Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "malhada"

Rui Costa busca recursos para a Bahia no Ministério da Saúde

Segunda / 08.12.2014

Governador eleito Rui Costa afirmou que a saúde será prioridade em seu governo

O governador eleito da Bahia, Rui Costa, solicitou ao ministro da Saúde, Arthur Chioro, a liberação das emendas parlamentares individuais apresentadas ao Orçamento da União, no valor de R$ 138 milhões. O ministro concordou. Ele disse que, tão logo seja aprovada a nova LDO pelo Congresso, as emendas serão liberadas. Essas emendas já estão empenhadas e se referem à construção e à manutenção das unidades de saúde da família e à reforma e à ampliação de hospitais. Entre eles, constam unidades da rede estadual, municipais e filantrópicos, como o Aristides Maltês, em Salvador. Rui Costa solicitou, ainda, pressa no empenho das emendas que estão em análise pelo Ministério, elas somam cerca de R$30 milhões. Além disso, pediu e será atendido na liberação de recursos para custeio no valor de R$ 90 milhões. A prioridade é atender propostas encaminhadas pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), conforme disse o secretário, Washington Couto, que também participou da audiência. Rui manifestou preocupação com o alto custo das UPAs. Ele deseja que o Ministério da Saúde financie pelo menos 50% do valor de manutenção das unidades. O ministro avalia que é possível, pois interessa ao governo ampliar o programa. "No meu governo a prioridade é a saúde. Também vou estimular os consórcios de saúde", afirmou Rui. Segundo ele, “as emendas parlamentares terão destinação planejada, o que resultará no fortalecimento da saúde no estado".

Governo busca solução para drama dos produtores de leite

Sábado / 06.12.2014

Por Josalto Alves

Secretário de Agricultura Jairo Carneiro e ex-Secretário de Agricultura Eduardo Salles marcaram uma reunião para próxima terça-feira

Depois da seca prolongada por mais de três anos, os pequenos e médios produtores de leite acreditaram na recuperação, investiram na melhoria dos rebanhos e na reserva alimentar, e aumentaram a produção, mas vivem agora um drama. O leite está sobrando, sem ter quem compre. Uma grande empresa baiana, que processava em média 450 mil litros de leite/dia reduziu para 150 mil litros/dia, nos últimos anos, deixando de comprar a produção dos criadores baianos, inclusive da Chapada Diamantina, uma das regiões mais prejudicadas. As informações foram prestadas pelo ex-secretário da Agricultura e deputado estadual eleito, Eduardo Salles, durante audiência com o secretário Jairo Carneiro. De acordo com Salles, há informações de que a empresa estaria comprando leite pré-condensado de outros estados, prejudicando a Bahia. Para discutir essa questão e buscar soluções, o secretário Jairo Carneiro agendou reunião para a próxima terça-feira (9), que terá a presença do diretor de compras da empresa processadora; do presidente do Sindleite, Paulo Cintra; do presidente da Faeb, João Martins e do deputado estadual Zé Neto, pelo envolvimento com esse segmento, além do diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Paulo Emílio Torres, e do próprio Salles. Para o secretário Jairo Carneiro, a situação é grave e o governo do Estado fará para defender os produtores baianos.

Governo da Bahia encaminha projeto de reforma administrativa à Assembleia Legislativa

Quarta / 03.12.2014

A apresentação do projeto à imprensa coube ao governador eleito Rui Costa (Foto: Carla Ornelas)

O Governo do Estado encaminhou para a Assembleia Legislativa, no dia 1º, o projeto de lei que estabelece a reforma administrativa apresentada à imprensa pelo governador eleito, Rui Costa, e pelo Grupo de Trabalho de Transição Governamental, no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Estão previstas a extinção de seis e a criação de três novas secretarias, reduzindo de 27 para 24 o número de pastas estaduais. Com a reestruturação de órgãos e a extinção de cargos públicos, as mudanças estimam uma economia de R$ 200 milhões, ampliando a qualidade dos serviços e modernizando o Estado. O projeto foi apresentado e também prevê a qualificação da gestão, através de indicadores e metas, o reforço nos controles internos das secretarias, e a eliminação de sombreamentos de competências entre os órgãos. As medidas de racionalização e governança fortalecem as áreas de Saúde, Segurança e Educação, que também funcionarão de acordo com o padrão de atendimento já utilizado no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).

Projeto de Irrigação no Vale do Iuiu pode beneficiar 40 mil pessoas

Quarta / 03.12.2014

Por Leonardo Oliva

Dr. Gimmy, prefeito de Malhada, ao lado do Presidente da Codevasf Elmo Vaz (Foto: Leonardo Oliva/Tribuna do Sertão)

A Codevasf já autorizou a ordem de serviço para atualização do estudo de viabilidade e consolidação do anteprojeto de engenharia do Projeto de Irrigação no Vale do Iuiu. A ação poderá beneficiar cerca de 40 mil pessoas nos municípios de Iuiu, Malhada e Sebastião Laranjeiras. Se tudo der certo, o projeto terá até 30 mil hectares irrigados. A área está situada nas proximidades da confluência do rio Verde Grande, divisa dos estados de Minas Gerais e Bahia. O presidente da Codevasf, Elmo Vaz, destaca a amplitude do projeto: ‘hoje já existe cerca de 180 agricultores familiares assentados na área que será inicialmente atendida. Pretendemos implantar, na fase inicial, 5 mil hectares de irrigação, gerando cerca de 5 mil empregos diretos’, afirmou Elmo Vaz. O prefeito de malhada, Dr. Gimmy também destacou a importância do projeto. ‘Este projeto é o sonho de toda esta região de Guanambi, porque vai trazer novos investimentos, porque nós temos água em abundância e as melhores terras do Brasil’, afirmou Dr. Gimmy. O projeto de irrigação no Vale do Iuiu foi incluído no programa Mais Irrigação, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e executado pela Codevasf.

Cerca de 8,8 milhões de cotistas do PIS com menos de 60 anos sacaram o benefício

Segunda / 30.11.1999

Por Redação Sertão Hoje

Cerca de 6,6 milhões de pessoas com idade a partir de 60 anos ainda não resgataram o benefício, contabilizando R$ 12,9 bilhões ainda disponíveis para o saque.

Dos 12,6 milhões de cotistas com menos de 60 anos que tinham direito ao saque das cotas do PIS, aproximadamente 70% fizeram o saque de suas cotas e cerca de 8,8 milhões de pessoas receberam o montante de R$ 8,1 bilhões, revela a CAIXA. No início da segunda fase dos pagamentos, 8 de agosto, havia o total de R$ 13,5 bilhões disponíveis para esse público.

Os trabalhadores cadastrados no PIS entre 1971 e 4 de outubro de 1988 poderiam resgatar o PIS, independentemente da idade, até o dia 28 de setembro de 2018. Continuam a ter direito ao saque os trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988, com idade acima de 60 anos ou que cumpram outros critérios estabelecidos em Lei. Cerca de 6,6 milhões de pessoas com idade a partir de 60 anos ainda não resgataram o benefício, contabilizando R$ 12,9 bilhões ainda disponíveis para o saque.

Para saber se tem direito ao saque, o trabalhador com mais de 60 anos pode consultar a situação do seu benefício na página da CAIXA (www.caixa.gov.br/cotaspis), pelo APP CAIXA Trabalhador, disponível nas plataformas Android e IOS, pelos terminais de Autoatendimento, por meio do Cartão do Cidadão, e pelo internet banking (internetbanking.caixa.gov.br) para correntistas da CAIXA.