Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "riodecontas"

Piatã, Rio de Contas e mais 9 municípios têm transporte intermunicipal suspenso

Terça / 07.07.2020

Por Redação Sertão hoje

A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (07).

Os municípios de Biritinga, Cardeal da Silva, Coronel João Sá, Ibitiara, Irajuba, Itanagra, Mirangaba, Piatã, Rio de Contas, Salinas da Margarida e Varzedo terão o transporte intermunicipal suspenso a partir desta quarta-feira (08). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (07).

• Confira a lista completa com os 366 municípios com essa restrição no ‘leia mais’, ao final da matéria.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano. O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lafaiete Coutinho, cidade com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), publicado nesta segunda-feira (06), o estado contabiliza 88.279 casos confirmados de Covid19 desde o início da pandemia. 59.779 pessoas já estão curadas, 26.332 permanecem com Covid-19 e 2.168 tiveram óbito confirmado. Somente nesta segunda (06), foram registradas 1.231 novos casos (taxa de crescimento de +1,4%), 61 óbitos (+2,9%) e 1.130 curados (+1,9%).
.

Rui Costa adia volta às aulas da rede estadual de ensino para o dia 06 de julho

Sábado / 20.06.2020

Por Redação Sertão Hoje

O governador ainda contou que, na próxima terça-feira (23), o Estado começará uma nova etapa no monitoramento da Covid-19.

Eventos com mais de 50 pessoas e aulas nas unidades de ensino das redes pública e privada seguem proibidos em todo o território estadual por pelo menos mais 15 dias. A novidade foi anunciada pelo governador Rui Costa, no fim da tarde desta sexta-feira (19), durante a live que faz para atualizar os números do novo coronavírus na Bahia. O decreto n° 19.586, que determina a proibição das atividades e venceria neste domingo (21), ficará em vigor até o dia 6 de julho. “Atualmente, a Bahia registra 43.922 casos com 22.028 ativos, 20.589 curados e 1.305 óbitos, bem como 1.300 leitos ocupados, chegando a 75% de ocupação. São números que deixam a Bahia em uma situação melhor do que a de outros estados, mas não se pode vacilar. Não podemos abaixar a guarda. Por isso, o decreto precisa ser renovado”, explicou Rui.

O decreto proíbe todas as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos - inclusive jogos de campeonatos de futebol, profissionais e amadores -, religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, bem como abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros. O decreto também engloba a suspensão do transporte coletivo intermunicipal em cidades baianas com registros recentes de casos da Covid-19 – confira aqui a lista completa

O governador ainda contou que, na próxima terça-feira (23), o Estado começará uma nova etapa no monitoramento da Covid-19. Confira abaixo a live completa.

Governo da Bahia abre 6.710 vagas do Pronatec para cursos on-line; saiba como se inscrever

Terça / 02.06.2020

Por Redação Sertão Hoje

Os interessados podem realizar a inscrição gratuitamente no Portal da Educação, no endereço www.educacao.ba.gov.br, até o dia 11 de junho. (Foto: Portal da Educação)

O governo da Bahia, por meio da Secretaria da Educação do Estado (SEC), abriu 6.710 vagas em cursos de qualificação profissional, pelo Programa Nacional de Acesso do Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Os cursos são de Formação Inicial e Continuada (FIC), na modalidade de ensino não presencial de Educação à Distância (EAD). Os interessados podem realizar a inscrição gratuitamente no Portal da Educação, no endereço www.educacao.ba.gov.br, até o dia 11 de junho. Os cursos são para estudantes ou egressos da Rede Pública de Educação da Bahia, nos âmbitos federal, estadual e municipal.

Estão sendo ofertados os cursos de Agente de Assistência Técnica e Extensão Rural; Agricultor Familiar; e Agricultor Orgânico (Eixo de Recursos Naturais), além dos cursos de Assistente de Recursos Humanos; Microempreendedor Individual (MEI); e Promotor de Vendas (Eixo de Gestão e Negócios).

O candidato deve ser residente e domiciliado na Bahia e, preferencialmente, no município de oferta do curso; ser integrante de família com renda per capita mensal de até meio salário mínimo e/ou de até três salários mínimos totais; e possuir conta de e-mail Enova ou Google válida. No ato da inscrição, a pessoa deverá preencher por completo e corretamente o formulário e o questionário sócioeconômico disponibilizado.

O processo de seleção dos candidatos inscritos será feito por Sorteio Eletrônico no dia 12 de junho. O resultado parcial será divulgado na mesma data do sorteio e o resultado final, no dia 15 de junho, ambos no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). As aulas começam no dia 22 de junho (cursos do Eixo de Gestão e Negócios) e 29 de junho (cursos do Eixo de Recursos Naturais).

PRF bate recorde em apreensões de drogas na Bahia

Segunda / 01.06.2020

Por Redação Sertão Hoje

O levantamento da PRF-BA foi publicado no Bahia Notícias nesta segunda-feira, 1ª.

As apreensões de drogas nas BRs que cortam a Bahia bateram recorde no 1º quadrimestre deste ano. Para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma das razões para o aumento das apreensões é que muitos acusados "imaginam que não haverá policiamento por conta da redução do fluxo das rodovias" devido à pandemia, o que acaba gerando o aumento das apreensões de drogas.

Segundo o levantamento, apenas nas apreensões de cocaína, o aumento escalou 1,3 mil% ante o mesmo período do ano passado. Em 2019, as apreensões foram de 88,3 kg. Neste ano, alcançaram 1,1 tonelada. Em abril, a PRF participou de uma operação que localizou um bunker com meia tonelada da droga – confira aqui

Houve aumento ainda na apreensão de crack, com 1 mil% de acréscimo ante o mesmo período do ano passado. Foram 9 kg neste ano comparados aos 900 g de 2019. No caso da maconha, as apreensões cresceram 300%. Neste ano, a PRF-BA apreendeu 2,1 toneladas da droga, enquanto que no ano passado a soma foi de 720 kg.

Campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada até 30 de junho

Sábado / 30.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A meta é imunizar 90% do público alvo, cerca de 4,6 milhões de pessoas. A vacina está disponível em postos espalhados por todos os municípios.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 30 de junho. A informação é Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep). De acordo com órgão, a meta de vacinar 90% para alguns grupos não foi alcançada, então a necessidade da prorrogação para que as pessoas compareçam a um posto de vacinação para se imunizar.

Na Bahia, somente os grupos de trabalhadores da saúde, indígenas e idosos, a partir de 60 anos, atingiram a meta de vacinação. No primeiro grupo, 99,41% de cobertura e no segundo grupo, a cobertura ficou em 96,97% e o terceiro grupo, a cobertura ficou acima de 100%. Os outros grupos ficaram muito abaixo da meta: crianças (34,31%); gestantes (45,10%); puérperas (53,30%); adultos de 55 a 59 anos (33,61%). A meta é imunizar 90% do público alvo, formado por cerca de 4,6 milhões de pessoas. A vacina está disponível em postos espalhados por todos os municípios. Além disso, a Sesab orientou aos gestores municipais a ofertarem a vacina fora dos postos de saúde, em ambientes abertos e ventilados a fim de ampliar a oferta e evitar aglomerações, obedecendo a distância necessária.

Governador Rui Costa sanciona lei que prevê multa de até R$ 20 mil por fake news sobre pandemia na Bahia

Sexta / 29.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

O valor da multa será dobrado em caso de reincidência ou se a fake news for propagada por funcionários públicos. (Foto: Reprodução / Youtube)

O governador Rui Costa sancionou a lei que pune quem criar ou reproduzir notícias falsas sobre epidemias, endemias ou pandemias na Bahia. A nova norma, que já está em vigor, foi publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (29) e prevê aplicação de multa de R$ 5 mil a R$ 20 mil para quem divulgar fake news por meio impresso, televisivo, eletrônico ou de radiofusão. “Tem gente que diz que grão de feijão cura e trata a doença, tem gente que diz que é para tomar creolina, água sanitária, cloroquina, quando os cientistas dizem que cloroquina, sem a devida orientação médica, mata. Então, tem notícia falsa para tudo quanto é lado. E isso é péssimo” disse o governador em live transmitida na última quinta-feira (28) – confira abaixo, ao final da matéria.

A lei será aplicada a quem criar ou colaborar para a criação da notícia falsa, quem reproduzir intencionalmente o material e quem utilizar programas de disparo em massa de mensagens ou outros mecanismos para a divulgação das fake news. O valor da multa será dobrado em caso de reincidência ou se a fake news for propagada por funcionários públicos. Se comprovado o uso do maquinário público, a pena será quadruplicada. Todo o dinheiro arrecadado será destinado a ações de apoio e tratamento de epidemias, endemias e pandemias no estado. A nova lei não se aplica a publicações jornalísticas devidamente assinadas e publicadas em veículos de comunicação físicos ou digitais, além da divulgação de opinião pessoal.

Rio de Contas: após alerta de rompimento pelo vereador Vinícius Costa, Barragem Luiz Vieira será recuperada

Quarta / 27.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A represa, que tem capacidade para 103 milhões de m³, após o bom período de chuva, represa mais de 46 milhões de m³. (Foto: Sertão Hoje / Arquivo)

O Departamento Nacional de Obras Contra Seca (DNOCS) irá recuperar a Barragem Luiz Vieira, localizada no município de Rio de Contas, na região da Chapada Diamantina. Segundo o órgão, as obras e serviços de recuperação serão executados pela empresa Opemacs Serviços Técnicos Ltda, ao custo de R$ 2.510.929,73. O vereador de Rio Contas, Vinicius Costa, já havia alertado as autoridades regionais, para o risco de rompimento, baseando-se em relatórios da Agencia Nacional de Águas (ANA), que comprovava a necessidade da realização de manutenção no açude – relembre aqui

A represa, que tem capacidade para 103 milhões de m³, após o bom período de chuva, represa mais de 46 milhões de m³. “O meu sentimento é de dever cumprido. Toda a região acompanhou a minha luta pela recuperação da Barragem Luis Vieira. Agora vejo os frutos da ação do meu mandato. Feliz por Rio de Contas, Livramento e Dom Basílio", declarou o parlamentar. Confira abaixo o estado da barragem em janeiro de 2019.

Fonte: Rádio 88 FM.

Cancelamento do ano letivo na Bahia ainda 'não está na mesa', mas pode acontecer, afirma Secretário da Educação

Quarta / 27.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

O secretário Jerônimo Rodrigues revela que a Bahia se mira em exemplos de países que retomaram as atividades letivas nas últimas semanas.

A Secretaria da Educação da Bahia (SEC) ainda não tem uma posição definida sobre se vai ou não cancelar o ano letivo no ensino público baiano. Conforme o secretário da pasta, Jerônimo Rodrigues, em entrevista ao site Bahia Notícias, “não está na nossa mesa o exercício de que nós perdemos o ano letivo. Vamos lutar até a última hora para que isso não aconteça. Mas, veja... A gente, na condição de gestor, tem que ter coragem de afirmar: se a condição for de perdermos professores, estudantes e funcionários, é melhor perdermos o ano.”

Segundo o secretário, a Bahia se mira em exemplos de países que retomaram as atividades letivas nas últimas semanas. “Em outros países, como países indianos e a França, ousou-se retomar as aulas há 10 dias, com todos os cuidados e todos os protocolos. Aquilo para nós foi bacana porque a gente começou a analisar o que poderia impactar. E quando eles viram, a reinfecção aconteceu. Em 20 estados franceses foi obrigado parar as aulas”, disse.

Defensoria Pública pede testagem de Covid-19 de presos em toda Bahia

Quarta / 27.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A Defensoria também pediu a Seap a adoção de materiais de limpeza e de higiene pessoal, que eram fornecidos pelos familiares antes da pandemia. (Foto: CNJ)

A Defensoria Pública da Bahia pediu a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) para realizar uma testagem para Covid-19 em todos os custodiados do sistema prisional no estado. A Defensoria também pediu a Seap a adoção de materiais de limpeza e de higiene pessoal. Os materiais eram fornecidos pelos familiares, que atualmente estão proibidos de visitar os detentos devido a pandemia.

Segundo a Defensoria, 10 internos apresentam sintomas do Covid-19 e estão em isolamento, mas eles não foram testados. Com a testagem, a Defensoria quer saber qual a real situação vivenciada no interior das unidades de privação de liberdade da Bahia. A Defensoria diz também que os testes podem ser realizados em parcerias com as secretarias de saúde municipais, como em Itabuna. Na cidade, a secretaria municipal realizou testes para todos os internos do Conjunto Penal. Para Rafson Saraiva Ximenes, defensor público geral do Estado, a situação da pandemia do coronavírus pode ser trágica nos presídios, por não haver possibilidade de se fazer o isolamento social. “O cuidado tem que ser redobrado com essas pessoas que estão sob responsabilidade do Estado. Por isso a Defensoria está solicitando que, por um lado, se faça o teste com muito rigor, e por outro lado, também, que o Estado compense as pessoas presas pelas deficiências que estão acontecendo de insumos básicos necessários, como higiene e alimentação”, ressalta Rafson Ximenes.

Fonte: Bahia Notícias.

Coelba permite negociação diferenciada da conta de energia; saiba como

Quarta / 27.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A plataforma digital “Fique em Dia” está disponível 24 horas e oferece condições diferenciadas de pagamento. O Portal pode ser acessado em www.coelba.com.br (Foto: Getty Images)

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) está disponibilizando um portal exclusivo para negociação de débitos para clientes que possuem duas faturas em atraso. A plataforma digital “Fique em Dia” está disponível 24 horas por dia e oferece condições diferenciadas de pagamento. O Portal pode ser acessado através do site www.coelba.com.br

Os clientes poderão quitar a fatura à vista, pagar no débito com o cartão virtual Caixa Elo (Auxílio Emergencial) ou parcelar a conta de energia em até 12 vezes iguais no cartão de crédito, ambos por meio da Flexpag. São aceitos os cartões de crédito das bandeiras Master, Visa, Hiper, Elo e Amex. Para quem possui mais de duas faturas vencidas, a empresa disponibiliza o parcelamento de acordo com o perfil do cliente. “A ideia é tornar o processo de negociação mais acessível em diferentes aspectos, seja pelas condições oferecidas ou pela facilidade digital, garantindo a segurança de nossos clientes, que terão acesso ao serviço sem precisar sair de casa nesse momento”, comenta o diretor de Serviços ao Cliente da Neoenergia, Luiz Flávio Xavier de Sá. 

O cliente também pode optar pela negociação através do WhatsApp (71) 3370-6350. Caso a escolha seja para quitação à vista, receberá um código de barras para realizar o pagamento. Se optar pelo parcelamento, o usuário será direcionado para a plataforma de negociação. Também é possível esclarecer dúvidas utilizando o WhatsApp e ter acesso a mais de 50 serviços.

Governador anuncia antecipação de feriados na Bahia

Sábado / 23.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

O 24 de junho (São João) e o 2 de julho (Independência da Bahia), serão transferidos para os dias 25 e 26 de maio, respectivamente, em toda a Bahia.

O governador Rui Costa anunciou, nesta sexta-feira (22), a antecipação de feriados em Salvador e interior da Bahia. A informação foi divulgada em videoconferência conjunta com o prefeito da capital baiana, ACM Neto. Logo após anúncio, o governador se reuniu com os gestores de municípios do interior.

Rui definiu que duas datas de comemoração regional, o 24 de junho (São João) e o 2 de julho (Independência da Bahia), serão transferidas para os dias 25 e 26 de maio, respectivamente, em toda a Bahia. Na quarta-feira, dia 27 de maio, os municípios baianos que desejarem poderão decretar feriado municipal. Em Salvador, por exemplo, o prefeito ACM Neto antecipou o feriado de 8 de dezembro, referente aos festejos de Nossa Senhora da Conceição da Praia, para o dia 27 de maio.

Para os dias 28 e 29 de maio (quinta e sexta-feira), o Governo do Estado publicará decreto com a suspensão dos serviços não essenciais em nove cidades com mais de 100 casos confirmados da Covid-19. São elas: Salvador, Feira de Santana, Lauro de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Jequié, Candeias, Ipiaú e Camaçari. Nesses municípios, nos dias 28 e 29 de maio, será permitido apenas o funcionamento das agências bancárias, farmácias, indústrias, limpeza pública, manutenção urbana, supermercados e outros serviços relacionados a saúde e segurança. O governador informou que o decreto para antecipação dos feriados de alcance estadual será encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e há previsão para votação neste sábado (23). Rui destacou que esta antecipação tem por finalidade reduzir a taxa de disseminação do novo coronavírus, que atualmente está em pouco mais de 5% na Bahia. “Adotamos como critério para escolha dos municípios aqueles que tenham mais de 100 casos confirmados do novo coronavírus. Entretanto, outros municípios que tenham interesse na antecipação dos feriados [para a quarta-feira, 27] poderão fazê-lo e terão o apoio do Governo do Estado no que for necessário”, explicou.

Bahia chega aos 11.197 casos confirmados de Covid-19 e 362 mortes

Quinta / 21.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

Dos 1.365 leitos do SUS exclusivos, 688 estão ocupados (50%). Dos 547 leitos de UTI adulto e pediátrico exclusivos, 327 estão ocupados (59,8%).

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) registra 11.197 casos confirmados de Covid-19, o que representa 17,43% do total de casos notificados no estado. Ao todo, 3.216 pacientes estão recuperados e 362 vieram a óbito, restando 7.619 pessoas que permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19. Os casos confirmados ocorreram em 222 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (60,44%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Uruçuca (3.703,88), Itabuna (2.954,65), Ipiaú (2.833,91), Ilhéus (2.814,88) e Salvador (1.855,97).

Na Bahia, dos 1.365 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 688 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 547 leitos exclusivos para o coronavírus, 327 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 59,8%. 1.744 profissionais da saúde já testaram positivo para Covid-19 na Bahia. O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 38.694 exames do tipo RT-PCR entre 1° de março a 20 de maio. Atualmente, 3.653 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

.

Suspensão de aulas e eventos é prorrogada por mais 15 dias na Bahia

Segunda / 18.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A medida visa evitar o avanço acelerado do novo coronavírus e será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (19).

Válido até esta segunda-feira (18), o Decreto n° 19.586, que determina a suspensão das aulas e de eventos com mais de 50 pessoas em toda a Bahia, foi mais uma vez prorrogado pelo Governador Rui Costa e segue vigente até o dia 2 de junho.  A medida visa evitar o avanço acelerado do novo coronavírus e será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (19). Além disso, segue suspenso o transporte coletivo intermunicipal em 171 municípios que registraram novos casos da Covid-19 recentemente – confira aqui

O governador lembrou que os dados da doença em todo o território estão sendo acompanhados constantemente. “É necessário suspender por, pelo menos, mais 15 dias, a realização das aulas e dos eventos que geram aglomeração de pessoas. Estamos acompanhando a situação em cada cidade e região, para que as medidas levem em consideração o crescimento de casos em cada uma delas. Em virtude disso, qualquer análise mais consistente de retorno à normalidade das atividades só poderá ser feita após esse período de 15 dias”, ponderou.

O decreto determina que fiquem suspensas, durante o período de vigência, as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, como eventos desportivos, inclusive jogos de campeonatos de futebol, profissionais e amadores religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além, da abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros.  

MPs requerem que União viabilize pagamento de auxílio emergencial também via Bancos do Brasil e do Nordeste

Sexta / 08.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

A medida tem como objetivo diminuir as aglomerações que se formam em filas da CAIXA. (Foto: Fabiano Rocha - Agência O Globo)

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do estado da Bahia (MP/BA) ajuizaram, na quinta-feira (07), pedido liminar para que a União viabilize o pagamento do auxilio emergencial também pelo Banco do Brasil (BB) e pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB). De acordo com o procurador da República Leandro Bastos Nunes, a lei que instituiu o auxílio emergencial frente à pandemia do coronavírus (Lei nº 13.982/20) prevê que o benefício “será operacionalizado e pago, em três prestações mensais, por instituições financeiras públicas federais”. A União, então, definiu apenas a Caixa como pagadora, quando o BB e o BNB também são instituições financeiras públicas federais, do tipo sociedade de economia mista, portanto, de acordo com os MPs, perfeitamente compatíveis com o definido na lei.

De acordo com os MPs, a inclusão dos dois bancos acrescentaria até 28 novos pontos de atendimento presencial ao cidadão somente em Salvador, sendo 24 agências do BB e quatro do BNB (dados do site do BB e do BNB), ainda com possibilidade de compartilhamento de outras soluções tecnológicas. Além disso, há muito tempo a Caixa compartilha com o BB suas redes de caixas eletrônicos, e ambas as instituições permitem o uso dos terminais conhecidos como Banco 24h. A medida já está vigente no estado do Maranhão, onde a Justiça Federal acolheu o pedido do MPF e, no dia 5 de maio, determinou que a União implemente, em 15 dias, uma solução que possibilite o acesso ao benefício por outras instituições financeiras públicas federais.

Justiça determina que Caixa organize filas no entorno das agências

Quarta / 06.05.2020

Por Redação Sertão Hoje

Na decisão é dado o prazo de 5 dias para adoção da medida, sob pena de multa diária. (Foto: Divulgação)

A Justiça Federal concedeu decisão liminar, na última terça-feira (05), para que a Caixa Econômica Federal (CEF) organize as filas que estão se formando fora das agências em razão do auxílio emergencial disponibilizado pelo governo.

A determinação prevê que a CEF oriente os funcionários, sejam eles vigilantes, recepcionistas ou servidores, para que façam uma triagem ou atendimento prévio no início das filas formadas no entorno das unidades. Segundo a decisão, além de ordenar as filas seguindo as normas sanitárias de prevenção ao contágio, o banco deve orientar a população sobre o distanciamento entre as pessoas. A força policial local poderá ser requisitada para conter as aglomerações. Na decisão é dado o prazo de cinco dias para adoção da medida, sob pena de multa diária.

"Com todo respeito ao MPBA [Ministério Público da Bahia] e ao MPF [Ministério Público Federal], acredito que é um equívoco acreditar que a solução para o problema das filas nas portas das agências vai ser resolvido exigindo uma ação única da CEF. É preciso que o governo federal, estadual, municípios e outros setores da sociedade tenham responsabilidade proporcional à da Caixa, pois as filas estão acontecendo em razão do pagamento de um benefício assistencial e não por ato negocial da CEF. Muito mais do que cobrar uma saída individual, precisar cobrar uma solução coletiva, envolvendo o poder público e também outros setores da sociedade, como toda a rede bancária", afirma Leonardo Viana, presidente do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região.