Sertão Hoje

Sertão Hoje

Colunistas

Dário Teixeira Cotrim

Membro da Academia Montes-clarense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros. Também é ele o atual diretor da Biblioteca Pública de Montes Claros

IMPEACHMENT É A SOLUÇÃO

É importante dizer que, no atual cenário político em que vivemos, é necessário compreender e aceitar, com o mínimo de dignidade, a voz das ruas. Não há mais espaço para este governo da presidente Dilma Rousseff, não há mais sustentação para Luís Inácio Lula da Silva querer bancar o cargo de Ministro da Casa Civil, qualquer remendo neste sentido será danoso para o casaco, haja vista que o pano já está podre. Só há uma saída digna, sustentável e benéfica para o Brasil: a renúncia da presidente (não há porque falar em suicídio).

Não sendo da renuncia haverá de ser de outra maneira: o impeachment. Por que o impeachment? Porque o projeto de poder se sobrepõe ao projeto de governo. E, para que isso se concretize é preciso fazer as “Pedaladas”, fazer os conchavos com políticos irresponsáveis e desonestos. É preciso mais, comprar a dignidade de um povo. No ano de 2014 o povo foi enganado com as promessas que nunca seriam cumpridas, para que a candidata Dilma Rousseff voltasse ao poder.  Ela voltou e deu no que deu. Hoje, mais de noventa por cento da população braveja contra Dilma e Lula da Silva. O engodo foi descoberto, pois o Brasil passa os seus piores dias com a Saúde na UTI, a Economia esfacelada, a Justiça injusta, a Educação sem educação e os militantes petistas ainda continuam querendo enganar o povo daquilo que nem eles mesmos acreditam.

Não vai ter golpe! Afirmam os bajuladores do governo. É verdade. Não vai ter golpe porque o impeachment está contido na Constituição Federal Brasileira e será aplicado à luz do direito. Lula disse com todas as letras que o STF está acovardado. Também isso é verdade. Está acovardado porque tem culpa no cartório. Muitos dos ministros que fazem parte do STF são cobras criadas do PT. Se não fosse assim, eles fariam como fez Joaquim Barbosa, dando o primeiro passo para a condenação dos políticos envolvidos no mensalão. Nota-se que o ministro Marco Aurélio de Mello (primo do ex-presidente Fernando Collor de Mello) tem hoje uma dívida com a presidente Dilma Rousseff: a indicação de sua filha Letícia Santis Mendes de Farias Mello, nomeada como desembargadora federal.

É por essas e outras que o impeachment é mais do que necessário. Certamente que muitos petistas perderão seus empregos, mas isso não é nada em relação aos brasileiros de boa fé que estão, a cada dia, sendo demitidos de suas funções, em cargos produtivos. Todos sabem que os funcionários petistas somente fazem o que manda o comando de guerra. São as milícias do MST que estão botando pra quebrar, incendiando pneus para bloquear estradas, invadindo fazendas produtivas e ameaçando pessoas de bem. Confesso com determinação, não tenho medo dessa classe de gente e farei o que puder para livrar o meu Brasil das garras desta quadrilha criminosa comandado por Luís Inácio Lula da Silva.

Impeachment já. Fora Dilma Rousseff. Fora Lula e fora PT. O meu sonho é o sonho de toda uma população: deixar para as futuras gerações um país independente, sério e respeitado em todas as esferas deste planeta. A nossa história está manchada pela desordem do PT. Vamos limpar, nas entrelinhas, os borrões que agora enfeiam o que de belo era ontem e o que de belo será amanhã, para que possamos contar aos nossos filhos e netos com dignidade e orgulho uma nova história.