Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "mirante"

Ocupação hoteleira tem média de 96% nos principais destinos do interior da Bahia

Quarta / 06.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

No Morro de São Paulo a taxa de ocupação hoteleira estimada está acima de 80%, devendo chegar a 100% na famosa ressaca do Carnaval. (Foto: Rennan Calixto / Gov BA)

Segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), dos 2,2 milhões de visitantes esperados para o período da folia, 1,4 milhão tem como destino o interior do estado. Por conta disso, a ocupação hoteleira nos oito principais destinos do interior no Carnaval tem média de 96% este ano.

Em Mucugê, na Chapada Diamantina, os 1,8 mil leitos de hotéis e pousadas estão ocupados. Já Lençóis, também na Chapada, possui quatro mil leitos. Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, a média de ocupação hoteleira da cidade é de 97%. Para quem curte a folia à moda antiga, Maragogipe, no Recôncavo, é destino certo com seu tradicional Carnaval com marchinhas, fantasias e máscaras que remetem à tradição de Veneza. Segundo a prefeitura, os cinco meios de hospedagem do município estão lotados. A expectativa local era receber cerca de 50 mil turistas, a maioria mineiros, cariocas, paulistas, sergipanos e brasilienses, habituais visitantes, bem como franceses e argentinos.

No sul do estado, onde se concentram cidades litorâneas como Porto Seguro, Ilhéus e Itacaré, os hotéis estão com alta ocupação. O mesmo acontece em localidades como Morro de São Paulo, situada no arquipélago de Tinharé, e na Praia do Forte.
 

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, a média de ocupação hoteleira de Lençóis é de 97%. (Foto: Tatiana Azeviche / Setur)

46ª CIPM monta esquema de segurança para o Carnaval 2019

Sábado / 02.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

A PM também traz recomendações para os foliões para que diminuam as chances de eventuais acidentes, furtos, roubos, entre outras medidas.

A 46ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) estará empenhada cuidando da segurança pública nos Carnavais de Rio de Contas, de Paramirim e de Jussiape, que fazem parte da área de atuação da companhia. Em nota, o comandante da unidade, Capitão PM Vandílson Santos Araújo, detalhou como será empregada cada unidade que está em sua disposição, além das que prestarão apoio, como a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e a Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPPA), de Lençóis.

 “Todo o nosso efetivo será empregado para atuar tanto na área interior quanto na área exterior no circuito de cada festa, e também contará com o apoio da Rondesp. Durante esse período, a PRE se fará presente ostensivamente, atuando de forma estratégica nas rodovias que dão acesso à Rio de Contas, em horários e locais conforme o volume de tráfego e índices de vulnerabilidade. O nosso esquema de policiamento também contará com o apoio da CIPPA/Lençóis, que terá como foco combater crimes ambientais que possivelmente venham a ocorrer durante a festa, principalmente nos arredores dos balneários públicos”, esclarece o comandante.
 

Mega-Sena acumula e prêmio de R$ 73 milhões serão sorteados neste sábado (02)

Sábado / 02.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

As apostas podem ser feitas até às 19h desta quinta, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online. (Foto: Arquivo / Sertão Hoje)

O prêmio da Mega-Sena acumulou novamente e quem acertar as seis dezenas pode levar para casa o valor de R$ 73 milhões, neste sábado (2). O sorteio ocorrerá às 20h, na cidade de Videira, em Santa Catarina. Excepcionalmente, por causa da “Mega Semana de Carnaval”, vão ser três sorteios nesta semana. O primeiro foi na terça-feira, 26 de fevereiro, o segundo na quinta-feira, 28 de fevereiro e próximo neste sábado (02).

As apostas podem ser feitas até às 19h desta quinta, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Programa Primeiro Emprego registra mais de 7 mil contratos em dois anos

Sexta / 01.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

Atualmente há 4.847 jovens atuando em diversas instituições públicas pela Bahia e mais de dois mil em empresas privadas. Ao todo, são mais de sete mil contratos nesse período.

O Programa Primeiro Emprego chega a dois anos de contratos em vigor na Bahia. Segundo a Secretaria de Administração (Saeb), o programa visa ampliar a capacidade de inserção no mercado de trabalho de egressos do ensino técnico da Rede Estadual de Educação Profissional. Atualmente há 4.847 jovens atuando em diversas instituições públicas pela Bahia e mais de dois mil em empresas privadas. Ao todo, são mais de sete mil contratos nesse período.

Desde o lançamento oficial, em dezembro de 2016, a Saeb deu oportunidade de trabalho a 312 jovens. Na Rede SAC trabalham 215 deles e 97 na própria sede da Secretaria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Dos que estão nos postos SAC, 51 são na capital, e 37 nas unidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Além disso, há 114 nos postos do interior e 13 nos Pontos SAC.
 

MEC libera R$ 190,77 milhões para Fundeb e piso salarial dos professores da Bahia

Sexta / 01.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

Ao todo, o MEC liberou R$ 1.016.153.276,45 para estados e municípios, sendo R$ 914.537.948,79 para o Fundeb e R$ 101.615.327,66 para o piso salarial dos professores.

O Ministério da Educação (MEC) liberou, na última segunda-feira, 25, o repasse de R$ 190.771.413,50 para o estado da Bahia, para complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e a complementação do Piso Nacional do Magistério. O valor corresponde à parcela de fevereiro dos repasses. Desse total, a complementação ao Fundeb corresponde a R$ 171.694.272,15.

O Fundeb é um fundo especial formado quase em sua totalidade por recursos oriundos de impostos e transferências constitucionais dos estados, Distrito Federal e municípios, que são destinados à educação básica. Segundo o MEC, os valores que cada ente da Federação recebe são calculados a partir do número de estudantes matriculados nas escolas públicas e levam em consideração o valor mínimo a ser aplicado por aluno. Por isso, o Fundo conta ainda com complementação de recursos da União para garantir o recebimento do valor mínimo definido nacionalmente. Independentemente da origem, todo o recurso gerado é redistribuído para aplicação exclusiva na educação básica, conforme a prioridade dos estados, Distrito Federal e municípios. Já a parcela de complementação da União para o pagamento do piso salarial dos professores da Bahia, por parte dos sistemas de ensino, compreende R$ 19.077.141,35. Atualmente, o piso corresponde a um salário de R$ 2.557,74 para jornada de 40 horas semanais. O repasse só é feito aos estados e municípios beneficiários da Complementação da União.

 Ao todo, o Ministério da Educação liberou R$ 1.016.153.276,45 para estados e municípios, sendo R$ 914.537.948,79 para complementação ao Fundeb e R$ 101.615.327,66 para complementação do piso salarial dos professores. Neste ano, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí recebem a complementação.

Fonte: MEC

Mais de 2 mil estudantes do pré-vestibular Universidade para Todos são aprovados no Ensino Superior

Sexta / 01.03.2019

Por Redação Sertão Hoje

Em 2018, foram disponibilizadas 14 mil vagas do UPT em cerca de 176 municípios baianos, com 237 locais de funcionamento. (Foto: Educação Gov/BA)

2.197 estudantes do programa Universidade para Todos (UPT), cursinho pré-vestibular ofertado pela Secretaria da Educação do Estado, foram aprovados em instituições de Ensino Superior da Bahia e de outros estados graças ao bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Deste total, 1.912 alunos foram aprovados para a Universidade Estadual da Bahia (UNEB); 149, para a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); 48, para a Universidade Estadual de Feira de Santana (UESF); e 88, para a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Estes números, divulgados pela Secretaria de Educação nesta quarta-feira (28), ainda são parciais, pois outras listas de aprovados ainda devem ser divulgadas pelas instituições.

Em 2018, foram disponibilizadas 14 mil vagas do UPT em cerca de 176 municípios baianos, com 237 locais de funcionamento. Os estudantes da rede estadual aprovados ingressam na universidade em 2019 por meio de vestibulares, pelo Programa Universidade para Todos (PROUNI) e pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU). Dos estudantes da rede estadual que cursavam o UPT e foram aprovados, 30 são quilombolas; dois, indígenas; dois, transexual/travesti; um é cigano; e um tem necessidade especial.

O curso presencial possui carga horária de 20 horas semanais e aulas das disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, tendo como objetivo consolidar e aprofundar conhecimentos adquiridos pelos alunos, preparando-os para os processos seletivos de ingresso ao Ensino Superior. Além das aulas regulares, também são realizados projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados e orientação vocacional. O UPT, desde 2007, já colaborou para o ingresso de mais de 18 mil estudantes no Ensino Superior.

Sesab alerta para o risco de doenças imunopreveníveis no Carnaval

Quinta / 28.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

A Secretaria recomenda que a população esteja sempre atenta ao surgimento de sintomas e procure uma unidade de saúde. (Foto: Ascom Sesab)

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), emitiu um comunicado, nesta terça-feira (27), em seu site oficial (saude.ba.gov.br), alertando sobre os riscos de ocorrência de doenças imunopreveníveis (sarampo, rubéola, influenza, meningite, coqueluche, entre outras) durante o período de Carnaval. A Secretaria recomenda que a população esteja sempre atenta ao surgimento de sintomas e procure uma unidade de saúde.

Segundo a Divep, como medidas preventivas, é recomendável a lavagem das mãos diversas vezes ao dia, principalmente antes de consumir algum alimento; evitar tocar a face com as mãos e proteger a tosse e o espirro com lenço descartável; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; e manter os ambientes bem ventilados.  Deve-se também evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de influenza; evitar sair de casa em período de transmissão da doença; evitar aglomerações e ambientes fechados; adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos.
 

Segundo sorteio da Mega-Semana de Carnaval pode pagar R$ 46 milhões nesta quinta-feira (28)

Quinta / 28.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

A Mega-Semana é uma estratégia da CAIXA em que as Loterias oferecem três sorteios da Mega-Sena em semanas especiais do ano.

O segundo sorteio da Mega-Semana de Carnaval pode pagar um prêmio de R$ 46 milhões para quem acertar os seis números do concurso 2129 da Mega-Sena. O prêmio acumulou novamente e o sorteio será realizado, às 20h, diretamente do Caminhão da Sorte, em Videira (SC).

A Mega-Semana é uma estratégia da CAIXA em que as Loterias oferecem três sorteios da Mega-Sena em semanas especiais do ano. Os próximos sorteios são do concurso 2129 na quinta-feira (28) e o 2130 no sábado (02).

Segundo a CAIXA, caso o ganhador decida investir todo o prêmio na Poupança, o prêmio renderia mais de R$ 170 mil por mês. O valor também seria suficiente para comprar mais de 350 carros esportivos. As apostas podem ser feitas até às 19h desta quinta, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

MEC libera R$ 1 bilhão para Fundeb e piso salarial dos professores

Quarta / 27.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

Os valores que cada ente da Federação recebe são calculados a partir do número de estudantes matriculados nas escolas públicas. (Foto: Reprodução / Agência Brasil)

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 1.016.153.276,45 para estados e municípios na última segunda-feira (25). Os recursos são destinados à complementação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e à complementação do Piso Nacional do Magistério, referentes a fevereiro. Os recursos foram repassados ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O valor da parcela de fevereiro da Complementação da União ao Fundeb é de R$ 914.537.948,79.

O Fundeb é um fundo especial formado quase em sua totalidade por recursos oriundos de impostos e transferências constitucionais dos estados, Distrito Federal e municípios, que são destinados à educação básica. Os valores que cada ente da Federação recebe são calculados a partir do número de estudantes matriculados nas escolas públicas e levam em consideração o valor mínimo a ser aplicado por aluno. Por isso, de acordo com o MEC, o Fundo conta ainda com complementação de recursos da União para garantir o recebimento do valor mínimo definido nacionalmente. Independentemente da origem, todo o recurso gerado é redistribuído para aplicação exclusiva na educação básica, conforme a prioridade dos estados, Distrito Federal e municípios.

Já a parcela de complementação da União para o pagamento do piso salarial dos professores, por parte dos sistemas de ensino, contará, no mês de fevereiro, com repasse de R$ 101.615.327,66. Atualmente, o piso corresponde a um salário de R$ 2.557,74 para jornada de 40 horas semanais. O repasse é feito só aos estados e municípios beneficiários da Complementação da União. 

Fonte: MEC

Número de mortes violentas tem queda de 11% na Bahia, aponta dados do Monitor da Violência

Quarta / 27.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

O Monitor da Violência é uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. (Foto: Arte G1)

A Bahia teve uma redução de 11,2% no número de mortes violentas em 2018, conforme aponta os dados divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Monitor da Violência.

Segundo os dados, na Bahia foram registrados 5.613 assassinatos em 2018, enquanto em 2017 foram contabilizadas 6.321 mortes violentas. O maior número ocorreu em janeiro de 2018, enquanto o menor foi registrado em setembro.  No Brasil a redução de mortes violentas foi de -13%. Apesar da queda, o número de vítimas ainda é considerado alto, já que são 24,7 mortos a cada 100 mil habitantes.

Apenas os estados do Amapá (10%), Tocantins (44%) e Roraima (54%) tiveram aumento no número de mortes violentas em 2018. Seis estados apresentaram uma redução superior a 20%. Pernambuco, considerado um dos estados mais violentos do Brasil, foi o que teve a maior redução percentual no número de vítimas de crimes violentos com 23%.

O Monitor da Violência é uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública e pode ser acessado clicando aqui.

MEC libera R$ 76,21 milhões para instituições federais de ensino da Bahia

Quarta / 27.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

No Brasil, o Ministério repassou R$ 1,574 bilhão para quase 150 instituições federais de ensino. (Foto: Divulgação / Internet)

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 1,574 bilhão para quase 150 instituições federais de ensino em todo Brasil. Desse total, R$ 76.216.586 foram repassados às instituições da Bahia.

Segundo o Ministério, a maior parte do valor, R$ 1,091 bilhão, foi repassada às universidades federais e inclui repasses para hospitais universitários. Já a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica recebeu R$ 462,79 milhões. O restante, R$ 19,79 milhões, foi repassado ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ).

Os gestores das instituições têm autonomia para definir, de acordo com os cronogramas estabelecidos internamente, onde serão aplicados esses recursos. O que permite atender melhor às necessidades de cada instituição e dos seus estudantes, afirma o MEC.

Partiu Estágio alcança mais de 24 mil inscritos no último edital

Terça / 26.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

Somando os quatro editais já lançados, mais de 85 mil estudantes universitários já se candidataram ao Partiu Estágio.

O Partiu Estágio acaba de estabelecer um novo recorde. O primeiro edital do programa para este ano, lançado no dia 30 de janeiro, acaba de alcançar 24.124 inscrições, encerradas no último domingo (24). Segundo a Secretaria da Administração (Saeb), o Partiu Estágio ofertou 2.325 vagas para 62 órgãos estaduais, distribuídos entre 49 municípios baianos. Do total, 10% serão reservadas a pessoas com deficiência. Para mais informações sobre o programa e próximas etapas da seleção, basta acessar o site saeb.ba.gov.br.

O total de inscritos registrado neste edital representa o maior número de interessados em participar do Partiu Estágio. O recorde anterior foi de 23.405 inscrições, registradas entre agosto e setembro de 2017. Somando os quatro editais já lançados, mais de 85 mil estudantes universitários já se candidataram ao Partiu Estágio. Ao todo, pouco mais de 6,5 mil foram contratados para atuar no serviço público estadual baiano.

O cadastro dos mais de 24 mil inscritos irá compor um banco, com validade de seis meses. É deste banco que sairão as convocações dos novos estagiários do Estado, de acordo com a demanda os órgãos públicos. A próxima convocação será anunciada no site da Saeb e do programa (partiuestagio.saeb.ba.gov.br), e os selecionados terão dez dias úteis para se apresentarem, como previsto em edital.
 

Geração de energia eólica cresce 41% na Bahia, aponta CCEE

Terça / 26.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

O montante de energia gerado pelas usinas baianas representou, no ano passado, 23,6% de toda energia eólica produzida no País. (Foto: Divulgação | João Wendel)

Dados do boletim InfoMercado mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) indicam que a geração de energia eólica na Bahia cresceu 41% em 2018. As usinas produziram 1.256 MW médios frente aos 890 MW médios entregues ao Sistema Interligado Nacional (SIN) em 2017. A previsão é de que o estado assuma a liderança no setor ainda neste semestre (veja mais).

O montante de energia gerado pelas usinas baianas representou, no ano passado, 23,6% de toda energia eólica produzida no País. Quando a capacidade instalada da fonte eólica é analisada, a Bahia também se destaca com incremento de 47% em 2018. Ao final de 2017, a capacidade da fonte no estado era de 2.415 MW, passando a 3.550 MW em dezembro do ano passado. A Bahia aparece como segundo maior produtor de energia eólica, ficando atrás do Rio Grande do Norte com 1.505,4 MW médios de energia entregues no período analisado. Depois da Bahia aparecem o Ceará com 772,3 MW médios, o Piauí com 638 MW médios e o Rio Grande do Sul com 634,1 MW médios.

No Brasil, a geração de energia eólica alcançou 5.304,4 MW médios frente aos 4.618,9 MW médios de 2017, aumento de 15%. A representatividade em relação a toda energia gerada no período pelas usinas do Sistema foi de 8,4%. De acordo com um estudo da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a energia eólica deve gerar mais 24 mil empregos na Bahia nos próximos anos (veja mais).
 

Primeiro sorteio da Mega-Semana de Carnaval pode pagar R$ 43 milhões nesta terça-feira (26)

Terça / 26.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

As apostas podem ser feitas até às 19h desta terça, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online. (Foto: Reprodução / Internet)

Nesta semana a Mega-Sena terá três sorteios, oferecendo ao apostadores mais uma chance de ganhar. O concurso 2128 será sorteado na terça-feira (26), o 2129 na quinta-feira (28) e o 2130 no sábado (02). Segundo a CAIXA, a Mega-Semana é uma estratégia em que as Loterias oferecem três sorteios da Mega-Sena em semanas especiais do ano. Esta é a segunda Mega-Semana de 2019. A primeira foi a Mega-Semana de Verão, realizada em Janeiro.

As apostas podem ser feitas até às 19h desta terça, em qualquer lotérica do país e também no Portal Loterias Online (www.loteriasonline.caixa.gov.br). Clientes com acesso ao Internet Banking CAIXA podem fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Central Estadual de Regulação bate recorde em número de atendimentos, afirma Sesab

Segunda / 25.02.2019

Por Redação Sertão Hoje

Isso significa que a meta da Sesab de atender todas as solicitações em até 24h está próxima, visto que a capacidade diária é de, pelo menos, 500 pacientes. (Foto: Sesab)

Com mais de 29 mil solicitações atendidas apenas neste ano de 2019, a Central Estadual de Regulação (CER) conseguiu, na manhã desta sexta-feira (22), reduzir para abaixo de mil o número de pacientes internados que aguardavam por um procedimento, sejam eles avaliações com especialistas, cirurgias ou exames. Segundo a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), isso significa que a meta de atender todas as solicitações em até 24 horas está cada vez mais próxima, visto que a capacidade diária é de, pelo menos, 500 pacientes.

O Secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, destacou a importância da conquista, “pois em outubro de 2018 tínhamos até 2.200 pacientes registrados no sistema da Central. O resultado de hoje é fruto dos investimentos realizados pelo governador Rui Costa, com destaque para a inauguração de novos hospitais, a implantação do serviço de desospitalização, que já atendeu mais de 1.000 pacientes, e a determinação para que existisse uma melhoria contínua nos processos de gestão, com a redução do tempo médio de permanência nos leitos hospitalares da rede estadual”, afirma o secretário. Ainda conforme a Sesab, entre os anos de 2015 e 2018 o investimento na saúde baiana ultrapassou os R$ 20 bilhões em obras, serviços e recursos humanos ao longo dos anos.

Fonte: Sesab