Sertão Hoje

Sertão Hoje

Colunistas

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Padre Ezequiel Dal Pozzo é cantor e compositor, lidera o Projeto Despertai para o Amor, de evangelização através da música. Já lançou 5 CDS e 1 DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta o programada de rádio reflexão Despertai para o Amor e o programa de TV Despertai para o Amor. É editor da Revista Despertai para o amor e autor do livro "Beber na fonte do amor”.

Como posso deixar o meu dia melhor

Poderíamos destacar dois caminhos. O primeiro caminho para dar ordem ao meu dia seria passar pelos rituais. Os rituais religiosos ou não religiosos ordenam a realidade, ativam a força, criam o sentido e me dão o sentimento de que eu mesmo vivo ao invés de ser vivido. Pelos rituais eu coloco ritmo à minha vida. Levanto, faço as minhas coisas, organizo a minha vida, penso meu tempo, faço aquilo que devo fazer. Eu decido conscientemente sobre o que fazer e como conduzir meu dia. É importante dar tempo para pôr ordem na vida. Se a gente consegue tomar um tempo, já de manhã, para a oração e meditação, certamente isso dará um toque especial para o dia. Eu dou forma ao meu dia na medida que determino o que vou fazer. Eu vou ajudar com o meu ser, com a minha decisão, com o meu ritmo a dar forma a esse mundo e enche-lo de amor. Isso dá prazer à própria vida e dá alegria de viver.

Os antigos diziam que pelo fato de minha vida ser uma festa constante, dou a ela uma forma de quadro nos rituais, isto também significa que tenho prazer em projetar a minha vida. Por isso, os primeiros caminhos são os rituais, os ritmos que eu vou dando a minha vida. E como eu disse, a pessoa que consegue fazer um momento de oração e meditação consegue ter o dia muito mais saboroso.

O segundo caminho é não reprimir as agruras e os problemas que temos. Não vê-los como prensa que nos comprime ou nos esmaga. É importante ver as dificuldades que aparecem como desafios que se colocam para o meu crescimento, assim como o esportista vê as dificuldades de uma disputa como um desafio para se tornar cada vez melhor, também eu gostaria de experimentar realmente o potencial que existe dentro de mim. Por isso, não tomar a dificuldade como algo estranho imposto a mim, mas percebê-la como minha. Diante dela eu posso crescer, ela pode se tornar até uma ajuda importante para mim, para que eu perceba minha capacidade de superação. Por isso, diante da minha vida eu posso decidir. Nem tudo a gente pode decidir e trocar em todo o momento, como o trabalho que a gente vai ter e assim por diante. Mas eu posso decidir como vou cumprimentar as pessoas quando as encontro de manhã, com que humor entro no escritório, isso é decisão minha e com isso nós podemos marcar esse mundo e este dia. Em tudo que nos é dado, existe sempre, todos os dias, vivências e experiências felizes que surpreendem e alegram o coração e assim podem refletir-se sobre as outras pessoas. Eu posso deixar o meu dia melhor e devo dar-me oportunidade para fazer isso.