Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "mucugê"

Rui Costa decreta contenção de gastos para assegurar salário de servidores

Sábado / 21.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Rui Costa afirmou que as medidas adotadas buscam equilibrar o orçamento do Estado dentro de um patamar capaz de enfrentar a conjuntura econômica atual

Com o objetivo de assegurar a regularidade no pagamento dos servidores, o governador Rui Costa determinou uma série de medidas para controle e redução de despesas de gastos com pessoal e custeio. Por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Estado, Rui adequa o orçamento do Estado ao cenário econômico mundial, que tem impactado as finanças públicas em todo o país. Desta maneira, o Governo do Estado também assegura a regularidade dos contratos financeiros firmados pela Administração Pública.

A projeção do Governo é que a economia com as medidas possa chegar a R$ 200 milhões. O decreto determina a suspensão de novos contratos de serviços de transporte, licitações, capacitação e treinamento de servidores que impliquem em novas despesas para os cofres estaduais e cortes de 15% em contratos de prestação de serviços continuados e de terceirização, 10% nas despesas de consumo de água e energia elétrica, 30% em telefonia fixa, e 25% em despesas com viagem nacional e internacional para servidores a serviço do Estado, incluindo a concessão de diárias e verbas para deslocamento.

O governador Rui Costa afirmou que as medidas adotadas pela gestão estadual buscam se ajustar não apenas à Lei de Responsabilidade Fiscal, mas equilibrar o orçamento do Estado dentro de um patamar capaz de enfrentar a conjuntura econômica atual com uma relativa tranquilidade. “O país está atravessando um momento difícil, por isso nós precisamos nos ajustar e ter a responsabilidade de cortar na própria carne para sairmos dessa crise sem sofrermos grandes turbulências. Além do mais, é importante que o Estado continue a investir em ações que melhorem a qualidade de vida de sua população”, lembrou Rui.

Consultor dá Dicas para o WhatsApp não prejudicar a sua carreira

Sábado / 21.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Na era dos smartphones, saber usar os aplicativos interativos no mundo profissional é essencial

Os meios de comunicação evoluíram e paralelamente a isto, as empresas também mudaram a postura frente a seus colaboradores, que passam agora a ter mais liberdade, maior flexibilidade no ambiente organizacional, mas é preciso que continuem cumprindo metas e prazos de entrega. “Algumas empresas entendem que proibições cansam e diminuem a produtividade. Além de serem, de certa forma, limitadoras, obtendo resultados burocráticos e sem criatividade, ou seja, sem qualidade e inovação”, explica José Roberto Marques, Master Coach Sênior e Presidente do Instituto Brasileiro de Coaching – IBC.

Neste sentido, torna-se impossível não falar do WhatsApp, que ‘invadiu’ todos os âmbitos de nossas vidas, incluindo o profissional. Uma pesquisa realizada pela empresa Regus apontou que entre os trabalhadores brasileiros que utilizam o aplicativo, 95% usam para contribuir de alguma forma positivamente em seus trabalhos. No entanto, existem também um elevado número de profissionais que usam o aplicativo para fins pessoais, no momento do expediente.

Para o Consultor, não é preciso ser rígido consigo e excluir o aplicativo do seu celular. Existem algumas dicas básicas que podem ser úteis para melhorar o dia a dia e conciliar o trabalho com as checadas ao aplicativo: Não interrompa uma tarefa para checar mensagens pessoais; Estabeleça horários específicos para visualizar as mensagens; Caso seu chefe utilize muito este meio para se comunicar com você fora do expediente, vá com calma. Controle a situação para que isso não se torne algo natural e excessivo; Não mande mensagens pessoais em grupos profissionais; Não substitua e-mail por WhatsApp; e Personalize um toque diferente para as pessoas e grupos profissionais.

Rui Costa alinha estratégias para combate aos incêndios na Chapada

Sábado / 21.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Em Lençóis, o governador também se reuniu com prefeitos de dez municípios baianos para o alinhamento das estratégias de enfrentamento ao fogo (Foto: Manu Dias/GOVBA)

O governador Rui Costa, na última terça-feira (17), as áreas incendiadas na Chapada Diamantina para acompanhar in loco as ações de combate ao fogo, que têm sido realizadas há mais de 20 dias em trechos afetados pelas chamas. O incêndio florestal, que chegou a atingir dois mil hectares de mata, está sendo controlado aos poucos, após o início das atividades de uma força-tarefa, envolvendo Corpo de Bombeiros, Exército Brasileiro e brigadistas voluntários.

"Pude presenciar o esforço gigantesco de todos os envolvidos. São pontos isolados de incêndio, o que dificulta no transporte de pessoas e água, mas o incêndio está controlado. Temos uma estrutura poderosa para o combate do fogo e vamos continuar lutando pela extinção do mesmo", afirmou Rui.

Em Lençóis, o governador também se reuniu com prefeitos de dez municípios baianos para o alinhamento das estratégias de enfrentamento ao fogo. Diante da suspeita de um incêndio criminoso, o governador anunciou que irá aprofundar as investigações com a Polícia Civil. "Vou falar com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, para enviar agentes da Polícia Civil para investigarmos a fundo esses incêndios. Eles acontecem todo ano, mas os dois maiores focos do incêndio aconteceram à margem da BA -242 e tem indícios de que foram provocados intencionalmente, e isso não pode acontecer".

O incêndio florestal está sendo controlado aos poucos, após o início das atividades de uma força-tarefa (Foto: Manu Dias/GOVBA)

Bahia vence leilão com 24 projetos de energia eólica e fotovoltaicos

Quinta / 19.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Serão destinados cerca de R$ 3 bilhões na construção dos novos empreendimentos de energia eólica e solar (Foto: Manu Dias/GOVBA).

A Bahia saiu vitoriosa do segundo Leilão de Energia da Reserva (LER/2015), realizado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), no último dia 13, com 18 novos projetos eólicos e seis fotovoltaicos. Vencedora de 24 dos 53 projetos, a Bahia terá capacidade para gerar 662 MW de potência a partir de 2018.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, o processo de diversificação de fontes energéticas está sendo intensificado e os novos projetos vão expandir o potencial de geração de energia renovável no estado. “Este resultado é fruto do trabalho para consolidar a Bahia como maior geradora de energia renovável do País”. Segundo ele, com a conclusão do mapa solar, em fase de elaboração, será possível impulsionar ainda mais investimentos para o setor.

Serão destinados cerca de R$ 3 bilhões na construção dos novos empreendimentos de energia eólica e solar. Atualmente a Bahia possui 44 parques eólicos em funcionamento, outros 41 em construção e 125 contratados. Já empreendimentos solares somam 14 em andamento e dois grandes projetos em funcionamento. 

Defensor Geral da Bahia estima implantação de mais Defensorias Públicas em 2016

Quinta / 19.11.2015

Por Luís Gustavo

Durante a coletiva, Dr. Clériston reconheceu que um Defensor Público para atender toda a demanda de Brumado, Malhada de Pedras e Aracatu não é o ideal.

Durante a inauguração da unidade de atendimento da Defensoria Pública Estadual, em Brumado, o Defensor Geral da Bahia, Dr. Clériston Cavalcante Macêdo concedeu entrevista coletiva, durante a qual afirmou existir um projeto que prevê um acréscimo de 17% no orçamento do órgão, em 2016. Ele afirmou que, caso isto se concretize, a intenção é abrir novas unidades de atendimento da Defensoria Pública, beneficiando municípios que ainda não contam com este serviço.

Durante a coletiva, Dr. Clériston reconheceu que um Defensor Público para atender toda a demanda de Brumado, Malhada de Pedras e Aracatu não é o ideal, mas que foi o que estava ao alcance do órgão neste momento. Ele destacou ainda que a Defensoria Pública de Brumado já chegou a contar com dois defensores, mas atendia um número maior de municípios. O Defensor Geral ainda comentou que o governo do estado tem intenção de construir uma unidade prisional em Brumado e a reinstalação da Defensoria Pública também atenderia esta necessidade.

Dilma sanciona com um veto lei que regulamenta o direito de resposta

Terça / 17.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Nova lei englobo veículos como rádio, televisão, jornais e internet.

'

A presidente Dilma Rousseff sancionou com um veto o projeto de lei aprovado pelo Congresso que regulamenta o direito de resposta a quem se sentir ofendido por algum veículo de imprensa. Dilma vetou, no texto enviado pelo Congresso, o trecho que previa que a pessoa ofendida pudesse ‘dar a resposta ou fazer a retificação pessoalmente’ no rádio ou na TV. Na justificativa para o veto, a presidente disse que ‘ao não definir critérios para a participação pessoal do ofendido, o dispositivo poderia desvirtuar o exercício do direito de resposta ou retificação’.

Pela nova lei, o direito de resposta será garantido quando uma reportagem atentar, ‘ainda que por equívoco de informação, contra a honra, a intimidade, a reputação, o conceito, o nome, a marca ou a imagem de pessoa física ou jurídica identificada ou passível de identificação’. Pelo projeto aprovado, o reclamante tem 60 dias a partir da veiculação da reportagem para solicitar o direito de resposta diretamente ao órgão de imprensa ou à pessoa jurídica responsável. Caso a resposta não seja publicada sete dias após o pedido, o reclamante poderá recorrer à Justiça.

A partir do ajuizamento da ação, o juiz terá 30 dias para proferir a sentença. Nesse período, vai citar o órgão de imprensa para que explique as razões pelas quais não veiculou a resposta e para que seja apresentada a contestação à reclamação. Ao ofendido, é garantido direito de publicação da resposta com os mesmos ‘destaque, publicidade, periodicidade e dimensão’ da reportagem, tanto no veículo que originalmente divulgou a reportagem quanto em outros que a tenham replicado. O texto não assegura resposta a comentários feitos por leitores, como os que são publicados por internautas.

Taxa de juros do cartão de crédito é a maior em 19 anos

Terça / 17.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Juros dessa modalidade chegaram a 368,27% ao ano em outubro.

Os juros cobrados dos consumidores nas operações de crédito continuaram subindo em outubro, segundo pesquisa divulgada pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac). No cartão de crédito, a taxa passou de 361,4% ao ano em setembro para 368,27% no mês passado – a maior desde os 385,86% registrados em março de 1996.

Houve elevação nos juros em todas as modalidades de crédito para as pessoas físicas pesquisadas pela Anefac. No cheque especial a taxa passou de 222,16% para 226,39% ao ano, a maior desde setembro de 1999, quando era de 241,98%.

No comércio, os juros subiram de 86,26% para 86,9% ao ano. No financiamento de automóveis, a taxa passou de 29,84% para 30,15% ao ano. Já no empréstimo pessoal em bancos, a taxa subiu de 63,84% para 64,59%, enquanto em financeiras passou de 146,28% para 149,03%.

Com as elevações, a taxa média de juros cobrada das pessoas físicas em operações de crédito subiu de 131,1% em setembro para 132,91% ao ano em outubro – a maior desde abril de 2009, quando estava em 133,7%.

Deputado Luciano Ribeiro se solidariza com Custódio Brito e questiona método de escolha

Sexta / 13.11.2015

Por Giselle Quintão

Dr. Custódio Brito, apesar de ser escolhido por 4 vezes pelos pares da OAB e pelo Tribunal de Justiça, não foi o escolhido ao cargo pelo governador

O Deputado Estadual Luciano Ribeiro usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, em 11 de novembro, para avaliar a forma como é escolhido o 5º constitucional para desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Após indicações da Ordem dos Advogados da Bahia (OAB) e do próprio Tribunal de Justiça, a escolha é feita pelo governador do Estado, em lista tríplice. Para o deputado, o método de escolha deveria ser revisto, passando a ser baseado em critérios técnicos e objetivos. “Não estou aqui questionando a personalidade escolhida e sim, a forma de escolha para composição do Tribunal, de forma a atender a representação de classe”, explicou o deputado Luciano Ribeiro, que é advogado.

Na oportunidade, Luciano aproveitou para prestar solidariedade ao colega Dr. Custódio Lacerda Brito que apesar de ser escolhido pelos pares da OAB (por 4 vezes) e pelo Tribunal de Justiça (também por 4 vezes), sendo neste último pleito o mais votado, não foi o escolhido ao cargo pelo governador. “Estou aqui hoje para prestar minha homenagem a quem dei o meu voto, e merecido. Dr. Custódio é um advogado que orgulha a classe, com 40 anos de experiência, tendo feito mais de 600 júris pelo Brasil, além de ser juiz concursado, que não tomou posse por questão pessoal. Receba então a nossa justa solidariedade”, declarou Luciano.

Segundo Dieese, 13º salário deverá injetar R$ 173 bilhões na economia

Sexta / 13.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Com menos empregos formais, cai nº de beneficiados com o pagamento, neste ano serão 84,4 milhões de brasileiros; em 2014, foram 84,7 milhões

Segundo estimativas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgadas nesta quarta-feira (11), até dezembro deste ano, o pagamento do 13º salário deverá injetar cerca de R$ 173 bilhões na economia brasileira. O valor previsto para este ano indica um crescimento de 9,9% frente a 2014 (R$ 158 bilhões). Por outro lado, o Dieese estima que o número de pessoas que receberá o 13º salário em 2015 será 0,3% inferior (cerca de 300 mil pessoas a menos) ao calculado em 2014, "em grande parte pela redução do estoque de empregos no setor formal". Até setembro, o país perdeu 657 vagas formais de trabalho, segundo dados do Ministério do Trabalho. Neste ano, perto de 84,4 milhões de brasileiros serão beneficiados, segundo o Dieese. Em 2014, 84,7 milhões receberam 13º salário. O montante de R$ 173 bilhões representa aproximadamente 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, e será pago aos trabalhadores do mercado formal, inclusive aos empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social; e aos aposentados e pensionistas.

Polícia Federal estima que prejuízo da Petrobras com corrupção pode ser de R$ 42 bi

Sexta / 13.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Estatal aponta oficialmente, até o momento, rombo de R$ 6 bi em propina

De acordo com o laudo de perícia criminal anexado pela Polícia Federal (PF) em um dos processos da operação, o prejuízo causado pelas irregularidades na Petrobras descobertas pela Operação Lava Jato pode chegar à casa dos R$ 42,8 bilhões. A Lava Jato investiga um esquema criminoso de corrupção, desvio e lavagem de dinheiro envolvendo funcionários de alto escalão da petrolífera, diretores das maiores empreiteiras do país e operadores.

Ainda conforme a investigação, as empreiteiras se organizavam em cartel para vencer licitações e se beneficiar de aditivos aos contratos. Essas empresas pagavam propina a diretores e gerentes da Petrobras, operadores e a partidos políticos como PP, PT e PMDB por doação eleitoral. As legendas negam que tenham recebido dinheiro ilícito. Oficialmente, em abril deste ano, a Petrobras divulgou rombo de R$ 6 bilhões. A cifra foi caracterizada como conservadora pelo presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, uma vez que poderiam surgir novos fatos na investigação.

O Ministério Público Federal (MPF) considerou, em outubro, que o prejuízo passaria de R$ 20 bilhões. "O que nós temos hoje é que apenas a propina da Petrobras envolveu mais de R$ 6,2 bilhões (...) Isso aponta que possivelmente o valor do prejuízo superará R$ 20 bilhões", chegou a afirmar o procurador da República Deltan Dallagnol, que é coordenador da força-tarefa do MPF para a Lava Jato. Esta estimativa de R$ 42 bilhões tem como base uma tabela com os pagamentos indevidos envolvendo as 27 empresas apontadas como integrantes do cartel na Petrobras.

Deputado Luciano Ribeiro quer certificado ocupacional para cargos comissionados

Sexta / 13.11.2015

Por Giselle Quintão

Para o parlamentar, o fato do cargo ser político não isenta o candidato de atender aos requisitos técnicos e profissionais exigidos pela função

O deputado Luciano Ribeiro apresentou projeto de lei na Assembleia Legislativa da Bahia a fim de acabar com a nomeação de pessoas com perfil meramente político nos cargos comissionados e estratégicos da administração direta e indireta do governo da Bahia. A proposta do deputado exige que o candidato à vaga comissionada passe pelo processo de certificação ocupacional, onde serão verificados, “através de uma avaliação formal, objetiva e generalizada”, habilidades técnicas e conhecimentos mínimos necessários ao exercício do cargo, sendo este certificado emitido pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb). “O cargo pode até ser indicação política; mas o candidato precisará passar por uma avaliação para exercer uma ocupação na administração pública. O Certificado Ocupacional cria critérios técnicos para a escolha dos comissionados”, justifica Ribeiro.

TSE aprova calendário da eleição de 2016, a mais curta em 3 décadas

Quinta / 12.11.2015

Por Redação Sertão Hoje

Procurador-Geral Eleitoral Humberto Jacques de Medeiros e os ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli (Foto: reprodução/internet)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o calendário das eleições municipais de 2016. O documento incorpora os novos prazos estipulados pela minirreforma eleitoral sancionada pela presidente Dilma em 29.set.2015. As principais mudanças são o prazo de filiação aos partidos políticos, o início da campanha eleitoral, o tempo de propaganda gratuita no rádio e na televisão e o período das convenções partidárias.

Em resumo, agora a campanha eleitoral em rádio e TV ficou ainda mais curta do que já era: caiu de 45 dias para 35 dias. Será a mais breve desde 1985, quando o Brasil voltou ao sistema democrático. Esta é a segunda vez que a propaganda eletrônica é reduzida. Em 2005, o Congresso já havia cortado a exibição desses comerciais de 90 dias para 45 dias.

Como a campanha começa mais tarde, os prazos para os partidos realizarem suas convenções e definir candidatos também foram jogados para a frente. Em 2016, a agremiações políticas terão de 20.jul a 05.ago para fazer suas convenções.

Para se candidatar, o político interessado terá de estar filiado a uma legenda até o dia 02.abr.2016. Antes, era necessário 1 ano de filiação antes da data da disputa. O registro das candidaturas a prefeito, vice-prefeito e vereador poderá ser feito até o dia 15.ago.2016. A campanha inicia-se no dia seguinte (16.ago.2016). Nas últimas eleições, a campanha oficial começava no início em julho.

Vítor Bonfim assumirá Seagri no lugar de Câmera, confirma Josias

Quinta / 12.11.2015

Por Bahia Notícias

O Deputado Estadual Vítor Bonfim (esquerda) assumirá Seagri no lugar de Paulo Câmera, confirma Josias Gomes (Foto: Arquivo/Sertão Hoje)

A nomeação do deputado estadual Vítor Bonfim (PDT) como titular da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado (Seagri), em substituição a seu colega de bancada, Paulo Câmera (PDT), foi confirmada nesta quinta-feira (12) pelo secretário estadual de Relações Institucionais, Josias Gomes. A cerimônia de posse deverá ser realizada “em breve”, segundo Josias, que acrescentou que Bonfim assumirá o cargo por indicação de seu partido. A ida do parlamentar para o cargo está sendo especulada nos bastidores desde a última semana, quando Câmera confirmou que estava deixando o posto para tratar de “problemas pesados de saúde”.

Deputado Luciano Ribeiro apresenta Emendas ao orçamento do Estado 2016

Quinta / 12.11.2015

Por Giselle Quintão

As emendas apresentadas compreendem, entre outras áreas, infraestrutura, saúde, educação, desenvolvimento agrícola e rural

O deputado Luciano Ribeiro apresentou diversas emendas ao orçamento do Governo do Estado em 2016, beneficiando os municípios que representa, dentre elas estão as pavimentações asfálticas de Caculé a Condeúba; Condeúba a Jacaraci; Rio do Antônio a Caculé; Guajeru a Caculé; Licínio de Almeida a Urandi. As emendas apresentadas compreendem as áreas de infraestrutura, saúde, educação, esportes, desenvolvimento agrícola e rural, hídrico e de saneamento, segurança pública, aquisições de equipamentos e transportes, recuperações de equipamentos urbanos etc. Agora as propostas seguem para o plenário para apreciação da Assembleia Legislativa.

Pesquisa Unicamp: Caldo de cana é melhor que suplementos industrializados para repor energia

Quarta / 11.11.2015

Por Thaís da Silveira

Bebida representa um combustível para o corpo com gosto de infância

A cana-de-açúcar foi a primeira cultura trazida para o Brasil pelos portugueses no período colonial. O cultivo deu tão certo por aqui que o país é o maior produtor do mundo. Se no campo o cultivo do produto é um bom negócio, para o corpo o consumo também representa benefícios. O caldo da cana, que é conhecido como garapa em algumas regiões, é fonte das vitaminas A, B e C, que ajudam, por exemplo a aumentar a resistência do corpo, a equilibrar o sistema nervoso e melhorar a cicatrização. Ele tem alto teor de minerais como o ferro, cálcio, potássio e magnésio, que fortalecem os ossos, são indispensáveis na formação do sangue.

A cana pode ser uma aliada importante para quem tem um dia a dia agitado. A explicação é simples: ela ajuda a repor as energias. Quando há um gasto calórico grande, o corpo usa a energia acumulada nas células musculares. Se as reservas acabam, o organismo começa a queimar massa muscular. O caldo de cana tem a propriedade de repor rapidamente a energia por causa de seus açúcares – sacarose, glucose e frutose, auxiliando a evitar a perda de músculos.

Pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) acompanharam a rotina dos jogadores da Ponte Preta para saber como o corpo deles reagia diante de tantos exercícios. Eles analisaram o nível de ureia no sangue dos atletas logo após os treinamentos. Essa substância ajuda a avaliar se existe ou não perda muscular. Substituindo os suplementos energéticos industrializados por uma rodada de garapa ao fim de cada treino os pesquisadores concluíram que os índices de ureia no sangue diminuíram, o que significa uma menor queima de massa muscular. Na prática, eles passaram a ser capazes de correr mais, sem perder músculos, melhorando o rendimento.