Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "jacaraci"

Rui Costa solicita mais recursos para expandir internet banda larga na educação e na saúde

Quinta / 23.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

O governador apresentou os projetos necessários na área de ciência e tecnologia que precisam do apoio do Governo Federal (Foto: Augusto Coelho/Ascom MCTI)

Alavancar a rede de internet banda larga na Bahia, sobretudo nas áreas da educação e da saúde no interior do estado, onde a internet em alta velocidade é precária, e apresentar o projeto de expansão do Parque Tecnológico foram os dois principais assuntos tratados pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (22) à tarde, em Brasília, com o ministro da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo.

O governador apresentou, durante a reunião com o ministro, os projetos necessários para a Bahia na área de ciência e tecnologia que precisam do apoio do Governo Federal. Rui destacou a necessidade de ampliar a rede de banda larga no estado para atender tanto as universidades federais e estaduais, aos Institutos Federais de Educação, à rede estadual de educação como também viabilizar a implantação da telemedicina na Bahia.

“Nós estamos montando centrais de diagnóstico por imagem e precisamos urgentemente implantar e consolidar uma rede de alta velocidade que possa transmitir imagens e dados seja para o ensino acadêmico, seja para viabilizar o atendimento à saúde das pessoas”, explicou Rui. Durante a reunião, o governador disse que a faixa litorânea do estado é relativamente bem servida de internet, onde o desenvolvimento ocorreu com maior força. “Na medida em que se caminha para o interior, para o miolo do estado e para o oeste, temos enormes vazios nesta área”, justificou.

Com uma agenda repleta de compromissos durante todo o dia, o governador Rui Costa esteve, pela manhã, com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, para tratar do combate ao mosquito Aedes Aegypti na Bahia. Ainda pela manhã, Rui se reuniu com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, para falar da liberação de mais recursos para obras de contenção de encostas na capital baiana.

Governo da Bahia define Segurança Hídrica como diretriz do PPA 2016-2019

Sábado / 18.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

A Segurança Hídrica é a 15ª diretriz do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 do Governo Estadual. A informação foi publicada no Diário Oficial da última quinta (16) e aponta para o fortalecimento e relevância do tema no âmbito da gestão estratégica do estado. Com isso o PPA baiano segue o modelo do Plano Federal, que tem este segmento em sua 13ª matriz. A inclusão da Segurança Hídrica como diretriz do PPA na Bahia vai possibilitar um melhor acompanhamento das políticas públicas do setor e facilitar a tomada de decisões.

Para o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, a inclusão da segurança hídrica como diretriz do PPA é uma oportunidade para ampliar o debate e permitir a construção de uma nova realidade coletiva. “Acredito que as discussões com a sociedade baiana e as demais esferas públicas estaduais proporcionarão respostas mais positiva às necessidades da população”, enfatizou Peixoto, ressaltando que o Programa de Governo Participativo (PGP), documento elaborado a partir da escuta social, também abriga o tema em seu conteúdo.

“Temos a convicção de que a Bahia, agora ainda mais alinhada com a política de desenvolvimento nacional, só tem a ganhar, oferecendo mais oportunidades de crescimento para os baianos”, comemorou. Para o secretário, a inclusão desta 15ª diretriz é resultado de diálogo interno, compreensão dos principais instrumentos de gestão do estado e visão estratégica por parte do governo.

Reunião discute ações para fortalecimento dos consórcios públicos na Bahia

Sábado / 18.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

O secretário da SDR afirmou que a intenção é potencializar a captação de recursos e as ações, conjugando Consórcios, Governo Federal e Governo do estado

Com o objetivo de estreitar a relação entre a Federação dos Consórcios Públicos da Bahia, foi realizada uma reunião, nesta sexta-feira (17), no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo. O evento contou com a participação do Secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues; do diretor de Planejamento Territorial da Seplan, Thiago Xavier; e do delegado da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SDT/MDA), Welliton Rezende Hassegawa.   

 De acordo com Jerônimo, o encontro é uma possibilidade concreta de articular recursos. “A SDT/MDA tem recursos do PROINF que é um programa de investimento para infraestrutura dos territórios. Então queremos articular uma ação conjugada entre os colegiados e consórcios”. O secretário da SDR afirmou que a intenção é potencializar a captação de recursos e as ações, conjugando colegiado territorial, Consórcio, Governo Federal e Governo do estado.

 Para Humberto Oliveira, falou sobre a história da política territorial brasileira e destacou os principais avanços. “Reconhecemos os 27 Territórios de Identidade da Bahia e o estado baiano é referência na política de desenvolvimento territorial”. Humberto falou ainda que a Secretaria Nacional de Desenvolvimento Territorial quer ampliar o relacionamento com os consórcios públicos e lembrou que a instituição está recebendo projetos de desenvolvimento sustentável. “Projetos apresentados por consórcio público também têm bônus, de R$ 100 mil. Neste ano, o Programa de Apoio a Projetos de Infraestrutura e Serviços nos Territórios Rurais (Proinf) tem foco na comercialização de produtos, no fomento à produção da agricultura familiar e agroecologia, e nos Serviços de Inspeção Sanitária”.

Mostra de Dança de Lençóis oferece 30 atrações gratuitas

Sábado / 18.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

A 4ª edição do evento acontece de 21 a 26/07, com apresentações, oficinas e encontros envolvendo agentes da dança (Foto: Andréia Magnoni)

A cidade de Lençóis sedia, de 21 a 26/07, a 4ª edição da sua Mostra de Dança, projeto que reúne dançarinos profissionais e amadores além de realizar oficinas gratuitas. Nesta edição, cerca de 30 apresentações artísticas – divididas em solos, duetos, trios e grupos – estão programadas para acontecer gratuitamente, sempre à noite, nos bairros periféricos Tomba e Alto da Estrela, além da Praça Horácio de Matos. A Mostra de Dança de Lençóis é uma realização da academia de dança MM Espaço do Corpo e tem apoio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada à Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), através do Edital Setorial de Dança 2014, financiado pelo Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA). 

As oficinas são de Criação Coreográfica (instrutora Fátima Suarez), Dança Afro Moderna (instrutor Paco Gomes), Dança Contemporânea Popular Brasileira (instrutor Tutto Gomes) e Dança de Rua (instrutora Simone Gonçalves). Interessados podem se inscrever no site oficial da Mostra: www.dancalencois.com.br. São oficinas introdutórias, conduzidas por profissionais especializados, que propõem sensibilizar e estimular a comunidade local para uma prática da dança diferenciada. A proposta é oportunizar e democratizar o acesso à arte na região.

Polícia Técnica da Bahia recebe mais três equipamentos de última geração

Sábado / 18.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

As provas geradas pelo Ibis instruem inquéritos policiais, que são usados pelo MP nas ações penais (Fotos: Raul Golinelli/GOVBA)

Em todo o Brasil, apenas três estados, entre eles a Bahia, possuem a tecnologia do Ibis Trax 3 D, equipamento fabricado no Canadá que analisa as imagens de munição utilizada em crimes e organiza as informações em banco de dados. Isso torna possível descobrir se uma arma usada na prática de algum crime foi utilizada em outras ocorrências. Com três equipamentos funcionando desde 2007, outros três foram adquiridos e estão sendo instalados na Coordenação de Balística Forense, do Departamento de Polícia Técnica (DPT) da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP). A munição de vários calibres e armas, como escopetas, metralhadoras, revólveres 38 e .40 é examinada pelos peritos, que fazem a imagem em 3D de cada uma delas. Toda arma deixa uma espécie de ‘impressão digital’ na munição - é aí que entra o uso do Ibis. Segundo a perita Margareth Tristão, da Coordenação de Balística Forense, “um delegado encaminha uma arma ou munição e o Ibis correlaciona outros casos ocorridos com a mesma arma e registrados no banco de dados. O Ibis já fez mais de 1,2 mil correlações. A mais famosa é a da chacina de Mussurunga, em Salvador, em que a arma foi relacionada a outras dez vítimas por meio do equipamento”.

As provas geradas pelo Ibis instruem inquéritos policiais, os quais, posteriormente, são utilizados como base para que o Ministério Público ingresse com ações penais no Poder Judiciário. Promotores e procuradores do Ministério Público do Estado participaram, nesta sexta-feira (17), de um workshop, promovido em parceria com o DPT, e puderam conhecer melhor o funcionamento do órgão e do equipamento. A aplicação de tecnologias na produção de provas oferece mais segurança para que promotores e magistrados possam realizar o seu trabalho, de acordo com o coordenador de Crimes Cibernéticos do Ministério Público da Bahia, Fabrício Rabelo Patury.

Guanambi, Caetité e região: Coelba comunica interrupção programada da rede elétrica

Sábado / 18.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

16 municípios serão afetados pelo desligamento programado de energia. Veja a relação completa no corpo da matéria

Em contato com a redação do Site Sertão Hoje, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), através da seu Departamento de comunicação social, comunica a todos os moradores de Candiba que, por solicitação da CHESF, o fornecimento de energia elétrica será temporariamente interrompido no domingo, dia 19 de julho, das 5h45 às 8h12 da manhã, nos municípios de Candiba, Igaporã, Iuiu, Jacaraci, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Sebastião Laranjeiras, Urandi, Caetité, Riacho de Santana Guanambi, Mutans, Carinhanha e Feira da Mata. A suspensão do fornecimento de energia será necessária para que técnicos da CHESF possam realizar, com segurança, serviços de manutenção na subestação que atende a estas localidades. ‘Para sua segurança, reparos nas instalações ou em equipamentos elétricos internos devem ser feitos com a chave geral desligada e os aparelhos retirados das tomadas, mesmo durante o período de interrupção do fornecimento de energia’, destaca a nota encaminhada.

Governo da Bahia amplia ações para atender mulheres empreendedoras

Sábado / 18.07.2015

Por Maísa Carvalho

A assinatura aconteceu na sede do Sebrae-BA, em Salvador

Realizar ações de fomento ao empreendedorismo liderado por mulheres e por negros, com intuito de promover igualdade de oportunidades. Esse é o principal objetivo do protocolo de intenções, que foi assinado no último dia 17, entre a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), o Serviço de Apoio às micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia (Sebrae-BA) e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI). A assinatura aconteceu na sede do Sebrae-BA, em Salvador, e contou com as presenças da secretária da SPM-BA, Olívia Santana, do superintendente do Sebrae-BA, Adhvan Furtado, e da secretária da SEPROMI, Vera Lúcia. Durante o ato, a gestora Olívia Santana destacou a importância do termo de cooperação para a promoção do empoderamento das mulheres da Bahia. "Através do termo de cooperação, todo o suporte técnico e institucional será realizado para ampliar a formalização e o desenvolvimento de novas empreendedoras que, como consequência, expandirá a geração de emprego e renda, e o fortalecimento de políticas de promoção de igualdade de gênero", ressaltou Olívia Santana.

Novas regras de isenção de IPVA já beneficiaram mais de 800 portadores de deficiência na Bahia

Sexta / 17.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

Antes, a isenção do IPVA era concedida apenas ao condutor de veículo adaptado para portador de deficiência física

A isenção do Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) já foi obtida por 832 contribuintes após a ampliação do benefício para os portadores de deficiência física, visual, mental e autismo, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba). As novas regras permitem que o portador de deficiência se torne beneficiário sem que necessariamente seja o condutor do veículo, podendo indicar até três condutores.

Com a ampliação, pessoas que não podem dirigir, mas necessitam do automóvel para facilitar sua locomoção, também passaram a ter direito ao benefício. Antes, a isenção do IPVA era concedida apenas ao condutor de veículo adaptado para portador de deficiência física, visando diminuir os custos de quem precisasse adequar seu carro. Ao todo, considerando os benefícios concedidos antes da nova regra, 5.629 contribuintes do IPVA estão isentos na Bahia, em um universo de 1.752.756 veículos tributáveis.

Como solicitar - A documentação necessária para solicitar o benefício é a mesma prevista pelo convênio 38/2012 do ICMS, que concede a isenção na compra de veículos destinados a pessoas portadoras de deficiência física, visual, mental e autismo. Para requerer o benefício, é necessário dirigir-se a um posto de atendimento da Secretaria da Fazenda, apresentando um laudo de avaliação emitido por um serviço de saúde que integre o Sistema Único de Saúde (SUS), que possa atestar a condição de deficiência, além dos seguintes documentos: comprovação de disponibilidade financeira ou patrimonial do portador de deficiência ou de seu representante legal; cópia autenticada da Carteira Nacional de Habilitação, quando tratar-se de deficiência física, na qual constem as restrições referentes ao condutor e as adaptações necessárias ao veículo; comprovante de residência. Caso o beneficiário não seja o motorista do veículo para o qual deseje isenção do IPVA, também deve indicar quem serão os condutores, apresentando a cópia da Carteira Nacional de Habilitação de cada um deles. Mais informações podem ser obtidas através do Call Center 0800 0710071.

TRT 5ª Região divulga 60 vagas para seleção pública para estagiário de nível médio

Sexta / 17.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

O estagiário de Nível Médio fará jus à bolsa de estágio mensal, além de um seguro de acidentes pessoais e auxílio transporte

O Instituto AOCP divulgou no site www.institutoaocp.org.br edital de seleção pública para estagiário de nível médio. O edital oferta 60 vagas, sendo para o PERÍODO MANHÃ ofertadas 37 vagas para ampla concorrência e 4 vagas para PCD. Para o PERÍODO TARDE estão abertas 17 vagas para ampla concorrência e 2 vagas para PCD. A taxa de inscrição é de R$ 10,00. O estagiário de Nível Médio fará jus à bolsa de estágio mensal, no valor de R$ 500,00 (quinhentos) reais, além de um seguro de acidentes pessoais e auxílio transporte. As inscrições serão realizadas no site www.institutoaocp.org.br até o dia 31/07/2015. A Prova será aplicada na cidade de Salvador, Estado da Bahia, na data provável de 23/08/2015 (em horário e local a ser informado através de edital disponibilizado no endereço eletrônico www.institutoaocp.org.br).

Renovação de convênio garante R$ 56 milhões para cultura baiana

Sexta / 17.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

Na ocasião, Rui afirmou que o Fundo de Cultura financiava ações de Estado (Fotos: Manu Dias/GOVBA)

Para dar continuidade ao fomento de projetos artísticos e culturais baianos, principalmente os que têm dificuldade de receber apoio da iniciativa privada, foi assinado na noite desta terça-feira (14), no Palácio Rio Branco em Salvador, a renovação do Convênio de Manutenção do Fundo de Cultura do Estado da Bahia (FCBA), garantindo R$ 56 milhões para o segmento cultural. Apresentações culturais deram o tom ao evento, em que o governador Rui Costa esteve presente, juntamente com os secretários estaduais Jorge Portugal (Cultura) e Manoel Vitorino (Fazenda). Também compareceram os diretores das empresas Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), do Grupo Neoenergia, e a empresa de telecomunicações Oi, do grupo Telemar, que formalizaram a parceria. Na ocasião, Rui afirmou que o Fundo de Cultura financiava ações de Estado. “A partir de 2007, isso mudou. O fundo não financia mais ações governamentais na área cultural, mas sim projetos da sociedade civil”. Ele também disse que, para melhorar os índices de segurança pública, “mais do que investir em construção de presídios, é fundamental investir em projetos culturais e educacionais”.

Bahia luta obter reconhecimento internacional de zona livre da Peste Suína

Quarta / 15.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

As ações visando alcançar esse reconhecimento estão sendo desenvolvidas pela Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri)

Detentora desde 2011 do status de livre da Peste Suína Clássica (PSC), conferido pelo Ministério da Agricultura (Mapa), a Bahia busca o reconhecimento internacional dessa condição junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) com sede em Paris. As ações visando alcançar esse reconhecimento estão sendo desenvolvidas pela Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), através de sua Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). O objetivo, conforme destaca o diretor de Defesa Animal da Adab, Rui Leal, é conquistar novos mercados para a exportação de carne suína. As normas elaboradas pela OIE, referências mundial para sanidade animal e zoonoses, são reconhecidas pela Organização Mundial do Comércio (OMC).  Buscando reforços para conseguir o reconhecimento internacional de Livre da Peste Suína Clássica para o Estado, a Adab recorreu aos maiores representantes do setor produtivo, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), a Federação da Agricultura do Estado da Bahia (Faeb) e ao Fundo Apoio à Agropecuária (Fundap), para reforçar as ações de defesa no Estado, que juntamente com Sergipe, Tocantins e Mato Grosso, tem importância nacional, pois dará proteção a outros 14 estados que juntos estão pleiteando o reconhecimento. Em reunião com os diretores da Adab, durante a qual Rui Leal apresentou o projeto elaborado com as ações de defesa sanitária animal para o reconhecimento da OIE, o presidente da CNA e da Faeb, João Martins, afirmou dedicar todo o apoio à sanidade suídea, destacando a importância do trabalho que está sendo realizado pela Adab. Os representantes do Fundap e do Sindicato da Indústria de Carnes do Estado da Bahia (Sincar), também confirmaram o apoio do setor às ações de defesa da Adab no Estado.

Conab vai comprar farinha e fécula de mandioca para garantir preço mínimo

Quarta / 15.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

Produtores rurais ou cooperativas de agricultores interessados em vender seu produto devem procurar a superintendência da Conab no seu estado

Produtores de farinha e fécula de mandioca já podem  vender seus produtos para o governo federal. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) foi autorizada a comprar até 40 mil toneladas de farinha e fécula nos estados em que a cotação de mercado esteja abaixo do preço mínimo. A compra será realizada por meio da Aquisição do Governo Federal (AGF) e tem por objetivo garantir aos produtores rurais o nível de rentabilidade dado pelo preço mínimo, evitando que tenham que comercializar sua produção a preços que inviabilizem a atividade econômica. Produtores rurais ou cooperativas de agricultores interessados em vender seu produto devem procurar a superintendência da Conab no seu estado. Poderão ser adquiridas 105 toneladas de farinha e 90 de fécula por produtor. A compra só será finalizada se o produto atender aos padrões exigidos. A operação foi aprovada pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep), composto pelos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), da Fazenda e do Desenvolvimento Agrário e a Casa Civil, motivada pela queda no preço da farinha e da fécula de mandioca. Em razão da seca no Nordeste, os produtores nos demais estados aumentaram a produção para abastecer o mercado e, agora, com a recuperação da região nordestina, houve um excesso de oferta, levando à redução dos preços.

Rui Costa busca recursos federais e convoca prefeitos para luta contra Dengue

Segunda / 13.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

Na semana passada, o governador esteve reunido com o secretário da Saúde, Fábio Villas Boas e com o subsecretário, Roberto Badaró.

O governador Rui Costa solicita nesta segunda (13) uma audiência com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a fim de garantir recursos para intensificar o combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti, que é o responsável por transmitir doenças como dengue, chikungunya e zika. Na semana passada, o governador esteve reunido com o secretário da Saúde, Fábio Villas Boas e com o subsecretário, Roberto Badaró. Também será agendada uma reunião com os prefeitos das cidades de Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Lauro de Freitas, Serrinha, Araci, Baixa Grande, Castro Alves, Conceição do Jacuípe, Valente, Pintadas e Várzea do Poço, pois são os municípios que concentram as notificações da tríplice epidemia.

Desde o início do ano o Governo do Estado tem auxiliado os municípios com o treinamento dos agentes de endemia, apoio financeiro, além da aquisição e distribuição de insumos para eliminar os criadouros do mosquito. A partir desta semana serão intensificadas as ações de mobilização, sobretudo, com o envolvimento dos prefeitos e da sociedade. Entre 1º janeiro e 6 de julho deste ano foram notificados 45.538 casos de dengue, 8.906 casos de chikungunya e 32.873 casos de Zika na Bahia. As iniciativas visam ampliar o engajamento de todos, pois a única forma de evitar essas três doenças é com o combate do mosquito, por meio da eliminação dos criadouros do mosquito nas casas, no trabalho e nas áreas públicas. É importante que ao identificar possíveis criadouros do mosquito Aedes Aegypti notifique a Vigilância do seu município para que os agentes de endemia visitem o local.

Rui sanciona lei que pode reforçar cofres do Estado em até R$ 1,1 bilhão

Segunda / 13.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

A nova lei, aprovada na Assembleia Legislativa, foi sancionada pelo governador Rui Costa (Foto: Mateus Pereira/ Arquivo GOVBA).

Os cofres do Governo da Bahia vão receber um reforço de até R$ 1,1 bilhão. O valor é parte dos depósitos judiciais e extrajudiciais que estavam bloqueados no Banco do Brasil por decisão judicial. Com a aprovação do projeto de lei complementar 122, de iniciativa conjunta do Governo do Estado e do Tribunal de Justiça, os recursos serão utilizados para o enfrentamento dos principais desafios para as finanças estaduais em 2015: a capitalização do Fundo de Previdência Social dos Servidores Públicos do Estado da Bahia (Funprev) e o pagamento de precatórios.

A nova lei, aprovada na Assembleia Legislativa na última terça-feira (7), foi sancionada pelo governador Rui Costa, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10). Ela prevê a utilização de até 50% dos depósitos judiciais e extrajudiciais, que hoje somam cerca de R$ 2,2 bilhões. O procurador geral do Estado da Bahia, Paulo Moreno, ressalta a finalidade social da iniciativa. “Os valores referentes a depósitos judiciais estão hoje à disposição dos bancos, sem qualquer finalidade pública”, observa.

A utilização dos depósitos judiciais para pagamento dos precatórios é objeto de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, lembra o procurador geral. Além disso, medidas similares estão em curso no Rio de Janeiro e em Minas Gerais, também frutos de articulação entre os respectivos governos e tribunais de Justiça. Em Minas, projeto similar ao da Bahia foi aprovado nesta quarta (8), em primeiro turno.

No caso da Bahia, além dos precatórios, a nova lei permitirá ao Estado atenuar o impacto do déficit da previdência, que este ano deve atingir a cifra de R$ 2,5 bilhões. O déficit corresponde ao montante que precisa ser complementado com recursos do Tesouro Estadual para pagamento da folha de aposentadorias e pensões, tendo em vista a insuficiência dos recursos arrecadados pelas contribuições obrigatórias dos servidores e do próprio Estado (patronal).

Infraestrutura em saúde possibilita novos cursos de medicina na Bahia

Segunda / 13.07.2015

Por Redação Sertão Hoje

A informação foi divulgada pelos ministros da Educação, Renato Janine Ribeiro, e da Saúde, Arthur Chioro, nesta sexta (10).

Seis municípios baianos receberam autorização do governo federal para a abertura de 375 vagas em novos cursos de medicina. Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina e Juazeiro atenderam a uma série de requisitos, como estrutura adequada de serviços, ações e programas de saúde. A informação foi divulgada pelos ministros da Educação, Renato Janine Ribeiro, e da Saúde, Arthur Chioro, nesta sexta (10).

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas, os municípios foram selecionados por meio de editais de chamamento público de ampla concorrência. “Havia uma série de critérios relacionados à infraestrutura de saúde, tecnológica e urbana para que essas cidades pudessem assumir esses novos cursos de medicina e também em relação ao número de médicos em cada região. Com base nisso, várias cidades do país foram candidatas e seis na Bahia foram contempladas”.

Além da necessidade social do curso e da estrutura da rede de saúde, o Ministério da Educação levou em conta a capacidade dos municípios para abertura de programa de residência médica. Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina e Juazeiro tiveram que comprovar a existência de pelo menos cinco leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) por aluno e de equipes de atenção básica que comportem três estudantes, além da presença de leitos de emergência ou pronto-socorro e hospitais de ensino com mais de 100 leitos.

As cidades contempladas possuem 70 mil habitantes ou mais, não têm faculdade na área e não são capitais de estado, o que contribui para a interiorização do ensino médico. Para o secretário, outro ganho proporcionado pela criação dos cursos é a movimentação econômica. “A população vai ter cursos de medicina que irão impactar na melhoria da qualidade da assistência prestada em cada cidade, além de que vai ter um fluxo de estudantes de medicina e professores que movimentará a economia dessas cidades”.