Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "livramento"

Livro do Arquiteto Ricardo Stumpf será lançado no Salvador Shopping

Terça / 11.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

O livro é uma publicação da Editora Novo Século, através do Selo Talentos da Literatura Brasileira

O arquiteto por formação e escritor por vocação, Ricardo Stumpf lançara, no próximo dia 20, em Salvador, o livro Nação – A flor do espírito. O lançamento será realizado, a partir das 19h30, na Livraria Cultura, localizada no Salvador Shopping, capital do estado. O livro é uma publicação da Editora Novo Século, através do Selo Talentos da Literatura Brasileira. Em convite encaminhado à nossa redação, Ricardo Stumpf destaca que ‘nesta obra, os personagens históricos coexistem de forma intrigante, inesquecível e fascinante’.

Vendas no Dia dos Pais caem 11,21%, o pior resultado em seis anos

Terça / 11.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

Vendas também haviam caído em 2014. Juros elevados, inflação no limite da meta e mercado de trabalho com mais demissões freiam consumo

As expectativas pessimistas dos comerciantes brasileiros se confirmaram e o comércio varejista registrou o pior resultado dos últimos seis anos para o Dia dos Pais. As consultas para vendas a prazo, que sinalizam o ritmo do movimento no comércio, repetiram o comportamento de baixa das demais datas comemorativas deste ano e caíram 11,21% na semana do Dia dos Pais, entre os dias 2 e 8 de agosto. Os dados são calculados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Em 2014, as vendas já haviam registrado uma queda de 5,09%, mas em anos anteriores, os resultados foram positivos: crescimentos de 3,78% (2013), 4,75% (2012), 6,86% (2011) e 10% (2010). Segundo levantamento do SPC Brasil, a queda nas intenções de vendas parceladas também se repetiu no resultado do Dia dos Namorados (-7,82%), Páscoa (-4,93%) e Dia das Mães (-0,59%). Segundo avaliação do presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, o resultado é consequência do desaquecimento da economia, influenciado principalmente pela escalada dos juros, pela inflação acima do teto da meta, que corrói o poder de compras do brasileiro e pelo aumento da massa de trabalhadores desempregados.

Luciano Ribeiro conclama outros poderes para mudar realidade do judiciário baiano

Terça / 11.08.2015

Por Giselle Quintão

Luciano Ribeiro destacou, em seu discurso, que a crise pela qual o judiciário baiano atravessa não é uma crise localizada, de um poder apenas

O deputado Luciano Ribeiro fez repercutir ontem (10), na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia a opinião do colega Dr. Luiz Viana Queiroz, presidente da OAB – secção Bahia de que “advogar na justiça baiana é um inferno”. A afirmação, divulgada em entrevista hoje no jornal A Tarde, em que o presidente da OAB-BA julga ainda a justiça baiana como a pior do Brasil, reflete uma OAB bem representada e pautada pela independência, altivez e em defesa dos advogados, da cidadania e do regime democrático.

Compartilhando da mesma opinião do presidente, o deputado Luciano Ribeiro destacou, em seu discurso, que a crise pela qual o judiciário baiano atravessa não é uma crise localizada, de um poder apenas. “Apesar da divisão dos três poderes, o Estado é uno. Temos vivido uma crise política, uma crise de Estado. O governador e a esta casa legislativa não podem se afastar e desconsiderar essa realidade”. Diante disso, o deputado conclamou os poderes legislativo e executivo para, juntos, assumirem a responsabilidade de uma solução ao problema “que atinge em cheio a cidadania do povo baiano”.

Nova tecnologia para filtragem de água em poços chega a 95% de redução de impurezas

Terça / 11.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

Além de maior pureza na oferta de água tratada, a técnica permite a redução de custos operacionais em aproximadamente 50%.

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado da Bahia (SIHS), por meio da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e da Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento do Estado da Bahia (CERB), vai testar uma nova tecnologia para filtragem de água: gravel pack. Trata-se de um sistema que utiliza uma areia especial como um filtro, retirando até 85% das impurezas da água na primeira filtragem e alcança até 95% de redução de impurezas numa segunda etapa.

O Gravel Pack permite, além de maior pureza na oferta de água tratada, a redução de custos operacionais em aproximadamente 50% (cinquenta por cento). Para a execução de ações e atividades a Embasa e a Cerb vão elaborar Planos de Trabalhos específicos em cada região. A empresa fornecedora do produto possui certificação internacional, é brasileira e única detentora da tecnologia no país.

A Secretaria vai elaborar e supervisionar a metodologia de aplicação dos testes, assim como supervisionar as atividades de planejamento e aprovar as operações necessárias. Já a Cerb e a Embasa vão desenvolver as atividades de planejamento e operacionalização dos testes, disponibilizando suporte técnico e laboratoriais. A expectativa da SIHS é realizar um mapeamento territorial em regiões dispersas, com a elaboração de um diagnóstico mais atual para uso da areia filtrante. “Dessa forma esperamos alcançar uma definição das melhores práticas voltadas ao processo de filtragem da água, minimizando custos e otimizando recursos humanos das empresas”, acrescentou o secretário.

Sanção presidencial garante apoio para o equilíbrio fiscal dos municípios

Segunda / 10.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

A renegociação das dívidas vem sendo tema de debates e reuniões recorrentes da Frente Nacional de Prefeitos

A presidente Dilma Rousseff sancionou o projeto de lei complementar (PLP) 37/2015, que colabora com o equilíbrio fiscal dos municípios brasileiros. Com essa aprovação presidencial a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) contabiliza uma importante vitória: a troca do indexador das dívidas dos municípios com a União. Aprovado no plenário da Câmara dos Deputados, no dia 30 de junho, e sancionado pela presidente Dilma Rousseff, o PLP em que consta a questão da renegociação das dívidas deve favorecer 180 municípios brasileiros, que enfrentam o cenário de pagar parcelas sem ver o saldo devedor diminuir.

De acordo com uma das emendas ao projeto, a União terá até o dia 31 de janeiro de 2016 para assinar com os municípios os aditivos contratuais. Após esse prazo, o devedor poderá recolher o montante devido com a aplicação do novo indexador. "Essa é uma pauta muito importante. Trabalhamos muito pela justiça na renegociação dessas dívidas. Esse avanço vai permitir que muitos municípios reequilibrem suas finanças. É uma medida que vai ao encontro do desejável equilíbrio fiscal e do equilíbrio federativo", comemorou o prefeito de Belo Horizonte (MG) e presidente da FNP, Marcio Lacerda.

A renegociação das dívidas vem sendo tema de debates e reuniões recorrentes da FNP. No dia 17 de junho, mais de 40 prefeitos trataram da pauta com os presidentes da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha e do Senado Federal, Renan Calheiros.

Rui vai visitar piores escolas da rede pública: 'É preciso transformar'

Segunda / 10.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

Nos bastidores, o governador Rui Costa pediu a imediata avaliação dos números pelos técnicos da Secretaria da Educação

De acordo com o resultado no Enem, divulgado pelo Inep, na Bahia, do total de 294 escolas que tiveram estudantes participando da prova, a maioria teve nota superior a 450, exigido para certificação. Nos bastidores, o governador Rui Costa pediu a imediata avaliação dos números pelos técnicos da Secretaria da Educação. Quer um relatório detalhado para analisar e, na quinta-feira (06), anunciou que pretende visitar as escolas que tiveram as melhores pontuações e as que mostraram resultado muito abaixo do esperado. “É um luta árdua e essas informações são importantes. Estamos trabalhando muito, buscando o envolvimento de toda a sociedade e tenho certeza de que com esse esforço vamos avançar mais”, disse Rui. "Educar para transformar. Um pacto pela educação. É o caminho para construirmos uma sociedade melhor", concluiu.

Deputado Luciano Ribeiro diz que Assembleia virou 'Casa homologatória'

Segunda / 10.08.2015

Por Giselle Quintão

Deputado conclamou os colegas do parlamento e, especialmente, a mesa diretora para agirem na mudança desta triste realidade

O deputado Luciano Ribeiro usou a tribuna para refutar o desprezo com que o governo do Estado vem tratando o poder legislativo nos processos de aprovação de projetos encaminhados à Assembleia Legislativa, sempre em regime de urgência, enquanto as proposições dos deputados não são sequer apreciadas, a exemplo da emenda constitucional com 49 assinaturas autorizando os deputados a terem iniciativas de projetos de lei. “Como o governador conta com a maioria dos deputados na casa, os projetos do executivo são aprovados sem o tempo suficiente para as devidas análises e discussões, sem nem passar pelas comissões. Lamentável. Um sentimento de desrespeito que fere a democracia”, destacou o deputado, que conclamou os colegas do parlamento e, especialmente, a mesa diretora para agirem na mudança desta triste realidade. Este chamado do deputado Luciano Ribeiro foi motivado pelo anúncio do Governador Rui Costa com relação à criação de um projeto de lei que vem disciplinar os consórcios municipais. “O governo, mais uma vez, apresenta um projeto que já chega aqui pronto e é imposto aos municípios da forma que é conveniente para o Estado, sem que o parlamento tenha a oportunidade de opinar”, critica Ribeiro, que é um municipalista convicto.

Rui apresenta programa Educar para Transformar ao ministro da Educação

Segunda / 10.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

O alinhamento entre iniciativas do Estado e do Ministério da Educação a partir de agora será estreitado (Foto: Camila Peres/ GOVBA)

Cumprindo agenda de trabalho em Brasílio, o governador Rui Costa esteve com o Ministro da Educação, Renato Janine, na última quinta-feira (06), oportunidade em que apresentou as diretrizes e metas do programa estadual Educar para Transformar – um Pacto pela Educação ao ministro, que parabenizou a Bahia pela iniciativa. Em busca de apoio, questões pendentes foram pontuadas. “Também apontamos a necessidade de apoio do ministério em várias áreas temáticas do programa: no ensino a distância, seja na formação de professores, na capacitação dos diretores, nos materiais didáticos”, solicitou Rui.

O alinhamento entre iniciativas do Estado e do Ministério da Educação a partir de agora será estreitado. O governador pediu o reforço entre as políticas públicas para “reforçar e integrar as ações do ministério com o programa Educar para Transformar”. Novas reuniões devem acontecer nos próximos meses. O ministro Renato Janine foi convidado a visitar a Bahia para conhecer, de perto, os desafios e o esforço feito para melhorar a qualidade da educação pública no estado.

Participaram da reunião os secretários estadual Manoel Mendonça (Ciência e Tecnologia) e Nelson Pelegrino (Turismo), o subsecretário da Educação, professor Aderbal de Castro, e o representante do Governo da Bahia, em Brasília, Jonas Paulo.

Aleluia vai ao Supremo Tribunal Federal contra vistorias veiculares anuais

Sábado / 08.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

Aleluia, que já alertara publicamente o governador Rui Costa sobre a ilegalidade da norma administrativa, está confiante no sucesso da medida judicial

O deputado federal José Carlos Aleluia, por meio do partido Democratas, deu entrada, nesta quinta-feira (06), no Supremo Tribunal Federal (STF), em uma ação de Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), com pedido de medida cautelar, para acabar com a obrigatoriedade das vistorias veiculares periódicas, determinadas inconstitucionalmente pela portaria nº 2045/2007 do Departamento Estadual de Trânsito do Estado da Bahia (Detran-BA). Aleluia, que já alertara publicamente o governador Rui Costa sobre a ilegalidade da norma administrativa, está confiante no sucesso da medida judicial. “Já existe entendimento no STF sobre a inconstitucionalidade das vistorias veiculares periódicas implantadas em outros estados”.

Segundo o deputado baiano, legislar sobre o trânsito é competência privativa da União. “Eu fui o presidente da comissão de implantação do Código de Trânsito Brasileiro e nele não estão previstas estas vistorias veiculares periódicas. Só há previsão de vistorias nos casos de transferência de propriedade, alteração de características dos veículos e mudança de domicílio intermunicipal ou interestadual”, assinala. Na Bahia, no entanto, de acordo com Aleluia, o Detran estadual insiste em exigir a realização ilegal das vistorias veiculares anuais sob cobrança de taxa, que recentemente sofreu um aumento absurdo, passando de R$ 35,10 para R$80. “Nós vamos acabar com essa escorcha eivada de ilegalidades. Já basta o sofrimento do povo baiano com a inflação e o desemprego, causados pelas barbeiragens administrativas do PT”.

Setor florestal deve aumentar em 15% o número de empregos na Bahia

Sexta / 07.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

A área de plantação deve ser ampliada em um prazo estimado de três anos

A Bahia é o quinto lugar no ranking dos estados brasileiros produtores de florestas, representando aproximadamente 10% da área total plantada no País, que atualmente é de sete milhões de hectares. Segundo a Associação Baiana de Empresas de Base Florestal (Abaf), o setor tem andando na contramão do cenário econômico nacional. Desde 2013, a entidade registra um crescimento anual de 6,5%, sempre em relação ao ano anterior. A expectativa até 2018 é o desenvolvimento acima desta média.

A área de plantação deve ser ampliada em um prazo estimado de três anos. Cerca de 300 mil hectares adicionais passa por um processo de plantio. Até 2018, o estado pode contar com um terreno produtivo de um milhão de hectares, o que deve aumentar em 15% o número de empregos. A importância é evidente. Somente o setor florestal baiano representa 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia, registrado em R$9,02 bilhões, e 14,9% das exportações do setor florestal brasileiro, que em 2014 atingiu a marca de US$ 1,67 bilhão.

“A produtividade da Bahia, devido ao clima, solo e sol que temos no Nordeste, faz um diferencial grande”, enfatiza o diretor-executivo da Abaf, Wilson Andrade, ressaltando ainda que a Bahia tem a maior produtividade do mundo em metros cúbicos por hectare ao ano. “O território baiano produz em média 45 metros cúbicos por hectare/ano, enquanto a média brasileira é 33 metros cúbicos por hectare/ano. A média dos países concorrentes do Brasil também é inferior - não passa de 25. A base florestal é um setor que não está sofrendo os efeitos da crise econômica”.

As 95 empresas de base florestal que atuam na Bahia são responsáveis por 300 mil empregos, entre diretos, indiretos e de efeito-renda.

Deputado Luciano Ribeiro apoia CPI de investigação das obras paralisadas na Bahia

Sexta / 07.08.2015

Por Giselle Quintão

'Não desistiremos, queremos uma resposta', afirmou Luciano Ribeiro

Na abertura dos trabalhos parlamentares na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Luciano Ribeiro reafirmou total apoio a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), apresentada pelo deputado Luciano Simões Filho, referente a fiscalização das obras inacabadas pelo governo do Estado. Segundo Ribeiro, com esta iniciativa a oposição vem exercer uma das importantes prerrogativas do legislativo: a de fiscalizar. “Não estamos aqui para acusar ninguém, mas, representamos o povo baiano e vamos dar um parecer sobre os atos praticados pelo Executivo. Não dá para entender um governo que às vésperas da eleição assina obras, termina o seu governo e não paga, descumprindo a lei de responsabilidade fiscal. Segundo o jornal A Tarde, do dia 02 de agosto, os repasses para os empreiteiros estão no caixa do governo. A oposição, embora pequena no número de parlamentares, é grande nos seus ideais e na sua independência, por isso apoia a CPI, representando o desejo do povo baiano. Não desistiremos, queremos uma resposta”, afirmou Luciano Ribeiro.

AGENDA PARA FISCALIZAR - Durante reunião realizada na última segunda-feira (03), primeiro dia de trabalho após o recesso parlamentar, a bancada de Oposição na Assembleia Legislativa montou uma agenda de fiscalização das obras prometidas desde o governo Jaques Wagner até às que foram anunciadas pelo governo de continuidade de Rui Costa. A agenda estabelecida pela oposição abrangerá cinco regiões e começará no dia 20 desse mês, nos municípios de Ilhéus e Itabuna onde várias obras prometidas pelos dois governos estão paralisadas ou sequer foram iniciadas.

Rui aposta em consórcios e policlínicas para melhorar saúde pública na Bahia

Sexta / 07.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

O programa ‘Digaí, Governador!’ é produzido pela Secom, veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação

O fortalecimento da saúde no Estado, com a implantação de policlínicas por meio de consórcios municipais, foi ressaltado pelo governador Rui Costa no programa Digaí, Governador! desta terça-feira (4). Os projetos serão enviados para aprovação na Assembleia Legislativa nos próximos dias. Rui disse que serão equipamentos novos para “levar até o cidadão a especialidade - o cardiologista, neurologista... - enfim, os serviços médicos e também os exames complexos que, muitas vezes, as pessoas só conseguem fazer em nossa capital”.

Também na edição, o governador enfatizou que vai enviar aos prefeitos e prefeitas projetos de lei municipal para a criação das policlínicas. “Tenho certeza que nós contaremos com o apoio dos vereadores de todas as cidades, e também com o apoio dos deputados estaduais na Assembleia. Nós já temos, inclusive, uma manifestação de apoio até dos deputados federais e senadores da Bahia. Eu já pedi emendas parlamentares”. Segundo ele, até agora, a previsão inicial é de 11 policlínicas, este ano, e a meta é chegar, ao final de quatro anos, com 27 policlínicas construídas na Bahia.

O programa ‘Digaí, Governador!’ é produzido pela Secom, veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível no site, pelo telefone 0800-071-7328 e no Blog Digaí, Governador!

Aplicativos do Governo da Bahia ampliam acesso à informação e serviços

Sexta / 07.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

O Hemoliga está disponível gratuitamente para smartphones e tablets com versões nos sistemas iOS e Android (Foto: Alberto Coutinho/GOVBA)

O Governo da Bahia está utilizando diversos aplicativos em áreas como trabalho, saúde e segurança pública, o que facilita o acesso à informação e serviços. Um dos exemplos é a ferramenta do SineBahia, serviço de intermediação profissional, lançada em novembro de 2014. Diariamente cerca de mil pessoas procuram o serviço nas 120 unidades distribuídas pelo estado. Desde a criação em janeiro de 2007, o SineBahia já encaminhou mais de um milhão de profissionais ao mercado de trabalho, e 460 mil tiveram o emprego garantido.

Disponível gratuitamente para Android, o APP oferece informações sobre vagas e a opção de fazer habilitação ao Seguro-Desemprego. O aplicativo, que também beneficia o trabalhador autônomo, facilita acesso a dados referentes ao SineBahia-Patra, ao Programa de Microcrédito do Estado da Bahia (CrediBahia) e ao conteúdo do portal do empreendedor individual.

Para as empresas, o APP possibilita disponibilizar vagas, enviar declaração para o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), verificar currículo de trabalhador e enviar demanda por cursos para qualificação profissional, detalha o gerente da Unidade Central do SineBahia, Helber Pacheco.    

HEMOLIGA - A Fundação Hemoba já dispõe de uma forma interativa para estimular doações de sangue, através do aplicativo Hemoliga. Por meio do programa, o usuário pode ficar informado em relação ao procedimento de doação e sobre o número de bolsas de sangue coletadas por dia - tudo em tempo real.  O Hemoliga está disponível gratuitamente para smartphones e tablets com versões nos sistemas iOS e Android. A Fundação Hemoba ressalta que um homem pode doar sangue quatro vezes ao ano, enquanto uma mulher apenas três.

DESAPARECIDOS - Para localizar pessoas desaparecidas, também já existe recurso mais rápido. Desde abril de 2014, a Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP) utiliza o Whatsapp, por meio do número 71 8643-4007, e uma página no Facebook para registrar ocorrências. Com os novos canais de comunicação, houve aumento de 30% na localização de pessoas de janeiro a junho deste ano, quando o índice é comparado ao mesmo período de 2014. 

Projeto de Aleluia que isenta trator de licenciamento vira lei

Quarta / 05.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

O deputado baiano avalia como uma vitória para o setor agrícola a dispensa do licenciamento e emplacamento

A presidente Dilma Rousseff sancionou as alterações ao Código Nacional de Trânsito, propostas pelo projeto de lei de conversão, de autoria do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA). Agora ficou explícito na legislação que tratores e máquinas agrícolas estão dispensados de licenciamento e emplacamento, estando sujeitos apenas ao registro sem ônus no Ministério da Agricultura.

A nova redação da lei é clara: “Os tratores e demais aparelhos automotores destinados a puxar ou a arrastar maquinaria agrícola ou a executar trabalhos agrícolas, desde que facultados a transitar em via pública, são sujeitos ao registro único, sem ônus, em cadastro específico do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, acessível aos componentes do Sistema Nacional de Trânsito”.

De qualquer maneira, o deputado baiano avalia como uma vitória para o setor agrícola a dispensa do licenciamento e emplacamento. “É a única atividade do país que continua em expansão, gerando empregos, nesta crise econômica causada pelas barbeiragens das gestões petistas. Não podíamos deixá-lo à mercê da sanha arrecadatória dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans), que não perdem a oportunidade de espoliar a população brasileira com taxas esdrúxulas e ilegais”.

Aleluia dá como exemplo dos abusos praticados pelos Detrans a cobrança das taxas de vistorias periódicas. “É um absurdo o que eles estão fazendo com o cidadão brasileiro que tanto vem sofrendo com a inflação e o desemprego. Os Detrans atropelam a Constituição Federal ao cobrar essas taxas ilegais. Mas nós do Democratas já estamos entrando com uma ação no Supremo Tribunal Federal para proibir essa ilegalidade”.

Especialista alerta para os 6 benefícios da amamentação para as mulheres

Segunda / 03.08.2015

Por Redação Sertão Hoje

Danielli Serra falou como a amamentação beneficia não somente a criança, mas também a mulher (Foto: reprodução/internet)

A amamentação é fundamental para todos os recém-nascidos, fonte de vitaminas e nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê, a sua alimentação deve ser feita exclusivamente com o leite materno até os seis meses e continuar, se possível, até os dois anos. Neste sábado, 1º de agosto, foi celebrado o Dia Mundial da Amamentação e a pediatra do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Danielli Serra falou como a amamentação beneficia não somente a criança, mas também a mulher, “O nascimento da criança pode gerar da mãe uma turbulência de sensações e sentimentos”, diz a pediatra.  Veja os benefícios listados pela médica:

1) A sucção do leite estimula a produção da ocitocina hormônio, que leva a contração uterina e com isso o menor risco de sangramentos e consequente menor risco de anemia materna;

2) O vinculo materno se cria no toque da pele do bebê com a mãe. Ele causa uma sensação de bem-estar, realização e importância na mulher.

3) Nos casos de diabetes gestacional, há estudos em que comprovam que o risco das mulheres desenvolverem diabetes após a gestação diminui quando estão amamentando, pois isso restaura a tolerância do corpo a insulina.

4) Pesquisas também dizem que a amamentação reduz a probabilidade do mal de Alzheimer, pois normaliza a tolerância à insulina, e há indícios de que a resistência das células cerebrais a insulina pode ser uma das causas do mal.

5) Amamentar por mais de um ano, reduz as chances de doenças cardiovasculares após a menopausa.

6) Quando o bebê suga o leito do peito materno faz com que aumente os níveis de prolactina, hormônio responsável pela produção do leite que também inibe a ovulação e diminuindo a chance de engravidar enquanto amamenta.