é mais um mecanismo que pode auxiliar e agilizar as investigações. Temos absoluta confiança na capacidade da equipe de policiais designada”, explica.  O corpo do delegado Marco Torres foi encontrado carbonizado no município de Anagé, na última sexta-feira, dia 13. De acordo com relatos, o servidor desapareceu logo depois que viajou de Barra da Estiva para Vitória da Conquista. Marco Torres dirigia uma caminhonete e levava uma motocicleta na carroceria.