Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "seabra"

Seabra: Polícia Civil localiza menor acusado de esfaquear duas pessoas durante festa junina

Quarta / 29.06.2022

Por Redação Sertão Hoje

“Ele informou que a motivação foi por conta de uma briga na festa. Os feridos seguem internados”, explicou o delegado Thomas Galdino. (Foto: Divulgação)

Um menor, de 16 anos, foi apreendido por policiais civis da Delegacia Territorial (DT) de Seabra, na Chapada Diamantina, nessa segunda-feira (27), acusado de esfaquear duas pessoas nos festejos de São João daquele município. A identificação e condução do suspeito foram realizadas em menos de 24 horas após o ato.

Segundo informações da Polícia Civil, o adolescente foi encontrado no povoado de Boa Vista de Cananéia. Em depoimento, ele confessou a autoria. “Ele informou que a motivação foi por conta de uma briga na festa. Os feridos seguem internados”, explicou o titular da DT/Seabra, delegado Thomas Galdino.

O menor responderá pelo ato infracional análogo a tentativa de homicídio. Após passar por exames de Corpo de Delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), ele está sob a guarda do Poder Judiciário.

Mercado Municipal de Seabra será requalificado

Quarta / 22.06.2022

Por Ascom SDR/CAR

O convênio foi firmado entre a SDR e a Prefeitura de Seabra, nesta terça-feira (21), na sede da SDR, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. (Foto: Divulgação / SDR)

A população de Seabra, município localizado na Chapada Diamantina, passará a contar, em breve, com um novo espaço de comercialização de produtos. O anúncio aconteceu durante a assinatura do convênio para a requalificação do Mercado Municipal de Seabra, firmado entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Prefeitura de Seabra, nesta terça-feira (21), na sede da SDR, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

O Mercado Municipal será reformado e ampliado, com recursos da ordem de R$ 3,7 milhões. O objetivo é impulsionar o comércio de produtos e a agricultura familiar, gerando mais conforto e segurança para feirantes, comerciantes locais e regionais e para a população em geral. Segundo o secretário da SDR, Jeandro Ribeiro, a primeira etapa da reforma do mercado de Seabra, que será totalmente requalificado, inclui uma nova cobertura na frente do mercado, para, em seguida, acontecer todo o processo de requalificação do espaço interno. “Os mercados municipais compõem uma estratégia de fortalecer a agricultura familiar no local de venda, por isso o Governo do Estado vem realizando essa ação em mais de 150 mercados municipais, com mais de R$ 100 milhões investidos. Essa é uma estratégia que vem dando certo e vem sendo ampliada”.

O prefeito de Seabra, Fábio Miranda, destaca que a requalificação será de grande valia, já que Seabra é uma cidade polo na Chapada. “Nós temos uma feira muito movimentada, que funciona semanalmente, abraça toda a agricultura familiar e movimenta não só Seabra, mas as cidades circunvizinhas. Então, esse melhoramento, uma vez que esse mercado foi construído há mais de 30 anos, vai trazer geração de renda e melhorar o funcionamento do comércio local, sobretudo das pessoas que sobrevivem da agricultura familiar”.

O prefeito afirma que, seguramente, mais de duas mil famílias serão beneficiadas, porque, segundo ele, não só envolve as pessoas que estão ali na feira vendendo, mas também outras, como os que atuam no transporte de entrega de mercadorias e na venda de outros produtos, entre outras famílias.

Seabra: Maternidade Frei Justo realiza acompanhamento de mães e bebês para incentivar amamentação segura

Terça / 07.06.2022

Por Carla Ornelas/GOVBA

Dados da OMS e da Unicef apontam que cerca de 6 milhões de vidas são salvas por ano, graças ao aumento das taxas de amamentação até o sexto mês de vida. (Foto: Divulgação)

Incentivar diariamente a troca entre mamãe e bebê faz parte da rotina da coordenadora de obstetrícia da Maternidade Frei Justo Venture, em Seabra, Sara Lelis. Na unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) que é gerida pela Fundação Fabamed, as grávidas e puérperas recebem todo o acompanhamento necessário para tornar a amamentação um vínculo afetivo e, principalmente, sinônimo de saúde para mamãe e bebê.

"Por meio do leite, a mãe passa ao bebê vários anticorpos que são extremamente importantes para a saúde da criança. O aleitamento materno reduz em até 15% a mortalidade até os cinco anos de vida, evita diarreia e infecções respiratórias, diminui o risco de alergias, diabetes, colesterol alto e hipertensão, leva a uma melhor nutrição e reduz a chance de obesidade. São ganhos duradouros que se refletem ao longo de toda a vida. Além disso, o ato contribui para o desenvolvimento da cavidade bucal do pequeno e promove o vínculo afetivo entre a mãe e o bebê", destaca.

Nutricionista da unidade, Senize Braga explica que o leite materno é capaz de suprir todas as necessidades nutricionais do bebê, inclusive de água. "Não existe leite 'fraco', a maioria das mulheres têm condições de produzir leite suficiente para amamentar seus filhos, sendo esse leite fonte importante de proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. Aqui na Frei Justo Venture, todas as parturientes são orientadas sobre a importância do leite materno e são estimuladas para o aleitamento exclusivo até os 6 meses de vida do bebê", orienta.

Após o nascimento, os pequenos também passam a contar com acompanhamento de fonoaudiólogos que exercem papel fundamental no processo, orientando sobre o desenvolvimento da musculatura orofacial, sucção, pega e anatomia. "Nossa equipe multidisciplinar estimula o aleitamento na primeira hora de vida, durante todo o internamento. Os fonoaudiólogos realizam um trabalho diário que ajuda a corrigir possíveis distúrbios de sucção que atrapalham o processo", completa.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) apontam que cerca de 6 milhões de vidas são salvas por ano, graças ao aumento das taxas de amamentação até o sexto mês de vida. A OMS recomenda a amamentação até os dois anos ou mais, sendo de forma exclusiva até o sexto mês de vida do bebê. "Além dos benefícios para a criança, amamentar até os seis meses diminui o risco de câncer de mama na mulher e ajuda no processo de pós-parto", completa a coordenadora de obstetrícia.

Força da agricultura familiar da Chapada Diamantina é apresentada na Caravana Parceria Mais Forte em Seabra

Segunda / 30.05.2022

Por Ascom SDR

A Caravana Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia esteve no município de Seabra nessa última quarta-feira (25). (Fotos: Divulgação / SDR)

Mandiocultura, bovinocultura de leite, cafeicultura e fruticultura estão entre os sistemas produtivos estratégicos da agricultura familiar, que se destacam no território de identidade Chapada Diamantina. Essas atividades geram renda para agricultores(as) familiares, assentados(as) de reforma agrária e povos e comunidades tradicionais, além de promoverem o crescimento econômico dos municípios do território. Uma parte dessa riqueza e diversidade foi apresentada durante a Caravana Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia, realizada no município de Seabra, na última quarta-feira (25).

A iniciativa é da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e tem o objetivo de apresentar à sociedade baiana as ações que vêm sendo executadas pelo Governo do Estado para a agricultura familiar, com recursos da ordem de R$ 2,9 bilhões, sendo aplicados no período de 2015 até o fim de 2022. A Caravana visa ainda consolidar e ampliar as ações que já vêm sendo executadas para fortalecer ainda mais a agricultura familiar e a economia dos municípios baianos e promover maior articulação entre os mais diversos agentes sociais, que executam políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural.

Entre as organizações apoiadas pelo Governo do Estado na Chapada Diamantina, via projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), está o Movimento Associativo Indígena Payaya (MAIP), que está recebendo recursos da ordem de R$ 450 mil, aplicados no fortalecimento da criação de caprinos, plantio de mudas de palma forrageira, e produção de cana-de-açúcar, milho e mandioca, para o consumo das famílias indígenas e do rebanho e também para a comercialização na comunidade e na feira do município.
 

Força da agricultura familiar da Chapada Diamantina é apresentada na Caravana Parceria Mais Forte em Seabra

Segunda / 30.05.2022

Por Ascom SDR

A Caravana Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia esteve no município de Seabra nessa última quarta-feira (25). (Fotos: Divulgação / SDR)

Mandiocultura, bovinocultura de leite, cafeicultura e fruticultura estão entre os sistemas produtivos estratégicos da agricultura familiar, que se destacam no território de identidade Chapada Diamantina. Essas atividades geram renda para agricultores(as) familiares, assentados(as) de reforma agrária e povos e comunidades tradicionais, além de promoverem o crescimento econômico dos municípios do território. Uma parte dessa riqueza e diversidade foi apresentada durante a Caravana Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia, realizada no município de Seabra, na última quarta-feira (25).

A iniciativa é da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e tem o objetivo de apresentar à sociedade baiana as ações que vêm sendo executadas pelo Governo do Estado para a agricultura familiar, com recursos da ordem de R$ 2,9 bilhões, sendo aplicados no período de 2015 até o fim de 2022. A Caravana visa ainda consolidar e ampliar as ações que já vêm sendo executadas para fortalecer ainda mais a agricultura familiar e a economia dos municípios baianos e promover maior articulação entre os mais diversos agentes sociais, que executam políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural.

Entre as organizações apoiadas pelo Governo do Estado na Chapada Diamantina, via projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR), está o Movimento Associativo Indígena Payaya (MAIP), que está recebendo recursos da ordem de R$ 450 mil, aplicados no fortalecimento da criação de caprinos, plantio de mudas de palma forrageira, e produção de cana-de-açúcar, milho e mandioca, para o consumo das famílias indígenas e do rebanho e também para a comercialização na comunidade e na feira do município.
 

Caravana Parceria Mais Forte chega à Chapada Diamantina

Quarta / 25.05.2022

Por Ascom SDR/CAR

(Foto: Youtube / Pelo Céu da Capital)

Nesta quarta-feira (25), a Caravana Parceria Mais Forte Juntos para Alimentar a Bahia desembarca no território Chapada Diamantina, no município de Seabra, para levar informações e esclarecimentos, a todo o público, sobre as ações e os projetos desenvolvidos pelo Governo do Estado para a agricultura familiar do território. O encontro acontece na Pousada Seabra, localizada na Avenida José de Aquino. 

De 2015 até o fim de 2022, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), serão investidos mais de R$ 2,9 bilhões, em iniciativas estruturantes, como as dos projetos Bahia Produtiva e Pró-Semiárido; assistência técnica e extensão rural (Ater); construção e ou requalificação de agroindústrias familiares; regularização fundiária e ambiental de propriedades rurais; doação de mudas de palma forrageira, frutas e mandioca; reforma de mercados e centros de abastecimento; subsídios do Programa Garantia-Safra; criação de canais de comercialização e também na concessão do Selo de Identificação de Produtos da Agricultura Familiar (SIPAF), com incentivo fiscal.

A Caravana tem o objetivo de consolidar as ações que já vêm sendo executadas pelo Governo do Estado, por meio da SDR e fortalecer ainda mais a agricultura familiar e a economia dos municípios baianos. Participam da Caravana os mais diversos agentes sociais, que executam políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e para o desenvolvimento rural dos municípios baianos, para somar esforços e potencializar políticas públicas que geram desenvolvimento local. Até o dia 29 de junho de 2022 serão percorridos todos os 27 territórios de identidade do estado.

UAB ofertará 181 novos cursos de especialização e licenciatura na Bahia

Sexta / 22.04.2022

Por Pedro Moraes / SEC-BA

As aulas serão ministradas pela UESB, UNEB, UESC, UEFS, UFRB, UFBA, IFBA e IFBAIANO. (Foto: Divulgação / UAB Brumado)

A Universidade Aberta do Brasil (UAB), sistema vinculado à Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA), ofertará 181 novos cursos de especialização e licenciatura, com disponibilidade de 7.240 vagas, conforme resultado final divulgado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Na Bahia, em parceria com 8 instituições públicas de Ensino Superior, o processo seletivo será realizado entre os meses de agosto e setembro, com a oferta de cursos em diversas áreas, como Educação na Cultura Digital, Música e Contemporaneidade, Letras, Teatro, Matemática, Pedagogia, Física, Dança, Ciência da Computação, História, Artes, Intercultural Indígena, Biologia, Inglês e Geografia.

• Confira aqui a relação completa;

• Confira o Edital CAPS 08/2022;

As aulas serão ministradas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal da Bahia (UFBA), bem como pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBAIANO).

De acordo com Camila Souza de Oliveira, coordenadora técnica e administrativa dos polos UAB Bahia, as novas ofertas de cursos ampliam as possibilidades de formação e qualificação docente no Estado da Bahia. “Existe uma demanda significativa nos territórios de identidade de professores não licenciados em primeira e segunda licenciatura. Esperamos atingir esse público e as comunidades escolares na perspectiva de qualificar o Ensino Básico da rede pública de Educação. A UAB, enquanto política pública, tem um papel importante na formação de professores, principalmente por possibilitar que as ofertas de cursos de instituições públicas renomadas cheguem a lugares distantes dos grandes centros, favorecendo a descentralização das oportunidades educacionais e a democratização do Ensino Superior”.
 

Hospital Regional da Chapada bate recorde de cirurgias e exames no 1º trimestre de 2022

Sábado / 09.04.2022

Por Redação Sertão Hoje

O HRC, localizado em Seabra, conta com 110 leitos, sendo 30 UTIs divididas entre geral (20) e Covid-19 (10). (Foto: Divulgação)

Somente nos primeiros três meses de 2022, o Hospital Regional da Chapada (HRC), em Seabra, que é administrado pela Fundação Fabamed, registrou números recordes de atendimentos ambulatoriais, exames e cirurgias. Ao todo, no período entre janeiro e março foram feitos mais de 8 mil exames entre ambulatoriais e de imagem, além de 758 cirurgias entre ortopédicas e gerais. Destas, 227 foram ortopédicas e 531 destinadas a pacientes que necessitavam de outros tipos de atendimentos cirúrgicos. Inaugurado em 2017 e referência para 11 cidades da região, o HRC oferece atendimento de urgência e emergência 24 horas, centro de bioimagem e cirúrgico, ambulatório, dentre outros.

Diretor médico da unidade, Everson Matt destaca que o hospital também realiza procedimentos eletivos e atende pacientes cadastrados no sistema Lista Única do Governo do Estado. "Nós temos um serviço de urgência e emergência onde dispomos de cirurgião-geral, anestesista e ortopedista dando suporte 24 horas para Seabra e os municípios pactuados. Associado a esse serviço, temos o ambulatorial, onde realizamos a triagem e as cirurgias eletivas. Seguimos aumentando o número de cirurgias realizadas a cada dia para zerar a lista de pacientes que estavam aguardando em virtude das restrições impostas pela pandemia da Covid-19", explica.

O HRC conta com 110 leitos, sendo 30 UTIs divididas entre geral (20) e Covid-19 (10). A unidade, com perfil assistencial de hospital geral, também oferece aos usuários do SUS atendimento médico em urgência e emergência clínica, traumato-ortopédica e psiquiátrica; internação hospitalar nas especialidades de clínica médica, cirúrgica e pediátrica, além de internação em unidade de terapia intensiva; consultas especializadas e cirurgias ambulatoriais; procedimentos de diagnose e terapias (diagnostico em patologia clínica, anatomopatologia, imagem, métodos gráficos e métodos ópticos e hemoterapia), e demais serviços de apoio assistencial e administrativo.

Autorizada a reforma do Mercado Municipal de Seabra

Segunda / 07.03.2022

Por Ascom SDR/CAR

O convênio, no valor de R$ 3,5 milhões, foi celebrado entre a CAR/SDR e a Prefeitura de Seabra. (Foto: Divulgação / Ascom SDR/CAR)

O município de Seabra, localizado na Chapada Diamantina, recebeu, na última sexta-feira (04), autorização para a requalificação do Mercado Municipal, beneficiando feirantes e os 44.234 habitantes do município, levando mais conforto e segurança aos feirantes e aos consumidores. O convênio, no valor de R$ 3,5 milhões, foi celebrado entre a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), e a Prefeitura de Seabra.

De acordo com o chefe de gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, o Mercado Municipal de Seabra é um dos principais pontos de comercialização do município. “O local reúne comerciantes e produtores da sede e dos povoados. A reforma e ampliação do mercado vai proporcionar um maior ordenamento e permitir a comercialização dos produtos da agricultura familiar de forma segura e higiênica”.

A ação integra a estratégia da SDR: Parceria Mais Forte: Juntos para Alimentar a Bahia, que tem a proposta de garantir e ampliar a produção de alimentos na Bahia, a partir da articulação entre os mais diversos sujeitos sociais, que executam políticas públicas voltadas para o desenvolvimento rural dos municípios baianos, a exemplo de outras secretarias estaduais e órgãos do Governo do Estado, prefeituras municipais, consórcios públicos, agentes financeiros, instituições de ensino e pesquisa, organizações sociais sem fins lucrativos e iniciativa privada.

Em Seabra, Rui Costa entregou a Maternidade Frei Justo Venture nessa sexta (04); investimento foi de R$ 17,5 milhões

Sábado / 05.03.2022

Por Tácio Santos

São 35 leitos, sendo 12 obstétricos, 8 para gestação de alto risco e 15 da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal do tipo canguru e convencional. (Fotos: Divulgação)

A população da Chapada Diamantina agora conta com serviços de referência em atendimento pediátrico e parto de alto risco na Maternidade Frei Justo Venture, em Seabra. A unidade foi inaugurada pelo governador Rui Costa na manhã dessa sexta-feira (04), após um investimento de mais de R$ 17,5 milhões, entre obras e equipamentos. São 35 leitos, sendo 12 obstétricos, 8 para gestação de alto risco e 15 da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal do tipo canguru e convencional.

O equipamento, que começa a funcionar neste sábado (05), é referência para os municípios de Abaíra, Boninal, Ibitiara, Iraquara, Lençóis, Mucugê, Novo Horizonte, Palmeiras, Piatã, Seabra e Souto Soares. “Nós não tínhamos em nenhum município da Chapada o atendimento ao parto de alta complexidade. É imprescindível que toda futura mamãe faça os exames periódicos, pois é no pré-natal que o médico vai indicar se ela corre algum risco e precisará ter o neném nesta maternidade ou não”, afirmou Rui, que também entregou uma ambulância para a unidade de saúde.

Na nova maternidade, gestantes e puérperas terão acesso a serviços de urgência e emergência, além de exames de ultrassonografia obstétrica, ultrassonografia com doppler, eletrocardiograma e cardiotocografia. “Na Bahia, nós temos o plano de regionalização das ações, em que enxergamos as macrorregiões de saúde para identificar a ocorrência de diferentes agravos e necessidades de saúde. Aqui, nesta macrorregião, nós identificamos a necessidade de instalar uma maternidade de atenção à gestação e ao parto de alto risco e ao neonato. Então, é nesse contexto que esta maternidade foi construída, mobiliada, equipada e hoje é entregue à população da região”, explicou a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro.
.

BA-142, entre Anagé e Tanhaçu, e mais 37km de rodovias baianas serão restauradas

Terça / 22.02.2022

Por Secom/GovBA

O trecho da BA-142 – na foto - que será restaurado tem 53,9 km e liga as regiões do Sudoeste Baiano à Chapada Diamantina. (Foto: Divulgação / Seinfra)

O trecho de 53,9 km da BA-142 que faz ligação de Anagé com Tanhaçu será restaurado. O Governo da Bahia, através da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), publicou o aviso de licitação para a realização da obra na edição desta terça-feira (22) do Diário Oficial do Estado (DOE-BA). A próxima etapa é a abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas em 26 de abril. Quando concluída, o tempo de viagem entre os municípios cairá de 2h para cerca de 1h20.

O Governo da Bahia iniciou, também nesta terça (22), o processo licitatório para a execução de mais oito obras em rodovias baianas. As ações serão realizadas pela Seinfra nas regiões do Semiárido Nordeste II, Bacia do Paramirim, Chapada Diamantina, Baixo Sul, Extremo Sul e Itaparica, junto com Sudoeste baiano; confira abaixo.

Sudoeste Baiano / Sertão Produtivo

• Recuperação de 53,9 km da BA-142, entre Anagé e Tanhaçu.

• Pavimentação em 1,2 km da passagem urbana de Presidente Jânio Quadros, na BA-623.

Semiárido Nordeste II

• Restauração de 12,2 km da BA-404, que liga Cipó aos distritos de Buri e Cauanga.

• Recuperação em revestimento primário de 11 km na ligação entre o entroncamento da BA-084, a localidade de Cova D’Agua, em Nova Soure e a estrada para Araci.

Bacia do Paramirim

• Pavimentação em um total de 4,6 km de acessos à BA-152, em Caturama.

Chapada Diamantina

• Pavimentação em um total de 3,7 km de acessos à BR-122, em Seabra.

Baixo Sul

• Pavimentação de 2,7 km da travessia urbana de Teolândia, que dá acesso à BR-101.

Extremo Sul

• Pavimentação de 1,4 km da travessia urbana de Itanhém, na BA-290.

Itaparica

• Recuperação de Obra de Arte Especial no KM 21 da BA-210, em Paulo Afonso, que liga os povoados de Rio do Sal e Lagoa da Pedra.

Palmeiras: 42ª CIPM descobre pés de maconha em quintal de casa

Terça / 01.02.2022

Por Silvânia Nascimento / SSP-BA

Inicialmente, os PMs estavam em Seabra e se deslocaram até o bairro de Multirão, em Palmeiras, onde fizeram a apreensão. (Foto: Divulgação / SSP-BA)

Nessa segunda-feira (31/01), 5 pés de maconha foram retirados do quintal de uma casa na cidade de Palmeiras, região da Chapada Diamantina, por equipes da 42ª Companhia Independente da PM (CIPM/Lençóis).

As guarnições faziam policiamento ostensivo na cidade de Seabra quando foram informadas por populares de que 2 homens, suspeitos de participarem de um homicídio no município, tinham acabado de fugir sentido Palmeiras, e que um deles morava no bairro de Alto do Morro. Ao chegaram em Palmeiras, um dos integrantes, ao avistar a viatura fugiu, pulando o muro de uma residência. Ele foi alcançado pelas guarnições e flagrado com trouxas de maconha e cocaína. Após questionamentos dos policiais, ele confessou ter um plantio de maconha no quintal de uma casa, no bairro de Mutirão. As equipes foram até o local onde retiraram os cinco pés da droga e apresentaram na Delegacia Territorial de Seabra junto com o homem.

Inicialmente, os PMs estavam em Seabra e se deslocaram até o bairro de Multirão, em Palmeiras, onde fizeram a apreensão. (Foto: Divulgação / SSP-BA)

Seabra: abastecimento de água para comunidades rurais será monitorado pela Funasa

Quarta / 29.09.2021

Por Ascom SDR/CAR

Parte do projeto está sendo financiado pelo Bahia Produtiva, que é executado pela CAR/SDR e cofinanciado pelo Banco Mundial. (Foto: Divulgação / SDR/CAR)

A qualidade da água que chega às casas das famílias de comunidades rurais do município de Seabra será monitorada a partir deste mês de setembro. A Central de Associações Comunitárias para Manutenção dos Sistemas de Saneamento, que faz a gestão dos sistemas de abastecimento de água implantados pelo Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, na região, firmou convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para monitorar a qualidade do recurso hídrico. A Central já iniciou as atividades da unidade móvel de laboratório de análise de água, que foi financiada pala Funasa e pelo Bahia Produtiva, e conta com todos os materiais necessários para fazer observações de parâmetros exigidos pela legislação.

De acordo com o coordenador do Bahia Produtiva, Fernando Cabral, o acordo de cooperação com a Funasa é de extrema importância para o fortalecimento do modelo de saneamento rural comunitário, por intermédio da Central de Seabra: “A ação permite a realização das análises de água, garantindo dessa forma uma água com boa qualidade. Será verificado, mensalmente, se a água distribuída nas comunidades está respeitando os padrões de potabilidade estabelecidos pelo Ministério da Saúde”. O projeto Bahia Produtiva investiu R$ 80 milhões na instalação de sistemas de abastecimento de água, com implantação de cerca de 6.050 ligações e recuperação de cerca de 4.600 ligações já existentes na região de Seabra. A Central de Associações Comunitárias garante a gestão, operação e manutenção desses sistemas.

O gerente da Central de Seabra, Leonardo Athayde, explica que o acordo de cooperação vai além de garantir que a água seja de qualidade e que o tratamento esteja na sua função correta: “Além do controle de qualidade, esse acordo visa atender à parte de Educação Sanitária e Ambiental onde será feito um trabalho paralelo junto às associações, com palestra, ações. Também será feito um trabalho de epidemiologia para coletar e mostrar os resultados finais, onde as comunidades atendidas pela Central têm melhor qualidade de vida com água tratada em quantidade e de qualidade”.

A água devidamente tratada evita que a população se contamine com diversas doenças de veiculação hídrica, como ascaridíase, esquistossomose, diarreia, cólera, amebíase, toxoplasmose, giardíase, entre inúmeras outras moléstias. O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial.

PM erradica plantação de maconha em Seabra

Sexta / 24.09.2021

Por Redação Sertão Hoje

Segundo a SSP/BA, a erva era cultivada por dois homens, supostamente irmãos. Um foi preso em flagrante. (Foto: Divulgação / SSP-BA)

Denúncias anônimas levaram uma guarnição da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Seabra) até uma plantação de maconha, com 54 pés da erva. O flagrante aconteceu, na noite de quinta-feira (23), na zona rural do município de Seabra, na Chapada Diamantina.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP/BA), os entorpecentes foram encontrados, em uma área de mata, no povoado de Campeste. Ao todo foram apreendidos 54 pés de maconha e 311 gramas da mesma droga colhidos. Além disso, os militares iniciaram rondas na tentativa de localizar os responsáveis pela plantação. Dois homens foram encontrados, mas um deles conseguiu escapar. O capturado foi encaminhado para a 13ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin/Seabra), juntamente com o material apreendido.

"A suspeita é que eles tenham escolhido este local por se tratar de uma zona de vegetação similar à caatinga. A região é mais afastada de estradas e era irrigada sem chamar a atenção", detalhou o comandante da 29ª CIPM, Capitão Guilherme Borges.

Carga de roupas falsificadas é apreendida em Seabra

Segunda / 06.09.2021

Por Redação Sertão Hoje

Ao todo, foram apreendidas 184 peças que estavam estampadas com marcas famosas e apresentavam sinais claros de falsificação. (Foto: Divulgação / PRF-BA)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde desse último sábado (04), quase 200 peças de confecções (calça/bermuda/camisa), falsificadas, o que configura crime de propriedade industrial e tributário. O flagrante foi registrado no Km 408 da BR-242, em Seabra (BA), na região da Chapada Diamantina.

Segundo a PRF, durante a abordagem foram solicitados os documentos do veículo e do condutor, que ao ser perguntado sobre o material transportado, relatou que carregava algumas encomendas no bagageiro. Os PRFs resolveram verificar o compartimento de carga, e se deparou com caixas de mercadorias, na sua grande maioria vestuários. Ao todo, foram apreendidas 184 peças que estavam estampadas com marcas famosas e apresentavam sinais claros de falsificação.

O motorista apresentou uma nota fiscal, que ao ser consultada no sistema, apresentou como cancelada pelo emitente e também os itens descritos no documento não correspondiam aos produtos encontrados no ônibus. Foi emitido um laudo preliminar atestando a origem ilícita dos produtos e o uso indevido das marcas. Ainda de acordo com a PRF, esses produtos falsificados são muitas vezes vendidos em lojas e revendidos como sendo originais. O consumidor que compra o vestuário falsificado é lesado financeiramente e também corre riscos ao utilizar um produto que não segue os critérios de qualidade. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Seabra, pelos crimes de ordem tributária e de propriedade industrial.