Sertão Hoje

Sertão Hoje

Colunistas

Dário Teixeira Cotrim

Membro da Academia Montes-clarense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros. Também é ele o atual diretor da Biblioteca Pública de Montes Claros

DEUS E O DIABO NA TERRA DOS TOLOS

Não há como não dizer que a nossa história tem lá as suas ledices, as suas fantasias e também as suas encrencas. São dois polos distantes, são dois extremos diferentes, um não sei o quê do bom e do mau, ou do bem e do mal, mas sempre dois discursos para enganar o povo, um antes dos fatos acontecerem e outros depois dos fatos acontecidos. No palco da política, a denúncia contra as promessas da oposição com obrigações mirabolantes. No palco da vida, os efeitos contrários de tudo que foi dito e prometido. Assim é a ética, a honra, e os valores familiares daqueles que hoje nos governam. Dois pesos e duas medidas no mundo da fantasia, onde Deus e o Diabo apoiam o líder messiânico da figuram dupla de Luiz Inácio Lula da Silva.

Aliás, o Lula é o próprio Deus para os néscios e o próprio Diabo para aqueles que não são insensatos. Para poucos ele é apenas o homem que tem a alma mais honesta de toda a humanidade. Entretanto, para muitos não é bem assim, uma vez que o cerco policial está cada vez mais perto de suas artimanhas, de suas roubalheiras, de suas investidas contra o erário público, dilapidando-o com o tráfico de influência em favor da Odebrecht, UTC, OAS e a Andrade Gutierrez. Lula tem o céu como testemunha de projetos bons como o Bolsa Família. Por outro lado, o próprio Lula tem o inferno como adversário de suas atitudes criminosas contra o povo brasileiro. “No mundo da fantasia, ele é a viva alma mais honesta do Brasil, não está sob investigação das autoridades nem tem responsabilidade sobre o petrolão e o mensalão”.Lula é um anjinho com rabo e chifres na cor vermelha do PT!

Entretanto, não é bem assim que as coisas estão acontecendo no mundo real. A Laja-Jato quer saber mais um pouco sobre o apartamento tríplex no edifício Solaris, no Guarujá. Lula e seus advogados afirmam que o imóvel não é seu e que tudo não passa da imaginação da justiça. Mas, os indícios constatam o contrário. Uma queda de braço entre “Deus e o Diabo na terra dos tolos”. Tem, também, o sítio Santa Bárbara, em Atibaia, todo reformado pela OAS, que ninguém sabe ainda quem são os seus verdadeiros proprietários. Uma barbaridade! Além do mais, os negócios ilícitos de dois de seus filhos: Fábio Luize Luiz Cláudio, este com o poder da imbecilidade de tocar fogo na nação brasileira caso o seu pai seja preso. Como dizia a nossa gloriosaEdite Veiga: “Faz-me rir o que andas dizendo...”.

Se o ilustre cineasta baiano, Glauber Rocha, vivo fosse é bem verdade que ele fizesse o segundo filme sobre a vida corrupta do meliante Lula da Silva: “Deus e o Diabo na terra dos tolos”. Pois bem, o filho que o Brasil pariu lá no nordeste não é mais aquele menino pobrezinho do pau-de-araraque Fábio Barreto ostentou numa insignificante fita cinematográfica, todaincrementada de mentiras e senões, e com a interpretação fantasiosa e mediana de Rui Ricardo Dias. Uma vergonha!