Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "candiba"

Estado realiza concurso da PM e Corpo de Bombeiros em agosto

Sexta / 28.07.2017

Por Redação Sertão Hoje

As provas serão realizadas em Salvador e mais doze municípios do interior, de acordo com o cargo para qual o candidato se inscreveu.

Serão realizadas no dia 6 de agosto as provas objetiva e discursiva do concurso público para ingresso na Polícia Militar da Bahia e no Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A informação consta no edital de convocação para a primeira e segunda etapa do certame, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (28). As provas serão realizadas em Salvador e mais doze municípios do interior, de acordo com o cargo para qual o candidato se inscreveu. 

Segundo o edital, os candidatos que concorrem a uma das duas mil vagas para a Polícia Militar realizarão provas em Salvador, Juazeiro, Feira de Santana, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba. Já aqueles que se inscreveram com interesse em uma das 750 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar realizarão provas em Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Jequié, Juazeiro, Itaberaba, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus, Barreiras e Teixeira de Freitas. Ao todo foram realizadas 141.878 inscrições no certame, sendo 18.066 para o Corpo de Bombeiros e 123.812 para a Polícia Militar. Este é o maior concurso já realizado pelo Estado na área de segurança, sendo o primeiro para o Corpo de Bombeiros após reformulação no comando e dissociação da Polícia Militar. Elaborado conjuntamente pela Saeb e pelos Comandos Gerais, seu edital foi publicado dia 10 de maio e terá validade de um ano, prorrogável por igual período. Mais informações no Portal do Servidor.

Eures Ribeiro representou as instituições de estados do Nordeste no 4º Congresso Pernambucano de Municípios

Sexta / 28.07.2017

Por Redação Sertão Hoje

: O Congresso contou com autoridades em temas especializados e painéis com assuntos e experiências aos atuais desafios e demandas dos municípios brasileiros.

O congresso encerrado nessa quinta-feira, 27 de julho, no Centro de Convenções, em Olinda, foi realizado pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), com o tema “A Cidade que precisamos”. A programação envolveu diversas atividades, presença de autoridades em temas especializados e painéis com assuntos e experiências pertinentes aos atuais desafios e demandas dos municípios brasileiros.

“Está difícil até sonhar. E o que dirá governar os nossos municípios com tranquilidade. É um momento de crise política, econômica e que a sociedade brasileira está desacreditada. Um momento muito ruim para nós, prefeitos, e não podemos esconder a nossa insatisfação. É difícil governar sem saber se vamos acordar amanhã com o mesmo presidente da república, se a nossa arrecadação vai cair corretamente, se o nosso Fundo de Participação dos Municípios (FPM) vai diminuir ou se a repatriação vai entrar”, discursou Eures Ribeiro, prefeito de Bom Jesus da Lapa e da União dos Municípios da Bahia (UPB).

Estiveram presentes na abertura do congresso o Ministro das Cidades, Bruno Araujo, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, o deputado federal João Campos, o presidente da Amupe e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, representantes de outras associações estaduais do Nordeste, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco (CAU), da Confederação Nacional de Municípios (CNM), além de deputados estaduais e outros federais. Eures está acompanhado da equipe técnica da União dos Municípios da Bahia. Este ano, em paralelo ao congresso, a Amupe em conjunto com o CAU está realizando o Fórum Mais Cidades Sustentáveis.

Governo prorroga edital para contratar estudos de modelagem econômica para Fiol

Sexta / 28.07.2017

Por Bahia Notícias

O material da vencedora será apresentado ao Ministério dos Transportes e avaliado pelo Governo Federal, para permitir a concessão. (Foto: Elói Correia / GOVBA)

Com a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) sendo parte do pacote da primeira leva de leilões do Programa de Parceria de Investimentos (PPI) do governo federal, o governo do Estado decidiu se mobilizar para viabilizar a retomada das obras do trecho Ilhéus-Caetité. Segundo informações da Casa Civil, entre as medidas, a Bahiainveste publicou nesta quinta-feira (27) a prorrogação do edital de licitação para contratação de empresa que realizará estudos de modelagem econômico-financeira da Fiol. O material produzido pela vencedora do certame será apresentado ao Ministério dos Transportes e avaliado pelo Governo Federal, para permitir que a concessão seja realizada. O processo licitatório foi lançado no último dia 5 e foi estendido até o dia 8 de agosto. Os interessados podem adquirir o edital e seus anexos pelo portal da Secretaria de desenvolvimento Econômico (clique aqui) ou no antigo prédio da Desenbahia, na Avenida Tancredo Neves, nº 776, Bloco B, Caminho das Árvores, sempre das 08h30 às 12h e das 14h às 17h. Nesta quarta-feira (27), o governador Rui Costa se reuniu em Brasília com investidores chineses e representantes das empresas CREC10, CREC4, CREC2, ERG, CCCC, Concremat Engenharia, China Minmetals e Bamin. Fonte: Bahia Notícias.

Jaques Wagner nega rumores de que vai assumir Serin

Sexta / 28.07.2017

Por Bahia Notícias

Em entrevista dado por meio de sua página no Facebook, o ex-governador baiano afirmou que não há hipótese de isto acontecer. (Foto: Antônio Cruz / Agência Brasil)

O secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, negou nesta quinta-feira (27) os rumores de que pode assumir a Secretaria de Relações Institucionais (Serin) nas mudanças no secretariado prometidas pelo governador Rui Costa. Em entrevista dado por meio de sua página no Facebook, o ex-governador baiano afirmou que não há hipótese de isto acontecer. “Antes de eu vir pra Secretaria de Desenvolvimento Econômico, isso foi discutido, e eu e Rui compreendemos que não era a melhor posição para eu estar. As relações institucionais são desgastantes. São muitos pedidos, não tem como atender todos”, declarou. O atual titular da pasta, Josias Gomes, recebe duras críticas de deputados da base aliada pelo tratamento dispensado a eles. Conhecido pela habilidade na articulação política, Wagner é visto como um bom nome para assumir as funções de Josias. “Como eu tenho a marca de ser um homem de diálogo, da conversa. As pessoas ficam falando isso. É uma característica minha de ser muito aberto ao diálogo. Mas Josias cumpre seu papel. Há um desgaste natural pela posição. Cabe ao governador Rui analisar e saber se acha que deve mudar ou não, mas realmente a hipótese de eu ir para lá não tem”, assegurou. Fonte: Bahia Notícias.

SAEB converte mais 48 veículos do Estado para Gás Natural Veicular (GNV)

Quinta / 27.07.2017

Por Redação Sertão Hoje

O convênio prevê um investimento da Bahiagás de R$ 800 mil para fazer as conversões dos veículos. Já o Estado não terá custos com a instalação.

Com previsão de conclusão dos trabalhos até o mês de setembro de 2017, mais 48 carros do Estado serão adaptados para utilização de Gás Natural Veicular (GNV). Somados aos 92 que já estão com os kits GNV devidamente instalados, o número total chega a 140 veículos transformados para GNV. A ação é fruto de um convênio da Secretaria da Administração (Saeb) com a Bahiagás. Os automóveis que já estão rodando nas ruas geram uma economia de, aproximadamente, 50% no custo do combustível, em comparação com o consumo de gasolina. Outra vantagem do projeto é a redução da emissão de monóxido e dióxido de carbono no meio ambiente, diminuindo os índices de poluição do ar. O convênio prevê um investimento da Bahiagás de R$ 800 mil para fazer as conversões dos veículos. Já o Estado não terá custos com a instalação.

O contrato contempla 15 órgãos públicos estaduais, pertencentes à administração direta e indireta do poder executivo. Entre as entidades beneficiadas estão as secretarias da Administração, Saúde, Segurança Pública, Educação, Trabalho, Desenvolvimento Econômico, Administração Penitenciária, Relações Institucionais, Justiça e Direitos Humanos, Desenvolvimento Urbano, Agricultura e Meio Ambiente. Órgãos como Procuradoria Geral do Estado (PGE), Detran e a Agência Reguladora de Saneamento Básico da Bahia (Agersa) também vão ter carros de suas frotas transformados. O projeto é vantajoso para todas as partes envolvidas. A Bahiagás financia a conversão dos veículos como parte de sua estratégia mercadológica de fomentar o uso de Gás Natural na Bahia. O Estado diminui seus gastos com combustível e implanta os kits sem aportar recursos. E a população também ganha com a redução da emissão de poluentes no meio ambiente.

A conversão para GNV é feita em veículos leves, movidos à gasolina/álcool, a exemplo de Ecosport, Fiesta, Palio e Sandero. O custo médio para a instalação de um kit de gás natural foi estimado em R$ 5,7 mil. Os veículos que vão ser modificados pertencem à frota própria do Estado, que possui 4.679 unidades. 

Agricultores do Nordeste podem renegociar mais de um milhão de operações rurais do FNE

Quinta / 27.07.2017

Por Redação Sertão Hoje

O objetivo é minimizar os impactos na produção e renda de agricultores em regiões atingidas por seca ou estiagem.

Produtores com empréstimos para atividades rurais contratados entre 1º de janeiro de 2012 e 31 de dezembro de 2016 poderão renegociar seus débitos. A medida autorizada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) contempla agricultores na área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), órgão vinculado ao Ministério da Integração Nacional. Mais de um milhão de operações de crédito realizadas pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) se enquadram nas condições. O objetivo é minimizar os impactos na produção e renda de agricultores em regiões atingidas por seca ou estiagem.

A iniciativa é complementar à Lei 13.340, regulamentada no final do ano passado para permitir - com descontos - a quitação ou renegociação de dívidas rurais contraídas até dezembro de 2011, nas regiões Norte e Nordeste. O benefício autorizado agora estende até dezembro de 2016 o período de contratação dos financiamentos para produtores na região Nordeste e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os interessados têm até 29 de dezembro deste ano para manifestar o interesse de renegociar seus débitos. Para isso, devem procurar a agência bancária onde o empréstimo foi contratado.

 A medida estabelece prazo de pagamento para até 2030, com a primeira parcela somente em 2021. Os encargos financeiros serão os mesmos da ocasião em que o contrato foi celebrado e os agricultores devem residir em municípios que tenham obtido reconhecimento federal de situação de emergência, seja em decorrência de seca ou estiagem. Em toda a área de atuação da Sudene, mais de 70,4 mil produtores rurais já recorreram aos benefícios garantidos pela Lei 13.340, que oferece condições facilitadas para que produtores possam liquidar ou renegociar suas dívidas rurais. 

Rui Costa se reúne com chineses em Brasília

Quinta / 27.07.2017

Por Secom/BA

Rui não hesitou em colocar a Bahia como porta de entrada dos investimentos que a China tem interesse em fazer no país. (Fotos: Camila Peres/GOVBA)

A parceria que o Governo da Bahia quer lançar com investidores da China ganhou força a partir de um novo encontro entre o governador Rui Costa e empresários das principais empresas de infraestrutura da China. As conversas ocorreram na residência oficial do embaixador Li Jinzhang, em Brasília, nesta quarta-feira (26), com os representantes da CREC10, CREC4, ERG, CCCC, Concremat Engenharia, China Minmetals e Bamin. Rui não hesitou em colocar a Bahia como porta de entrada dos investimentos que a China tem interesse em fazer no país. O atrativo é o tripé já conhecido pelas empresas chinesas - finalização da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), construção do Porto Sul e o minério de ferro. Projetos que serão parte de um consórcio a ser formado pelas empresas interessadas. "Este projeto é o número um na área de infraestrutura. A viabilidade econômica de cada um depende do todo. Por isso, reafirmo o compromisso do Governo da Bahia e o nosso total empenho para o sucesso desta parceria", afirmou Rui. O cronograma é apertado e o governador baiano quer definir prazo para cada etapa.

O governador assegurou que estará na China em setembro e pretende documentar esta parceria, assinando termo de compromisso. "Que esses investimentos comecem pela Bahia, afinal foi lá que o Brasil nasceu", acrescentou. As empresas reafirmaram o interesse na Bahia e querem iniciar as obras em breve. Para o embaixador chinês, a apresentação de Rui foi estratégica. "Este projeto vai estimular o desenvolvimento e beneficiar o povo local", destacou Li Jinzhang. Também participaram do encontro, representado o governo baiano, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, da Casa Civil, Bruno Dauster, e de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, além do coordenador de obras estruturantes da Casa Civil, Eracy Lafuente.

Defesa Civil reconhece situação de emergência em Candiba, na Bahia

Quinta / 27.07.2017

Por Redação Sertão Hoje

Medida é condição para que cidades possam obter apoio do Governo Federal para socorro, assistência à população e recuperação de áreas afetadas por desastres naturais

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração Nacional reconheceu nesta quarta-feira (26) a situação de emergência em Candiba, na Bahia, por conta do extenso período de estiagem. A medida vai permitir que a prefeitura tenha acesso às ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação das áreas danificadas por desastres naturais. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União de hoje tendo vigência por 180 dias e segue critérios fixados pela Instrução Normativa nº 2, que define procedimentos da Defesa Civil Nacional para o reconhecimento de situação de emergência ou de estado de calamidade pública decretada por municípios, estados e Distrito Federal.

Para obter apoio material e financeiro do Ministério da Integração Nacional para ações emergenciais, os municípios devem apresentar um relatório com diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR), por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Após análise da Sedec, o Ministério da Integração define o valor do recurso a ser disponibilizado. Outras cidades incluídas na medida são Olindina - BA, Caracaraí – RR, Anita Garibaldi - SC, Bocaina do Sul - SC e Lindóia do Sul – SC.