Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "brasil"

Governo convoca 2.622 universitários do programa Partiu Estágio

Quarta / 21.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

O anúncio da nova convocação foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (20), durante o #PapoCorreria. (Foto: Alberto Coutinho/GOVBA)

O Governo do Estado convocou nesta terça-feira (20), 2.622 estudantes para ocupar as vagas do edital 001/2018 do programa Partiu Estágio, que teve 17 mil inscritos. Eles devem se apresentar ao órgão ou entidade em que irão estagiar no prazo de dez dias úteis. O anúncio da nova convocação foi feito pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (20), durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais. Os estudantes selecionados serão informados da convocação por meio do e-mail cadastrado no momento de sua inscrição no programa. Quem não entregar toda a documentação exigida, ou não se apresentar ao órgão ou entidade no prazo estipulado, perderá a vaga de estágio.

O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a jovens universitários de instituições federais, estaduais e privadas da Bahia que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Podem participar universitários regularmente matriculados em cursos presenciais, desde que tenham idade mínima de 16 anos e que tenham cumprido pelo menos 50% do seu curso de formação.

CLIQUE AQUI E CONFIRA OS CONVOCADOS

MP-BA apresenta caso da Bacia do Rio São Francisco no Fórum Alternativo Mundial da Água em Brasília

Terça / 20.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

As promotoras apresentaram o diagnóstico realizado pelo Nusf, demonstrando os problemas que a Bacia Hidrográfica apresenta.

As promotoras de Justiça Cristina Seixas e Luciana Khoury apresentaram no domingo (18), o caso da Bacia do Rio São Francisco, durante o “Ciclo de Debates II – Água como Direito Humano”, que integrou a programação do Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), em Brasília. As promotoras de Justiça apresentaram o diagnóstico realizado pelo Núcleo de Defesa do Rio São Francisco (Nusf), demonstrando os problemas que a Bacia Hidrográfica apresenta como os problemas de ausência de saneamento básico, desmatamento, uso de agrotóxicos, tráfico de animais e questões de regularização fundiária de territórios de povos e comunidades tradicionais.  O painel contou também com a participação de representantes do Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais (MPP). O Fama, que continua até o próximo dia 22 deste mês, é um evento internacional que reúne organizações e movimentos sociais que lutam em defesa da água como direito elementar à vida. A promotora de Justiça Luciana Khoury também apresentou o painel ‘Correntina’, junto com o procurador da República em Goiás, Wilson Rocha Fernandes Assis, e representantes das comunidades de Fundo e Fecho dos Pastos. A programação do FAMA foi organizada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Ministério Público Federal e Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU), em parceria com entidades da sociedade civil. Ele acontece paralelamente ao VIII Fórum Mundial da Água, que também é realizado em Brasília, até o dia 23 de março.

Saeb arrecadou R$ 5,7 milhões com leilões de bens públicos em 2017

Terça / 20.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

Todo dinheiro arrecadado foi repassado para o Tesouro Estadual, e depois, investido no reaparelhamento da estrutura administrativa.

A Secretaria da Administração (Saeb) arrecadou um total de R$ 5,7 milhões com leilões de bens móveis do Estado, no ano de 2017. Os lotes alcançaram um valor 135% acima do preço de avaliação (R$ 2.434.505). Itens como veículos, máquinas, peças, sucatas, aparelhos eletrônicos e móveis foram leiloados porque estavam em desuso pelo Estado ou em virtude de pertencerem a órgãos públicos que foram extintos. Ao todo foram realizados quatro leilões de bens móveis pela Saeb, no ano passado. Todo dinheiro arrecadado foi repassado para o Tesouro Estadual, e depois, investido no reaparelhamento da estrutura administrativa. “A Saeb faz a gestão dos bens do Estado, leiloando itens que não são mais utilizados para transformá-los em ativos e reinvestir o valor arrecadado na própria estrutura”, explicou o secretário da Administração, Edelvino Góes. 

O primeiro certame de bens móveis realizado pela Saeb, no ano passado, foi o Leilão número 02/2017, em cinco de maio. Foram vendidos 280 lotes, com uma arrecadação total de R$ 3,1 milhões. O valor arrecadado no Leilão 02/2017 foi 140% maior do que a avaliação feita dos bens públicos (R$1,3 milhão). A quantidade de participantes neste leilão foi a maior já registrada (360 inscritos). No dia 25 de agosto, o Leilão Saeb 05/2017 vendeu 239 lotes de bens públicos, arrecadando R$ 1,8 milhão. Os bens foram vendidos com um ágio de mais de 100% sobre o valor da avaliação, que foi de R$ 854,6 mil. O Leilão 06/2017, realizado em 28 de setembro, apregoou peças de artesanato que pertenciam ao extinto Instituto de Artesanato Visconde de Mauá. Dentre os 41 lotes colocados à venda, apenas dois foram arrematados, com uma arrecadação total de R$ 10,9 mil. Já no Leilão 07/2017 foram arrematados 118 lotes, resultando em uma arrecadação total de R$ 670 mil.

A Saeb divulga amplamente os leilões, publicando os editais no Diário Oficial do Estado e nos sites públicos. Os bens que vão a leilão ficam à disposição para serem vistoriados pelos interessados. A participação no leilão é aberta a qualquer pessoa física ou jurídica, podendo ser pública ou privada, no caso da segunda hipótese. A exceção é dos servidores públicos, que são vedados de celebrar contrato com a administração pública. O cidadão comum ou entidade de pessoa jurídica precisam se credenciar para participar do leilão e ofertar lances.

Deputado José Carlos Aleluia entrará com medida para suspender curso de renovação da CNH

Domingo / 18.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

“Exigir curso para renovar a CNH só vai onerar ainda mais a vida do cidadão, que já sofre bastante com o pagamento de tantas taxas e impostos”, afirma Aleluia.

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) afirmou que vai ingressar com um decreto legislativo na próxima segunda-feira (19) para derrubar a nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que exige realização de curso e prova teórica para renovação das carteiras de motorista no país. “O Congresso tem autonomia para sustar essa arbitrariedade e é nisso que vou trabalhar. Não há nenhuma base técnica que sustente essa medida. Exigir curso para renovar a carteira de motorista só vai onerar ainda mais a vida do cidadão brasileiro, que já sofre bastante com o pagamento de tantas taxas e impostos”, afirmou o parlamentar baiano. Segundo a resolução, os motoristas que precisarem renovar a CNH das categorias A e B a partir do dia 5 de junho vão precisar fazer um curso teórico e uma prova teórica, além do exame médico que já era exigido. Ainda não há definição sobre o preço do curso e do exame teórico. O curso para renovação da CNH terá duração de 10 horas/aulas, com um limite de 5 horas por dia. Ele pode ser presencial ou à distância e o motorista deve ter 100% de frequência nas aulas. Já a prova teórica terá 30 questões de múltipla escolha e a exigência é que o participante tenha pelo menos 70% de acerto.

Pioneiros na fundação da COE são homenageados em solenidade

Domingo / 18.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

Unidade da Polícia Civil completou 25 anos nesta sexta-feira (16). A cerimônia de celebração contou com a participação da cúpula da Polícia Civil. (Fotos: Alberto Maraux)

Treze policiais civis (delegados e investigadores), pioneiros na fundação e solidificação da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil, foram homenageados, na manhã desta sexta-feira (16), durante evento em comemoração aos 25 anos da unidade. O evento contou com a participação do delegado-geral, Bernardino Brito, e de toda a cúpula da instituição, representantes da Polícia Federal, Forças Armadas, além de familiares e amigos. Receberam os certificados das mãos do delegado-geral da PC e do coordenador da COE, André Viana, os delegados Geraldo José Souza Costa e Arthur Gallas, além dos investigadores Hipólito Paulino Ribeiro, Antônio Raimundo Novaes de Santana, Weber Lorentz de Araújo Rastelli, Antônio Monteiro Borges, Luís Fernando Bastos Figueiredo, Expedito Sá Júnior, Carlos Rogério de Souza Oliveira, Marcos Cezar Moraes de Mello, Hunei Lemos Lordello e José Julimar Cavalcante. O investigador Álvaro Castro, carinhosamente chamado de Mestre Álvaro, que faleceu no ano passado, também foi lembrado. No ato foi representado por um dos filhos. “Quero, em nome de todos os integrantes da instituição, parabenizar a COE, nossa elite para missões de alto risco”, destacou Brito. Desejo vida longa a unidade e anunciou a liberação para implantação de novos cursos.

Entre os agraciados, seis investigadores continuam na unidade desempenhando importantes papéis. Expedito Sá Júnior é o responsável por ministrar as capacitações de tiro. Todos os policiais civis do estado passam por treinamentos regulares, na COE, ou nos cursos itinerantes. Já Luís Fernando Bastos Figueiredo comanda o Canil da unidade. Os cães da COE são utilizados nas megaoperações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em ações integradas com forças de segurança federais e também em treinamentos, “Damos o sangue aqui, treinando diariamente, por que quando estamos nas ruas sangue de inocente não pode escorrer. Continuaremos firme no combate à criminalidade, ao lado da população baiana”, afirmou o coordenador da COE, André Viana.

“Temos buscado governar próximo aos municípios”, afirma Rui no 6º Encontro de Prefeitos da Bahia

Sábado / 17.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

Secretarias e órgãos estaduais marcaram presença no encontro e oferecem orientações e suporte aos gestores municipais. (Foto: Manu Dias/GOVBA)

A sexta edição do Encontro de Prefeitos realizada pela União dos Municípios da Bahia (UPB), reuniu mais de 330 prefeitos de toda a Bahia no Senai-Cimatec, no bairro de Piatã, em Salvador, para debater assuntos relacionados à gestão pública municipal. O governador Rui Costa participou da solenidade de abertura das atividades, na manhã desta sexta-feira (16), e assinou um termo de compromisso com a UPB, que visa o compartilhamento, pelo Estado, das informações de tributos da competência dos municípios. “Eu quero aproveitar o encontro para agradecer aos prefeitos pela parceria. O ato de governar um estado ganha mais força e mais capilaridade quando é feito em parceria. O municipalismo não é um discurso de retórica, é uma estratégia de governo. Por isso, a gente tem buscado governar próximo aos municípios”, declarou o governador, ao defender o fortalecimento da esfera municipal. Rui destacou o diálogo próximo e as parcerias que o Governo tem mantido com os municípios. “Estamos sempre firmando parcerias, uma delas, que figura como importante ferramenta para o desenvolvimento, são os consórcios. Já temos os de infraestrutura e os de saúde, e estamos em busca da formação de consórcios para os resíduos sólidos, para que a gente consiga acabar com os lixões nas cidades”, revelou.

O presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, destacou a importância do evento e a parceria com o governo do estado. “É um momento oportuno para os prefeitos se alinharem, discutirem grandes temas e também se projetarem para um momento muito difícil, que é um ano de crise. Foram muitos convênios assinados junto ao governo estadual esse ano, principalmente, com os pequenos municípios, que eu acho que é quem sofre mais com a crise política”, afirmou. Aproveitando a oportunidade, Eures cobrou do governo do estado, o repasse dos royalties do petróleo, recebendo prontamente uma resposta positiva do governador (Veja Aqui). O evento seguiu discutindo assuntos considerados fundamentais para a governança das cidades. Secretarias e órgãos estaduais marcaram presença no encontro e oferecem orientações e suporte aos gestores municipais.

Mega-Sena pode pagar R$ 60 milhões neste sábado (17)

Sábado / 17.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

Aplicando o prêmio na Poupança da CAIXA, o ganhador receberá mensalmente mais de R$ 231 mil apenas em rendimentos.

O concurso 2.023 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 60 milhões neste sábado (17). O sorteio será realizado às 20 horas, horário de Brasília. Aplicando o prêmio na Poupança da CAIXA, o ganhador receberá mensalmente mais de R$ 231 mil apenas em rendimentos, valor suficiente para comprar seis carros populares a cada 30 dias. As apostas podem ser feitas até uma hora antes da hora do sorteio nas lotéricas ou pelo Internet Banking CAIXA. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteios (quartas e sábados), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

UPB cobra repasse dos royalties do petróleo na abertura do 6º Encontro de Prefeitos

Sábado / 17.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

“Justiça seja feita, dos royalties que vem para Bahia, 25% são dos municípios e nunca, nenhum governador, repassou”, explica Eures Ribeiro, presidente da UPB. (Foto: UPB)

Foi aberto na manhã desta sexta-feira (16) pela União dos Municípios da Bahia (UPB) a 6ª edição do Encontro de Prefeitos, no Senai Cimatec em Salvador. O evento que propõe debater assuntos relacionados às prefeituras baianas como a queda da arrecadação e os desafios das gestões públicas também aborda o tema “municípios inteligentes”, com soluções em tecnologia para facilitar o atendimento das prefeituras ao cidadão. A solenidade de abertura contou com a presença do governador Rui Costa, de parlamentares baianos e prefeitos de mais de 320 municípios do estado. De acordo com o presidente da UPB, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, a união dos prefeitos no momento de crise tem fortalecido a luta municipalista na busca de conquistas importantes. O gestor citou a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios em retirar os programas federais do cálculo do índice de pessoal. “Se outros estados já praticam é importante que a Bahia também tenha esse entendimento”.

Eures aproveitou a presença do governador Rui Costa para afirmar que os municípios têm uma pauta estadual e pediu o apoio do executivo estadual para o repasse dos royalties do petróleo aos municípios. “Os prefeitos da Bahia sonham em fazer uma comissão e discutir com o senhor. Porque justiça seja feita, dos royalties que vem para Bahia, 25% são dos municípios e nunca, nenhum governador, repassou”. O governador Rui Costa se comprometeu em estudar uma forma de repassar os royalties aos municípios. “Tenho que projetar minhas contas pagas e analisadas, até porque esse é último ano de governo, mas assim que puder vou sentar com a UPB, evidente que dentro do marco legal e das possibilidades financeiras, a gente ajusta isso, como tenho feito com todas as outras ações”. O governador também anunciou a intenção de conveniar com as prefeituras a criação de colégios militares nos municípios. Dos senadores presentes ao encontro, o senador Otto Alencar falou da necessidade de rever a legislação brasileira para que municípios com perda de arrecadação e oscilação nas transferências voluntárias não sejam penalizados por não conseguirem cumprir o índice de gasto com pessoal. Já a senadora Lídice da Mata ressaltou o empenho do Congresso Nacional em iniciativas que mudam a participação da União no financiamento de programas como o Fundeb. “Para garantir que saia do que é hoje, entorno de 10%, para em seis anos alcançarmos 50% do financiamento por parte da União”. Durante a abertura foi assinado um termo de parceria entre a UPB e o Governo do Estado da Bahia para o compartilhamento de dados referentes ao recolhimento de tributos, entre eles o Imposto Sobre Serviço (ISS).

A solenidade de abertura contou com a presença do governador Rui Costa, de parlamentares baianos e prefeitos de mais de 320 municípios do estado. (Foto: UPB)

Coordenação de Operações Especiais da Polícia Civil completa 25 anos de atuação em missões de alto risco

Sexta / 16.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

O COE é referência também na capacitação dos policiais baianos, de outros estados e de outras instituições.

A Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil, completa nesta hoje (16), 25 anos de serviços prestados para os baianos, atuando em missões de alto risco. Um calendário de atividades com competição de tiro, doação de sangue, visita a lar de idosos, simulação de invasão do metrô, triathlon, entre outras será realizado a partir de amanhã, com término no dia 25 (domingo). “É mais do que uma honra comandar essa unidade e todos os policiais que a compõe. São 25 anos de uma história muito bonita que precisa ser registrada”, declarou o coordenador da COE, delegado André Viana, lembrando que nesta sexta-feira será realizada uma homenagem dos servidores precursores. “São profissionais que vislumbraram a necessidade desse grupo para a Polícia Civil da Bahia demarcar território”. O COE é referência também na capacitação dos policiais baianos, de outros estados e de outras instituições.

PF diz que Aécio Neves foi apreendido com bloqueador ilegal de sinal telefônico

Sexta / 16.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

O aparelho foi apreendido em um apartamento do senador no Rio de Janeiro, durante a Operação Patmos.

De acordo com o relatório da Polícia Federal (PF) entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) mostra que um aparelho apreendido em apartamento do senador Aécio Neves (PSDB) no Rio de Janeiro, durante a Operação Patmos, é um bloqueador de sinal telefônico proibido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). "A eletrônica presente e os elementos de antena sugerem o uso do aparelho para a geração de ruído de radiofrequência para causar interferência nos sinais de redes de comunicação móvel celular, objetivando a indisponibilidade de serviço (bloqueador de celular). O perito ligou o aparelho e com auxílio de analisador de espectro constatou a produção de sinal de radiofrequência nas faixas utilizadas pelos serviços de móvel pessoal correspondendo aos serviços 2G e 3G'", descreveu o perito da PF. O laudo frisa que o uso dessa classe de aparelho é vedado pela Anatel. "O ruído produzido causa interferência nos serviços de telefonia móvel celular 2G e 3G, dependendo da intensidade do sinal em relação à Estação Rádio Base pode causar a interrupção do serviço”. As informações fazem parte do conjunto de apurações sobre o senador com base na delação de executivos da JBS, na Operação Patmos.

Por meio de nota, a defesa do senador Aécio Neves diz que "desconhece se o aparelho estava ou não apto para uso, uma vez que ele nunca o utilizou, assim como não utilizou nenhum outro equipamento semelhante". "O aparelho foi um presente e encontrava-se guardado com outros presentes recebidos. O senador desconhecia tratar-se de equipamento de uso limitado. Reportagens mostram o uso corriqueiro desses equipamentos em igrejas e salas de aula, o que demonstra que o mesmo não teria qualquer utilidade em uma residência particular", afirma o advogado Alberto Zacharias Toron. A denúncia foi apresentada contra Aécio em 2 de junho de 2017 ao STF.

Fonte: Estadão Conteúdo

Câmara de Vereadores de Brumado emite Nota de Pesar e Solidariedade pela morte da vereadora Marielle Franco

Sexta / 16.03.2018

Por Eliana Costa

Marielle tinha 38 anos, socióloga com mestrado em administração pública, entrou para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro nas eleições de 2016 como a 5ª mais votada.

A Câmara Municipal de Vereadores de Brumado, ainda consternada com a morte brutal da vereadora carioca, Marielle Franco, emite Nota de Pesar e Solidariedade, estando todos em luto, pela mulher forte, mãe, negra e intensa defensora das causas sociais. Marielle tinha 38 anos, socióloga com mestrado em administração pública, entrou para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro nas eleições de 2016 como a quinta vereadora mais votada, com 46.000 votos, foi presidente da Comissão da Mulher da Câmara de Vereadores do Rio de janeiro. Fazia parte também do grupo de quatro relatores de uma comissão criada para monitorar os trabalhos da intervenção na segurança pública do Estado. O legislativo expressa toda a solidariedade absoluta para seus parentes, amigos e correligionários.

“A sede de um Poder foi atingida por tiro e até hoje não há respostas sobre esse fato grave”, diz líder da Oposição

Quinta / 15.03.2018

Por Lilian Machado

Luciano Ribeiro cobra respostas sobre tiro que atingiu liderança.

O líder da Bancada de Oposição, Luciano Ribeiro (DEM), cobrou em discurso no plenário da Assembleia Legislativa, respostas em relação ao tiro que atingiu a Sala da Liderança da Minoria, no final de fevereiro. Durante o pronunciamento ao deixar clara a falta de atenção dada ao fato por parte dos poderes, o líder ressaltou que em qualquer democracia do mundo, o episódio seria considerado gravíssimo. “A sede de um Poder foi atingida por um tiro e até hoje não houve um gesto que seja do governo ou do secretário de segurança pública do estado sobre o fato”, lamentou. Luciano frisou que é preciso esclarecimentos sobre essa ocorrência e que a proteção do Legislativo precisa ser assegurada. O deputado também mandou recado sobre o papel da Oposição e a possibilidade de suposta ameaça ao trabalho do grupo. “Que esse tiro não tenha sido para calar a Oposição da Bahia, pois isso não acontecerá. Vamos continuar fiscalizando e apontando as irregularidades do estado”, enfatizou. A sala usada pelo líder da Bancada foi atingida por tiro de grosso calibre, quebrando a principal janela do ambiente, no final do mês passado. O projétil foi encontrado em cima da mesa do líder e ninguém se encontrava no gabinete da Liderança, no momento. Uma perícia foi feita no local, mas as investigações ainda não apontaram a identificação da origem dos disparos.

Deputado Aleluia é eleito para o Conselho da República

Quinta / 15.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

"Agradeço a confiança de meus colegas e sei da imensa responsabilidade que vai ser representar o parlamento como membro integrante do conselho", agradeceu Aleluia.

O deputado José Carlos Aleluia (DEM) foi eleito pelo plenário da Câmara membro integrante do Conselho da República, nesta quarta-feira (14). O órgão opina sobre intervenção federal, decretação de estado de defesa e de sítio e outras questões importantes para a estabilidade das instituições democráticas. Aleluia ficou em primeiro lugar recebendo 168 votos, 33 a mais do que o deputado Capitão Augusto (PR). Pelo lado da oposição, foi eleito o ex-ministro Eugênio Aragão, com 156 votos. "Agradeço a confiança de meus colegas e sei da imensa responsabilidade que vai ser representar o parlamento como membro integrante do conselho", agradeceu Aleluia. 

Oposição encaminha pedidos de investigação na Segurança Pública e Festival Combina MPB

Quinta / 15.03.2018

Por Giselle Quintão

“Os baianos vivem sem segurança, queremos saber onde está o restante do investimento para esta área”, questionou Luciano Ribeiro.

O líder da Oposição, deputado Luciano Ribeiro (DEM), fez hoje (14) um pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa cobrando esclarecimentos do governo do Estado da Bahia com relação a gastos nas diversas áreas da administração, após encaminhamento de ofícios solicitando informações e representações para o Ministério Público e para o TCE. Segundo o deputado, na Segurança Pública, em que a Bahia vive um caos, o Governo tomou empréstimo de R$ 1 milhão 250 mil, em 2012, que adentrou aos cofres do Estado em 2013 e 2015, porém, o valor de R$ 246 milhões não consta como gasto. Outra situação obscura é com relação ao pagamento do Festival Combina MPB pago à empresa Bananeiras Produções, da família de Gilberto Gil, um valor de R$ 1.450 milhões, pagos sem licitação, sem contrato prévio, sob regime de indenização e posterior ao evento, numa circunstância extremamente suspeita, além de R$ 800 mil através do FazCultura. “Como representante do legislativo e, principalmente, do povo baiano, buscaremos com que nossas prerrogativas sejam respeitadas. Os baianos vivem sem segurança, queremos saber onde está o restante do investimento para esta área. Vivemos aqui mesmo na Assembleia Legislativa um atentado com uma bala atingindo justamente a sala da liderança da oposição. Numa democracia consolidada e em respeito às leis, isso é grave, mas, até hoje não se vê uma palavra, nenhum gesto do governador ou do secretário de segurança pública na busca de esclarecimentos”, questionou Luciano Ribeiro.

Em Santo Estevão, Rui alcança a marca de 400 viagens ao interior

Quinta / 15.03.2018

Por Redação Sertão Hoje

“É cansativo, mas é uma necessidade do gestor conhecer de perto o território que administra a fim de traçar estratégias adequadas para atender a sua população”, afirma Rui.

Na viagem de trabalho que fará ao município de Santo Estevão, no centro norte da Bahia, na próxima segunda-feira (19), o governador Rui Costa completa a viagem de número 400 ao interior baiano, realizada em pouco mais de três anos de governo. O anúncio foi feito durante o programa Papo Correria, na noite desta terça-feira (13). Em Santo Estevão, Rui entrega a primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade e assina ordem de serviço para ampliação do sistema, cujas obras estão orçadas em R$ 1,45 milhão. Também inaugura a Praça da Ciência, a Cozinha Comunitária e reforma da sede da 6ª Regional de Trânsito (Retran).

A marca da quadringentésima viagem do governador será comemorada em Santo Estevão com a participação das principais lideranças políticas da região, como vereadores, prefeitos, deputados, autoridades do governo baiano, entre outros. Na avaliação do governador, não é possível administrar um estado com as dimensões da Bahia sem conhecer mais de perto as especificidades e os problemas de cada região. “Sei que temos muito ainda a realizar em cada canto desta Bahia, mas tenho planejado minha agenda de forma que possa viajar regularmente ao interior. É cansativo, mas é uma necessidade do gestor conhecer de perto o território que administra a fim de traçar estratégias adequadas para atender a sua população”, afirmou Rui. “É com imensa alegria e emoção que atinjo mais uma marca importante do meu governo a viagem de número 400”. Ao longo dos mais de 1,2 mil dias de trabalho, o governador já visitou pouco mais de 200 municípios baianos em viagens institucionais, seja para inaugurar obras, autorizar novos serviços, como também conhecer as diferenças regionais e avaliar os problemas específicos das regiões do interior baiano, por meio de conversa com a população, comerciantes, produtores rurais e dirigentes políticos de cada localidade.