Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "caculé"

Contendas do Sincorá tem transporte intermunicipal suspenso; Abaíra, Barra da Estiva e Ibiassucê são liberadas

Terça / 14.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (14).

Os municípios de Arataca e Contendas do Sincorá terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de quarta-feira (15). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (14).

Confira no ‘leia mais’, ao final da matéria, a lista com todos os municípios com o transporte intermunicipal suspenso.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 31 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano. O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Abaíra, Baianópolis, Baixa Grande, Barra da Estiva, Barra do Mendes, Boninal, Coribe, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibipitanga, Jacaraci, Nova Redenção, Rodelas e Tabocas do Brejo Velho, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Conforme o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), na segunda-feira (13), o estado contabiliza 106.891 casos de Covid-19 confirmados desde o início da pandemia. Ao todo, 74.135 já são considerados curados, 30.221 encontram-se ativos e 2.535 tiveram óbito confirmado. Somente na segunda, foram registrados 1.128 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%), 52 óbitos (+2,1%) e 405 curados (+0,5%).
.

Codevasf e Ministério do Desenvolvimento Regional realizarão sondagem de mercado sobre Projeto Irrigado Baixio de Irecê

Segunda / 13.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O Projeto é o 1º que será ofertado pelo MDR, Codevasf e DNOCS para concessões e parcerias de perímetros irrigados. Localiza-se a margem do rio São Francisco.

No período de 20 a 29 de julho, a Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) promovem, por meio de videoconferência, sondagem de mercado sobre o projeto de concessão das Etapas 3 a 9 do Perímetro Irrigado Baixio de Irecê, localizado no sertão baiano. O objetivo é obter contribuições junto a potenciais interessados no projeto para subsidiar o desenvolvimento do modelo de concessão para o setor privado.

Os interessados em participar devem se inscrever até a próxima quarta-feira (15) pelo email [email protected], informando nome, empresa ou instituição que representa, dia e horário de preferência. As reuniões, com duração de 60 minutos cada, serão realizadas de forma individual com cada interessado.

O Projeto Baixio de Irecê é o primeiro de um portfólio de projetos que será ofertado pelo MDR, Codevasf e DNOCS para concessões e parcerias de perímetros irrigados. Localiza-se na margem direita do rio São Francisco, nos municípios baianos de Xique-Xique e Itaguaçu da Bahia. O centro urbano mais próximo, que deu nome à iniciativa, é o município de Irecê. A região tem grande disponibilidade hídrica para irrigação, solos mecanizáveis e com forte tradição agrícola. Tem presença institucional diferenciada, pois sedia diversas universidades e centros de comercialização, dispõe de estradas para escoamento da produção e tem potencial para exportação de frutas e derivados via Aeroporto Internacional de Petrolina, em Pernambuco, localizado a 435 km do projeto.

O perímetro abrange uma área de 105 mil hectares, sendo 48 mil hectares de área irrigada, subdivididos em 9 etapas. As etapas 1 e 2 representam uma área de 16 mil hectares irrigados e estão em fase de ocupação, com início de produção previsto para 2020. Já foram alocados cerca de R$ 1 bilhão de reais no projeto pelo governo federal, investidos na aquisição e regularização fundiária de toda a área do projeto, além da execução de 42 km do canal principal, estação de bombeamento principal (EBP), adutoras, estação de pressurização, infraestrutura para o suprimento energético, entre outros.  Estima-se a necessidade de R$ 700 milhões adicionais para implantar toda a infraestrutura para as etapas 3 a 9 (31.423 hectares irrigáveis).

AES Tietê abre inscrições para seleção de projetos sociais nos municípios em que atua

Segunda / 13.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

Na Bahia, a AES Tietê atua nos municípios de Araci, Biritinga, Caetité, Guanambi, Igaporã, Pindaí e Tucano. (Foto: Divulgação)

A AES Tietê anunciou que viabilizará investimentos em projetos sociais indicados por Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Conselhos Municipais do Idoso (CMI) em municípios onde atua. As propostas devem ser enviadas pelos próprios conselhos até o dia 31 de agosto, às 18h, exclusivamente pelo formulário eletrônico disponível na plataforma Prosas, no endereço aestieteconselhos.prosas.com.br, para avaliação da AES Tietê.

Conforme a empresa, serão considerados os projetos com as temáticas de meio ambiente, reciclagem, energia, ações nas áreas da saúde, assistência social, cultura, esporte e lazer, que contribuam para melhoria das condições de vida e bem-estar de crianças, adolescentes e idosos. Os Conselhos Municipais do Direito da Criança, Adolescente e do Idoso poderão inscrever quantos projetos desejarem, de diferentes organizações sociais, mas cada instituição poderá ser representada por apenas uma proposta. Com base nos critérios estabelecidos no edital, será selecionado um grupo de projetos que receberá o investimento da companhia em 2021. Em 2019, foram apoiados 7 projetos de CMDCA e 3 projetos de CMI, que estão sendo executados no decorrer deste ano. Na Bahia, a AES Tietê atua nos municípios de Araci, Biritinga, Caetité, Guanambi, Igaporã, Pindaí e Tucano.

A AES Tietê atua como uma plataforma integrada de energia renovável com soluções customizadas de acordo com a necessidade de seus clientes. Está entre as maiores companhias privadas de geração do Brasil, atuando no país há 20 anos. O Centro de Operações de Geração de Energia (COGE), localizado em Bauru (SP), é o mais tecnológico do país e opera remotamente todos os ativos da companhia. No portfólio, composto por geração hídrica, solar e eólica, estão nove usinas hidrelétricas e três pequenas centrais hidrelétricas, dois Complexos Solares, Guaimbê e Ouroeste, em São Paulo, além do Complexo Eólico Alto Sertão II, na Bahia. Recentemente, a companhia anunciou investimento na construção do Complexo Eólico Tucano, também no estado da Bahia.

Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até 31 de agosto

Segunda / 13.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O Divep indica que, na Bahia, a estimativa é de se vacinar 6,5 milhões de pessoas, mas, desde o começo da campanha (23/03), somente 350 mil tomaram a vacina.

Foi prorrogada até o dia 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra o Sarampo. A informação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) indica que, na Bahia, a estimativa é de se vacinar 6,5 milhões de pessoas, mas, desde o começo da campanha (23/03), somente 350 mil tomaram a vacina contra a doença. O público alvo a ser imunizado está na faixa de 20 a 49 anos.

O sarampo é uma doença viral aguda, considerada uma das mais contagiosas, com potencial para ser extremamente grave, afetando principalmente crianças menores de 5 anos, especialmente as mal nutridas e bebês não vacinados, mas que pode acometer também pessoas em qualquer idade não vacinadas. Entre as complicações da doença, que podem advir da doença, estão: infecções respiratórias, inflamação nos ouvidos, encefalite com dano cerebral, surdez e lesões severas de pele. Em gestantes, o sarampo pode provocar um aborto ou um parto prematuro.

A única medida efetiva de prevenção contra o sarampo é a vacina Tríplice Viral, distribuída gratuitamente nos postos de saúde e que também imuniza contra caxumba e rubéola. Essa imunização faz parte do calendário vacinal. A primeira dose deve ser tomada com um ano de vida e a segunda é aplicada três meses depois. Caso a vacinação não seja feita no tempo ideal, ainda é possível se proteger. Até os 29 anos é preciso tomar as duas doses. Entre 30 e 49 anos é ministrada dose única. Acima dos 50 anos não é mais feita a imunização.

Na Bahia, em 2019, o surto foi iniciado em junho, a partir de casos importados, porém, novas cadeias epidemiológicas foram identificadas, totalizando 80 casos confirmados, distribuídos em 25 municípios do estado. Este ano, até a Semana Epidemiológica (SE) nº 20 (16/05/2020), foram notificados 92 casos suspeitos de sarampo e 14 de rubéola, totalizando 106 casos de doenças exantemáticas distribuídos em 45 municípios baianos. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve redução de 24,8% do número de casos notificados.

Após 90 dias de monitoramento, um surto de sarampo foi controlado nos municípios de Lauro de Freitas, Juazeiro e Belo Campo, porém, a recente confirmação de um caso de sarampo em Paripiranga no dia 05/04/2020, homem de 47 anos, não vacinado, com histórico de contato com caso confirmado importado, residente em Sergipe, município de Simões Dias, fez com que o estado da Bahia retornasse ao status de surto ativo da doença, reacendendo o alerta para o risco de ocorrência de novos surtos no território baiano.

Policlínicas Regionais atenderam a mais de 16 mil pacientes desde reabertura

Sexta / 10.07.2020

Por Tácio Santos

As policlínicas de Simões Filho, Guanambi e Itabuna estão previstas para reabrirem nos dias 13, 15 e 20. As unidades Jequié e Valença não possuem previsão de reabertura.

Mais de 16 mil pacientes já foram atendidos nas 11 policlínicas que retomaram os serviços depois de terem sido fechadas como forma de conter o avanço da pandemia de Covid-19 no Estado. As unidades estão disponíveis para mais de 5 milhões de baianos nas regiões de Irecê, Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Paulo Afonso, Juazeiro, Vitória da Conquista, Jacobina, Senhor do Bonfim.

Em alinhamento com os Consórcios Municipais de Saúde, o Governo do Estado iniciou o processo de abertura gradual dos equipamentos. Como critério estabelecido, apenas as cidades que não tiveram registro de novos casos do coronavírus durante 14 dias poderiam retomar as atividades. As policlínicas das regiões de Simões Filho, Guanambi e Itabuna estão previstas para reabrirem nos dias 13, 15 e 20 de julho, respectivamente. As unidades Jequié e Valença ainda não possuem previsão de reabertura.

Segundo o governador Rui Costa, ”as policlínicas oferecem serviços essenciais para a população e estamos retomando as atividades para garantir aos pacientes o tratamento para doenças que precisam de acompanhamento. Por isso conversei com presidentes de consórcios que administram essas unidades sinalizando meu posicionamento para a reabertura. Mas a decisão final fica por conta dos consórcios, que levam em consideração as taxas de contágio dentro dos municípios para fazerem a reabertura”.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) também estipulou a testagem das equipes como critério para a reabertura dos serviços e atendimentos das policlínicas. As equipes médicas e de apoio administrativo, incluindo agentes de segurança e motoristas, que atuam nas policlínicas estão sendo submetidos a exames para detecção da Covid-19 e a cada 15 dias os exames serão repetidos. Os funcionários que tiverem o diagnóstico confirmado ficarão em isolamento domiciliar. Os assentos das recepções são organizados de modo que os pacientes se acomodam intercalados, cumprindo o distanciamento mínimo de 1,5 metro. Também foi reduzido o acesso de pessoas nos refeitórios simultaneamente para evitar aglomerações, dispondo as cadeiras para uso intercalado, com manutenção do distanciamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Também para garantir a segurança, os pacientes transportados nos micro-ônibus das policlínicas passam por uma triagem no seu município de origem antes de entrar no veículo. As pessoas que apresentam mais de um sintoma compatível com a doença, como temperatura acima de 37.8, não podem embarcar e são encaminhadas a uma unidade de referência. A lotação máxima do micro-ônibus também foi reduzida para 50%. Por recomendação da Sesab, as janelas ficam abertas para circulação do ar e o uso do ar-condicionado é evitado. Durante as viagens, os usuários do veículo ficam distantes uns dos outros, de forma que em cada assento duplo permaneça apenas uma pessoa.

Caturama e Ituaçu têm transporte intermunicipal suspenso devido à pandemia do Coronavírus; total chega a 378

Sexta / 10.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

A Bahia contabiliza 98.319 casos confirmados da Covid-19. 69.098 pessoas já estão curadas, 26.893 continuam infectadas pelo vírus e 2.328 tiveram óbito confirmado.

Os municípios de Barra do Rocha, Caturama, Ituaçu e Novo Horizonte terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sábado (11). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (10).

• Confira no ‘leia mais’, ao final da matéria, a lista com os 378 municípios baianos com o transporte intermunicipal suspenso.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano. O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lajedão e Malhada, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), na quinta-feira (10), a Bahia contabiliza 98.319 casos confirmados da Covid-19 desde o início da pandemia. 69.098 pessoas já são consideradas curadas, 26.893 continuam infectadas pelo vírus e 2.328 tiveram óbito confirmado. Somente nesta quinta-feira, dia 10, foram registrados 2.783 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 2,9%), 51 óbitos (+2,2%) e 2.548 curados (+3,8%).
.

Com queda de doações na pandemia, estoque de sangue da Hemoba está em nível crítico

Quinta / 09.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

Os agendamentos podem ser feitos pelo site www.hemoba.ba.gov.br ou pelo e-mail [email protected] (Foto: Divulgação / Sesab)

No período da pandemia da Covid-19, a Fundação Hemoba registrou queda no número de doadores de sangue em todas as unidades de coleta da Bahia. Antes das medidas de distanciamento social, as 24 unidades da Hemoba chegavam a receber cerca de 12 mil candidatos à doação por mês, resultando em uma média de 10 mil bolsas de sangue coletadas. Atualmente, o número de candidatos mensal caiu para 10 mil e o de bolsas coletadas para 7 mil. Segundo Fernando Araújo, diretor geral do hemocentro, mesmo diante da redução no número de doadores, a Bahia está vivendo um momento de demandas transfusionais crescente. “Com a ampliação de serviços e descentralização da assistência, mais pessoas estão tendo acesso à média e alta complexidade em saúde em nosso estado, com isso a rede pública está realizando mais procedimentos, tratamentos oncológicos, transplantes e cirurgias em geral, além disso, alguns pacientes com complicações causadas pelo coronavírus também necessitam de transfusão, o que exige a presença de doadores regulares nas nossas unidades”.

A Hemoba adotou medidas preventivas para atender os voluntários à doação de sangue com segurança e evitar o contágio pela Covid-19. Logo na entrada, há medição de temperatura corporal dos doadores. Na sala de espera, as cadeiras foram isoladas para evitar o contato próximo entre os doadores. Já na sala de coleta as poltronas de doação estão distanciadas por mais de um metro e são higienizadas após cada doação. A doação de sangue também está funcionando com hora marcada. Os agendamentos podem ser feitos pelo site www.hemoba.ba.gov.br ou pelo e-mail [email protected]

Para doar sangue, o voluntário precisa se apresentar em uma das unidades da Hemoba, usando máscara e portando documento original com foto, e ter entre 16 e 69 anos de idade. Apesar das indicações de idade do doador não terem sido alteradas, é recomendado que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa. O candidato também deve pesar acima de 50 kg, estar bem descansado e alimentado, não fumar por, pelo menos, duas horas antes da doação e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

Quem estiver gripado, resfriado ou com suspeita da Covid-19 não pode doar sangue temporariamente. Caso o voluntário tenha contraído o vírus, só poderá doar sangue 30 dias após recuperação completa. Se tiver contato com alguém que está com sintomas da doença, é preciso esperar 14 dias após o último dia de contato.

Apenas 4% dos municípios da Bahia disponibilizam portal de transparência sobre gastos com o combate ao Coronavírus, alerta TCM

Quinta / 09.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O levantamento realizado pelo TCM foi apresentado nesta quinta-feira (09) pelo presidente da Corte, conselheiro Plínio Carneiro Filho. (Foto: Getty Imagens)

Dos 417 municípios baianos, 359 não estão cumprindo as exigências legais de transparência dos gastos que estão sendo realizados para o combate da pandemia da Covid-19. Apenas 16 prefeituras, ou seja, 4% do total, têm cumprido plenamente o dever de informar sobre os gastos realizados contra a pandemia, de acordo com levantamento realizado pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM), apresentado nesta quinta-feira (09) pelo presidente da Corte, conselheiro Plínio Carneiro Filho, destacando que estes gestores poderão, eventualmente, serem penalizados com sanções em razão do descaso com o dever de informar e de permitir a devida fiscalização por parte dos cidadãos.

No estudo, com base em análise das informações expostas nos sites das prefeituras, 359 municípios (86% do total) não atenderam as exigências legais; 42 prefeituras (10%) atenderam apenas parcialmente as exigências da legislação; e 16 prefeituras (4%) atenderam plenamente o imposto pelas leis que disciplinam a matéria. Os municípios que cumpriram as normas de transparências pública foram: Bom Jesus da Lapa, Bonito, Caetité, Candiba, Coaraci, Cocos, Curaçá, Iuiú, Lajedinho, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Porto Seguro, São Gabriel, Serra Dourada, Una e Wenceslau Guimarães.

Protocolos de segurança da AES Tietê ajudam a minimizar riscos de transmissão da Covid-19 no Complexo Alto Sertão II

Quinta / 09.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O Complexo Alto Sertão II conta com 230 torres eólicas e capacidade instalada para gerar 386,1 MW de energia. (Foto: Reprodução / Internet)

Colaboradores e prestadores de serviços da AES Tietê que atuam em Alto Sertão II estão sob rígido monitoramento para minimizar os riscos de contágio e transmissão da Covid-19 nas cidades de Caetité, Guanambi, Igaporã e Pindaí. O Complexo Alto Sertão II conta com 230 torres eólicas e capacidade instalada para gerar 386,1 MW de energia.

Desde que a assumiu as operações do empreendimento em 2017, a AES Tietê agregou ao Complexo Eólico Alto Sertão II todos os seus protocolos de segurança, que têm como base as diretrizes do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional e agora, também, as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o controle da transmissão do novo coronavírus.

Os funcionários e profissionais terceirizados que prestam serviços em Alto Sertão II seguem estes rígidos procedimentos de segurança. As equipes de campo trabalham em turnos intercalados e têm, a cada início de jornada, a temperatura aferida, além do monitoramento contínuo caso apresentem algum sintoma da doença. Já o pessoal administrativo está exercendo suas atividades a partir de suas casas, sem a necessidade de comparecer à sede da empresa em Guanambi. É obrigatório também o uso de máscaras e o distanciamento entre todos nas atividades em campo e havendo alguma suspeita, o funcionário é encaminhado ao serviço de saúde para a realização de teste de covid-19.

O pouco efetivo presencial no Complexo Eólico Alto Sertão II só é possível graças à tecnologia empregada pela AES Tietê, que permite o trabalho a distância de seus funcionários. Além disso, a operação de Alto Sertão II é toda realizada remotamente a partir do Centro de Operações de Geração de Energia da companhia (COGE), localizado em Bauru (SP). “A população pode ter certeza de que, ao mesmo tempo que estamos garantindo o fornecimento de energia elétrica de Alto Sertão II, esse serviço essencial, temos a preocupação de cuidar de todos os nossos colaboradores, prestadores de serviços e das comunidades próxima da gente”, afirma Maria José Pereira Fernandes, analista de Meio Ambiente da AES Tietê.

Governo da Bahia disponibiliza painel com dados epidemiológicos do coronavírus em tempo real

Quarta / 08.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

“Progressivamente faremos melhorias a fim de tornar o conteúdo cada vez mais acessível e customizável para o usuário”, afirma Diego Calvacante. (Foto: Divulgação / Sesab)

Está disponível, desde a desta terça-feira (07), um painel com dados epidemiológicos referentes ao coronavírus (Covid-19) na Bahia, cuja atualização ocorre em tempo real. O portal pode ser acessado pelo link bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, “o sistema permite correlacionar três bases ministeriais distintas, depurar as inconsistências e entregar uma informação fidedigna para análise”, afirma o secretário. Já a diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, explica que o business intelligence (B.I.) possibilita analisar o crescimento de novos casos, identificar quais municípios carecem de atenção, avaliar tendências, dentre outras funcionalidades”, ressalta a diretora.

O diretor de tecnologia da Sesab, Diego Cavalcante, indica que o aperfeiçoamento da ferramenta é contínuo. “Progressivamente faremos melhorias a fim de tornar o conteúdo cada vez mais acessível e customizável para o usuário. E no que tange a integridade e segurança da informação, utilizamos a mesma plataforma Oracle do DataSUS, que é o departamento de informática do Ministério da Saúde, o que nos garante robustez e confiabilidade”, destaca Cavalcante.

O B.I. é alimentado automaticamente, utilizando três bases ministeriais. De acordo com os protocolos do Ministério da Saúde, a notificação imediata dos casos leves de Síndrome Gripal deve ser inserida no e-SUS Vigilância Epidemiológica (e-SUS VE), uma ferramenta de registro de notificação de casos suspeitos e confirmados do novo coronavírus. Isso se aplica a todo o território nacional. Caso seja realizado teste laboratorial diagnóstico da Covid-19, RT-PCR ou sorológico, o resultado também deve ser registrado no sistema. O processamento da base de dados garantirá a identificação única do paciente. Outra ferramenta de registro que auxilia no mapeamento epidemiológico é o Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (SIVEP-Gripe), usado para registrar os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizados. O último sistema refere-se as análises dos laboratórios públicos (GAL).

Lençóis registra 21 casos de Coronavírus em 3 dias; prefeito e secretários estão contaminados

Quarta / 08.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O 1º resultado positivo para a Covid-19 de Lençóis foi registrado na segunda-feira (06). O município teve o transporte intermunicipal suspenso nesta quarta-feira (08).

Até o último domingo (05), o município de Lençóis, na Chapada Diamantina, registrou nos últimos três dias 21 pessoas infectadas com o Coronavírus. Até o domingo (05), o município não tinha casos de Covid-19 registrados. Entre os contaminados, está o prefeito Marcos Airton, os secretários municipais de Administração e de Meio Ambiente, Giovana Aguiar e Andres Iglesias, respectivamente, além de assessores e outros servidores. Todos estão sem sintomas e em isolamento domiciliar.

Segundo a prefeitura, a contaminação de várias pessoas da gestão municipal ocorreu através de um servidor, que foi uma das primeiras pessoas a testar positivo para a doença no município. Todos os funcionários que atuam na sede da prefeitura foram testados. O prédio foi higienizado para evitar outras ocorrências relacionadas ao coronavírus. Por conta dos primeiros casos registrados, o município teve o transporte intermunicipal suspenso pelo governo do estado nesta quarta-feira (08) – confira mais aqui

O primeiro resultado positivo para a Covid-19 em Lençóis foi registrado na segunda-feira (06). Morador do município, o paciente apresentou sintomas em junho, mas só procurou uma unidade de saúde no início da semana passada. “Paciente que apresentava os sintomas há alguns dias e procurou o sistema de saúde no dia 1º. Por isso, fizemos a testagem rápida, não o RTPCR, já tinha passado o período de fazer o teste de swab nasal. O protocolo é isolar o paciente, todas as pessoas que estavam com ele e testar todos os comunicantes. Pedimos que a população fique tranquila. O paciente está estável. Pedimos que a população continue em isolamento, use máscaras e evite circular por cidades vizinhas”, disse a coordenadora de ações de combate a Covid de Lençóis, Gisela Emille, em comunicado publicado nas redes sociais da prefeitura.

Piatã, Rio de Contas e mais 9 municípios têm transporte intermunicipal suspenso

Terça / 07.07.2020

Por Redação Sertão hoje

A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (07).

Os municípios de Biritinga, Cardeal da Silva, Coronel João Sá, Ibitiara, Irajuba, Itanagra, Mirangaba, Piatã, Rio de Contas, Salinas da Margarida e Varzedo terão o transporte intermunicipal suspenso a partir desta quarta-feira (08). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (07).

• Confira a lista completa com os 366 municípios com essa restrição no ‘leia mais’, ao final da matéria.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano. O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Lafaiete Coutinho, cidade com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), publicado nesta segunda-feira (06), o estado contabiliza 88.279 casos confirmados de Covid19 desde o início da pandemia. 59.779 pessoas já estão curadas, 26.332 permanecem com Covid-19 e 2.168 tiveram óbito confirmado. Somente nesta segunda (06), foram registradas 1.231 novos casos (taxa de crescimento de +1,4%), 61 óbitos (+2,9%) e 1.130 curados (+1,9%).
.

Cordeiros, Correntina e Sebastião Laranjeiras têm transporte intermunicipal suspenso

Sábado / 04.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

O total de municípios com essa restrição, que tenta impedir o avanço do coronavírus, chega a 356.

Os municípios de Aratuípe, Barro Alto, Cordeiros, Correntina e Sebastião Laranjeiras terão o transporte intermunicipal suspenso a partir deste domingo (05). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (04).

• Confira no ‘leia mais’, ao final da matéria, a lista completa dos 356 municípios com essa restrição.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 12 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.
.

Municípios do interior registram queda de 25% das mortes violentas, informa SSP-BA

Quinta / 02.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

A polícia contabilizou 221 ocorrências este ano, contra 298 no mesmo período de 2019. Os dados foram divulgados pela SSP-BA nesta quinta-feira (02).

O interior da Bahia, composto de 403 municípios, fechou o mês de junho com diminuição de 25% das mortes violentas (homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte). A polícia contabilizou 221 ocorrências este ano, contra 298 no mesmo período de 2019. Entre os municípios com maiores reduções estão São Felipe (-100%), Una (-90,9%), Araci (-86%), Guanambi (-75%), Itamaraju (-45%), Porto Seguro (-31%), Teixeira de Freitas (-27%), Itabuna (-19%), Juazeiro (-16%) e Vitória da Conquista (-15%). Os dados foram divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA) nesta quinta-feira (02).

O diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis, destacou as ações de inteligência, no combate ao tráfico de drogas. “Esse é um problema nacional, presente nas grandes metrópoles e também nos municípios do interior. Temos uma equipe itinerante, a Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati), empregada sempre que alguma região ou cidade aponta crescimento. Vivemos cada dia buscando o melhor resultado”, contou.

• O Monitor da Violência divulgou, em junho, que a Bahia aumentou em 16,59% o número de crimes violentos em abril deste ano, chegando a liderar a estatística entre os estados brasileiros.

Abastecimento d’água será interrompido em Brumado e Malhada de Pedras nesta quinta-feira (02), informa Embasa

Quarta / 01.07.2020

Por Redação Sertão Hoje

A medida é para possibilitar serviço de melhoria na captação da barragem de Cristalândia. A previsão é o que o serviço seja concluído no final do dia.

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) encaminhou à Redação do site Sertão Hoje / Tribuna do Sertão um comunicado, informando que o abastecimento de água será temporariamente interrompido em Brumado e Malhada de Pedras, às 8h desta quinta-feira (02). A medida é para possibilitar serviço de melhoria na captação da barragem de Cristalândia, visando maior segurança operacional. A previsão é o que o serviço seja concluído no final do dia, quando o fornecimento começará a ser restabelecido gradativamente nas áreas eventualmente afetadas.