Sertão Hoje

Sertão Hoje

Resultado da busca pela categoria "bahia"

Bahia ultrapassa a marca de 500 mil vacinados contra a Covid-19

Sexta / 05.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Esse número corresponde a 75,6%, de um total de 662.360 doses, que já foram aplicadas. 42,8% das doses destinadas a segunda aplicação foram utilizadas.

A Bahia chegou, nessa quinta-feira (04), aos 500.471 vacinados contra a Covid-19, dos quais 141.951 também receberam a 2ª dose. Esse número corresponde a 75,6%, de um total de 662.360 doses, que já foram aplicadas. 42,8% das doses destinadas a segunda aplicação foram utilizadas. Os dados são do painel da vacinação, da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), atualizado às 15h dessa quinta (04).

Nesta primeira etapa de vacinação, voltada ao grupo prioritário, já foram imunizados com a 1ª dose 291.804 trabalhadores da área da saúde, 68.734 idosos que tem entre 85 a 89 anos, 49.565 idosos que tem 90 anos ou mais, 59.012 idosos que tem entre 80 a 84 anos, 71 idosos que tem entre 75 a 79 anos, 13.361 idosos que vivem em instituições de longa permanência, 17.344 indígenas aldeados e 580 pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

Os municípios que mais imunizaram pessoas são Salvador (146.643), Feira de Santana (22.424), Vitória da Conquista (12.824), Ilhéus (9.466), Itabuna (7.840) e Jequié (7.076). Os demais municípios ainda não ultrapassaram a marca de 7 mil doses aplicadas. Na região sudoeste, além de Vitória da Conquista, os que mais vacinaram são Guanambi (3.980), Itapetinga (2.660), Brumado (2.527), Caetité (2.048), Livramento de Nossa Senhora (1.427), Macaúbas (1.357), Poções (1.206), Paramirim (1.020) e Riacho de Santana (1.010). Os demais ainda não aplicaram mil doses. 

Bahia registra 111 óbitos e mais de 21 mil casos ativos por Covid-19 nessa quinta-feira (04)

Sexta / 05.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Dos 700.768 casos confirmados, 667.031 estão recuperados, 21.486 encontram-se ativos e 12.251 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,75%.

Nessa quinta-feira (04), a Bahia registrou 5.985 novos casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,9%), 4.507 recuperados (+0,7%) e 111 mortes em decorrência da doença (+0,91). Dos 700.768 casos confirmados desde o início da pandemia, 667.031 já são considerados recuperados, 21.486 encontram-se ativos e 12.251 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,75%. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.044.765 casos descartados e 165.597 em investigação.

• Os 111 óbitos pela Covid-19 registrados nessa quinta-feira, dia 04, pela Sesab, ocorreram nas seguintes datas:

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), “A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.”

Dentre o número total de óbitos, 56,35% ocorreram no sexo masculino e 43,65% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,96% corresponderam à parda, seguidos por branca com 20,72%, preta com 14,84%, amarela com 0,56%, indígena com 0,16% e não há informação em 8,77% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,21%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,26%).

Ex-presidente da AL-BA, Nelson Leal testa positivo para Covid-19

Quinta / 04.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

A tomografia apontou 21% de comprometimento dos pulmões do parlamentar. Os níveis de saturação do oxigênio seguem estabilizados em 95%.” (Foto: Facebook / Nelson Leal)

O ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado Nelson Leal, utilizou suas redes sociais, nesta quinta-feira (04), para informar que testou positivo para Covid-19. Segundo o parlamentar, “A tomografia apontou 21% de comprometimento dos pulmões, enquanto os níveis de saturação do oxigênio permanecem estabilizados em 95%. Permanecerei em isolamento, em casa, sob os cuidados do infectologista Roberto Badaró e à base de anticoagulantes, corticoides e antibióticos. Com fé em Deus estarei de volta ao trabalho na próxima semana.”

Na mesma publicação, disponível abaixo, Nelson Leal também parabenizou o governador Rui Costa e o prefeito de Salvador, Bruno Reis, pela adoção das medidas restritivas como forma de combate a propagação da Covid-19.

• Confira aqui detalhes da prorrogação das medidas restritivas para RMS e do toque de recolher no interior do estado;

Bahia tem 480.720 vacinados; mais de 130 mil já receberam a 2ª dose

Quinta / 04.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Ao todo, esse número corresponde a 82,7%, de um total de 574.230, de primeiras doses aplicadas. 56,3% dos imunizantes reservados a 2ª dose já foram aplicadas.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) já registrou 480.720 pessoas vacinadas contra a Covid-19, dos quais 132.916 já receberam também a 2ª dose, até as 15 horas dessa quarta-feira (03). Ao todo, esse número corresponde a 82,7%, de um total de 574.230, de primeiras doses aplicadas. 56,3% dos imunizantes reservados a 2ª dose já foram aplicadas.

Nesta primeira etapa de vacinação, voltada ao grupo prioritário, já foram imunizados com a 1ª dose 284.978 trabalhadores da área da saúde, 64.101 idosos que tem entre 85 a 89 anos, 48.997 idosos que tem 90 anos ou mais, 51.708 idosos que tem entre 80 a 84 anos, 17.067 indígenas aldeados, 13.308 idosos que vivem em instituições de longa permanência e 561 pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

Os municípios que mais imunizaram pessoas são Salvador (146.643), Feira de Santana (21.321), Vitória da Conquista (10.437), Ilhéus (9.314), Itabuna (7.840) e Jequié (6.751). Os demais municípios ainda não ultrapassaram a marca de 6 mil doses aplicadas. Na região sudoeste, além de Vitória da Conquista, os que mais vacinaram são Guanambi (3.759), Itapetinga (2.660), Caetité (1.935), Brumado (1.707), Macaúbas (1.357), Livramento de Nossa Senhora (1.073), Poções (1.064) e Paramirim (1.020). Os demais ainda não aplicaram mil doses.

PANDEMIA: Governador Rui Costa declara que a Bahia está em seu limite para abertura de novos leitos

Quinta / 04.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

A declaração foi dada nessa quarta (03), durante visita técnica ao Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, que voltou a funcionar e tem capacidade para 200 leitos. (Fotos: Sesab)

O governador Rui Costa (PT) declarou que o estado chegou ao seu limite para a abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A declaração foi dada na tarde dessa quarta-feira (03) durante visita técnica ao Hospital de Campanha da Arena Fonte Nova, em Salvador, que voltou a funcionar e tem capacidade para 200 leitos, mas inicialmente funcionará com 80 leitos, distribuídos em 50 leitos de UTI e mais 30 leitos clínicos, voltados para o atendimento de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

• Bahia registra 112 mortes pela Covid-19 nessa quarta-feira (03);

“A abertura de novos leitos é uma tentativa de evitar um colapso total no nosso sistema de saúde. É importante esclarecer para a população que, ao abrir os 100 leitos de UTI da Arena Fonte Nova e mais 100 de UTI que serão abertos no Hospital Metropolitano [localizado em Lauro de Freitas], o Estado da Bahia chega ao limite de abertura de novos leitos. É preciso que todos tomem consciência ou, daqui a duas semanas, iremos precisar de mais mil leitos. É uma situação impossível porque nós não teríamos nem equipes de profissionais suficientes para uma demanda tão grande”, declarou o governador.

Bahia registra 112 mortes pela Covid-19 nessa quarta-feira (03)

Quinta / 04.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Dos 694.783 casos confirmados, 662.524 estão recuperados, 20.119 encontram-se ativos e 12.140 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,75%.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou, nessa quarta-feira (03), 5.329 novos casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%), 4.295 recuperados (+0,7%) e 112 óbitos (0,93%). Dos 694.783 casos confirmados desde o início da pandemia, 662.524 já são considerados recuperados, 20.119 encontram-se ativos e 12.140 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,75%. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.041.414 casos descartados e 163.744 em investigação.

• As 112 mortes pela Covid-19, registradas pela Sesab nessa quarta-feira (03), ocorreram nas seguintes datas:

Segundo a Sesab, em nota, “A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.”

Dentre o número total de óbitos, 56,39% ocorreram no sexo masculino e 43,61% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,00% corresponderam à parda, seguidos por branca com 20,71%, preta com 14,76%, amarela com 0,55%, indígena com 0,16% e não há informação em 8,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,35%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,34%).

Rui Costa faz apelo ao presidente da Câmara Federal para viabilizar compra de vacinas pelos estados

Quarta / 03.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

O governador baiano também fez críticas à Anvisa e à falta de coordenação e cooperação por parte do Governo Federal no combate à pandemia. (Foto: Facebook / Rui Costa)

O governador Rui Costa (PT-BA) participou de reunião virtual, na tarde dessa terça-feira (02), com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e outros governadores para discutir a liberação dos estados para a compra e aplicação de vacinas contra Covid-19. Na oportunidade, Rui destacou a necessidade de acelerar a imunização da população e barrar o avanço do novo coronavírus, que põe o sistema de saúde à beira do colapso em várias partes do país. O governador baiano também fez críticas à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e à falta de coordenação e cooperação por parte do Governo Federal no combate à pandemia.

• Governo da Bahia prorroga medidas restritivas e toque de recolher no estado; confira detalhes;

“Eu quero pedir em nome dos baianos que o presidente da Câmara nos ajude a aprovar a liberação para a compra de vacinas e salvar a vida de baianos, nordestinos e brasileiros. É um apelo que faço tamanha a minha indignação e revolta com o comportamento do Governo Federal e da Anvisa. Não posso me calar, quando baianos estão morrendo e desesperados porque essa variante do coronavírus está reinfectando a população e não temos tempo a perder", disse Rui Costa, complementando ainda que "não preciso mais das brincadeiras do presidente [Jair Bolsonaro], mas sim de uma lei ou autorização judicial que permita a compra e aplicação da vacina para salvar vidas humanas."

• Recentemente, a PGE-BA ingressou no STF com pedido para viabilizar aplicação de vacina contra Covid-19;

Bahia ultrapassa a marca de 12 mil mortes pela Covid-19

Quarta / 03.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Dos 689.454 casos confirmados, 658.229 estão recuperados, 19.197 encontram-se ativos e 12.028 vieram a óbito, representando uma letalidade de 1,74%.

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), nessa terça-feira (02), registrou 3.397 novos casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%), 3.937 recuperados (+0,6%) e 114 óbitos (+0,96%) em decorrência da doença. Dos 689.454 casos confirmados desde o início da pandemia, 658.229 já são considerados recuperados, 19.197 encontram-se ativos e 12.028 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,74%. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.038.552 casos descartados e 160.723 em investigação. Ao todo, 43.111 profissionais da saúde já foram contaminados pela Covid-19.

• As 114 mortes em decorrência da Covid-19, registradas pela Sesab nessa terça-feira (02), ocorreram nas seguintes datas:

Em nota, a Sesab explica que: “A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.”

Dentre os óbitos, 56,45% ocorreram no sexo masculino e 43,55% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,01% corresponderam à parda, seguidos por branca com 20,70%, preta com 14,71%, amarela com 0,56%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,88% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,39%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,24%).

Bahia recebe nova remessa de vacinas contra Covid-19

Quarta / 03.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

O Grupamento Aéreo da PM-BA está realizando a distribuição das vacinas para as centrais regionais no interior, de onde serão encaminhadas para os municípios. (Fotos: Sesab)

Mais de 165.600 doses de vacinas contra a Covid-19 chegaram à Bahia na madrugada dessa quarta-feira (03). O lote recebido foi da Coronavac, imunizante desenvolvido pela Sinovac e produzido pelo Instituto Butantan. Agora, o estado totaliza 1.111.200 doses de vacinas contra Covid-19 recebidas, entre Coronavac e Oxford. O Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) está realizando a distribuição das vacinas para as centrais regionais no interior do estado, de onde serão encaminhadas para os municípios.

Governo da Bahia prorroga medidas restritivas e toque de recolher no estado; confira detalhes

Quarta / 03.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Na RMS foi prorrogada as medidas mais restritivas até as 5h da próxima segunda-feira (08). No interior, foi prorrogado o toque de recolher que durará até o dia 1º de abril.

Durante reunião com prefeitos da capital e Região Metropolitana de Salvador (RMS), na tarde dessa terça-feira (02), o governador Rui Costa (PT) prorrogou as medidas mais restritivas até as 5h da próxima segunda-feira (08), em Salvador e RMS, sendo permitido apenas o funcionamento das atividades consideradas essenciais nessa região. Para o restante do estado foi prorrogado o toque de recolher, das 20h às 5h, que durará até o dia 1º de abril. A medida visa diminuir a pressão da Covid-19 sobre o sistema de saúde.

• Mais de 300 pessoas aguardam leitos de UTI na Bahia; 'É como se fosse uma taxa de ocupação de 100%', diz subsecretária;

Para o interior do estado todas as atividades poderão ser retomadas nesta quarta-feira (03), mas com horário de encerramento estabelecido para as 20h e abertura após as 5h. A exceção são os deslocamentos por motivos de saúde ou que fique comprovada a urgência. O decreto ainda estabelece que, das 18h da próxima sexta-feira (5) até as 5h de segunda-feira (08), apenas poderão funcionar serviços essenciais em toda a Bahia. A restrição da venda de bebidas alcoólicas seguirá valendo em todo o estado a partir das 18h de sexta (05) até as 5h de segunda-feira (08), inclusive por sistema de delivery. São considerados serviços essenciais as atividades relacionadas à saúde e ao enfrentamento da pandemia, como transporte, serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, bem como à comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres, à segurança e a atividades de urgência e emergência.

Os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as atividades com até 30 minutos de antecedência, de modo a garantir o deslocamento dos seus funcionários e colaboradores às suas residências. Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres deverão encerrar o atendimento presencial às 18h, permitidos os serviços de delivery de alimentação até as 24h. Ficam vedados, até o dia 8 de março, procedimentos cirúrgicos eletivos não urgentes ou emergenciais, nas unidades hospitalares de saúde públicas e privadas do Estado da Bahia.

Ficam suspensos ainda eventos e atividades, em todo o território do estado da Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica no período de 3 de março a 1º de abril.

Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer na Bahia, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30%.

Mais de 300 pessoas aguardam leitos de UTI na Bahia; 'É como se fosse uma taxa de ocupação de 100%', diz subsecretária

Terça / 02.03.2021

Por Redação Sertão hoje

A declaração foi dada pela subsecretária Tereza Paim, em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, nesta terça-feira (02). (Foto: Reprodução / TV Bahia)

Nesta terça-feira (02), mais de 300 pessoas esperam regulação para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Bahia. A taxa de ocupação dessas unidades está em 83% no estado por causa da pandemia de Covid-19. Em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, nesta terça-feira (02), a subsecretária de Saúde da Bahia, Tereza Paim, explica que, com essa quantidade de pessoas à espera de um leito, é como se o estado tivesse em 100% de ocupação.

• Bahia registra 95 mortes em decorrência da Covid-19 nessa segunda (1º);

 “Mais de 300 pessoas estão aguardando leitos de UTI. Nós estamos conseguindo regular uma média de 60 a 70 pessoas no estado da Bahia. Esse dado de taxa de ocupação de 83% é um retrato. O que eu quero dizer é que, em um determinado momento, algumas pessoas saem de alta, outras têm óbito, e a gente vai acolhendo as pessoas para o leito. Por isso essa espera maior das unidades de pronto atendimento no acolhimento de novas pessoas", detalhou a subsecretária, alertando ainda que "A população precisa entender de uma vez por todas: é como se fosse uma taxa de ocupação de 100%".

“No planejamento inicial nós vocacionamos unidades de atendimento com respiradores. Ou seja: aptos a aceitar pacientes e, se for necessário, entubar o paciente e dá os primeiros cuidados. Lá na primeira onda, não passava de 12 horas o transporte [para regular]. Agora, ele chega a 36 e às vezes até a 48 horas dessa espera”, detalhou Tereza.

• Bahia já vacinou mais de 430 mil pessoas conta Covid-19;

Com o risco iminente de um colapso no sistema público de Saúde da Bahia, a subsecretária também alerta para a vacinação de idosos da faixa dos 70 anos, que são o principal grupo que ocupa hospitais e que perde a vida para a Covid-19. “A gente espera que o Ministério [da Saúde] se mobilize, se sensibilize e perceba essa criticidade que estamos vivendo hoje, com tantas pessoas esperando leitos de UTI. Esse é um momento muito crítico e tomadas de decisões anteriores fazem com que a gente fiquei vulnerável. Neste momento estamos absolutamente vulneráveis".

• Confira aqui a entrevista completa da subsecretária Tereza Paim ao Jornal da Manhã. As informações são do G1 Bahia.

PGE-BA ingressa com novo pedido no STF para viabilizar aplicação de vacina contra Covid-19

Terça / 02.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

A decisão do STF, até o momento, permite apenas a compra de vacinas sem autorização da Anvisa, mas não a aplicação das doses.

A Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE-BA) ingressou, nesta terça-feira (02), com uma nova ação judicial ao Supremo Tribunal Federal (STF), para viabilizar o acesso à vacinação contra a Covid-19. A decisão do STF, até o momento, permite apenas a compra de vacinas sem autorização da Anvisa, mas não a aplicação das doses.

De acordo com a PGE-BA, o pedido de autorização ao STF é para possibilitar a aquisição, importação e dispensação à população baiana de quaisquer vacinas contra a Covid-19, que já sejam registradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) ou, na falta do registro do órgão, as que já estejam sendo utilizadas pelos respectivos países de origem e que tenham sido liberadas por uma das seguintes agências estrangeiras: Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos da América; European Medicines Agency (EMA), da União Europeia; Pharmaceuticals and Medical Devices Agency (PMDA), do Japão; ou National Medical Products Administration (NMPA), da China.

Bahia já vacinou mais de 430 mil pessoas conta Covid-19; quase 100 mil já receberam a 2ª dose

Terça / 02.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Ao todo, 80,4%, de um total de 574.230 imunizantes, destinados a 1ª dose já foram aplicados. Da 2ª dose, 49,9% doses já foram aplicadas. Os dados são da Sesab. (Foto: Sesab)

Até as 15 horas desta segunda (1º), 433.402 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 na Bahia. Dessas, 98.674 já receberam também a 2ª dose. Ao todo, 80,4%, de um total de 574.230 imunizantes, destinados a 1ª dose já foram aplicados. A 2ª dose, um total de 49,9% doses já foram aplicadas. Os dados são da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Nesta primeira etapa de vacinação, voltada ao grupo prioritário, já foram imunizados, pelo menos com a 1ª dose, 279.961 trabalhadores da área da saúde, 59.698 idosos que tem entre 85 a 89 anos, 49.615 idosos que tem 90 anos ou mais, 41.363 idosos que tem entre 80 a 84 anos, 16.774 indígenas aldeados, 13.414 idosos que vivem em instituições de longa permanência e 577 pessoas que possuem algum tipo de deficiência.

Os municípios que mais imunizaram pessoas são Salvador (143.638), Feira de Santana (21.318), Vitória da Conquista (10.437), Ilhéus (8.289), Itabuna (6.359) e Jequié (6.264). Os demais municípios ainda não ultrapassaram a marca de 6 mil doses aplicadas. Na região sudoeste, além de Vitória da Conquista, os que mais vacinaram são Guanambi (3.518), Itapetinga (2.480), Brumado (1.707), Caetité (1.651), Macaúbas (1.357), Livramento de Nossa Senhora (1.073), Poções (1.064) e Paramirim (1.020). Os demais ainda não aplicaram mil doses.

Bahia registra 95 mortes em decorrência da Covid-19 nessa segunda (1º)

Terça / 02.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Dos 686.057 casos confirmados, 654.292 estão recuperados, 19.851 são casos ativos e 11.914 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,73%.

Na Bahia, nessa segunda-feira (1º), foram registrados 95 óbitos, 2.020 novos casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 2.580 recuperados (+0,4%). Dos 686.057 casos confirmados desde o início da pandemia, 654.292 já são considerados recuperados, 19.851 encontram-se ativos e 11.914 tiveram óbito confirmado, representando uma letalidade de 1,73%. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.036.616 casos descartados e 158.163 em investigação. Ao todo, no estado, 43.018 profissionais da saúde já foram contaminados pela doença.

• Os 95 óbitos registrados nessa segunda-feira (1º/03), pela Sesab, ocorreram nas seguintes datas:

Em nota, a Sesab explica que “A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.”

Dentre o número total de óbitos, 56,52% ocorreram no sexo masculino e 43,48% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,03% corresponderam à parda, seguidos por branca com 20,60%, preta com 14,72%, amarela com 0,55%, indígena com 0,14% e não há informação em 8,95% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,35%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,24%).

Governo da Bahia abriu 27 novos leitos de Covid-19 nesse final de semana

Segunda / 01.03.2021

Por Redação Sertão Hoje

Até o domingo (28), a Bahia conta com 2.240 leitos ativos dedicados ao atendimento de pacientes com Covid-19. Desses, 1.171 são de UTI adulto e pediátrica. (Foto: Sesab)

Em um esforço para reduzir a pressão na rede assistencial que atende pacientes graves com o diagnóstico de Covid-19, o Governo da Bahia abriu 27 novos leitos neste final de semana, sendo 17 de UTI nos hospitais estaduais em Santo Antônio de Jesus e Seabra.

• Bahia registrou 194 mortes pela Covid-19 nesse final de semana; total de mortes passa de 11.800;

Até esse domingo (28), a Bahia conta com 2.240 leitos ativos dedicados ao atendimento de pacientes com o diagnóstico de coronavírus. Desses, 1.171 são de UTI adulto e pediátrica. De acordo com a subsecretária da Saúde da Bahia, Tereza Paim, “nos próximos dias será inaugurado o Hospital de Campanha Arena Fonte Nova [em Salvador], com 80 leitos, sendo 50 de UTI, ampliando ainda mais a oferta para a população”, afirma a subsecretária.

• STF determina que União volte a custear leitos de UTI na Bahia;

No Hospital da Chapada, em Seabra, foram implantados 20 leitos, sendo 10 de terapia intensiva e 10 clínicos. Com esta ampliação, a unidade passa a contar com 40 leitos dedicados a Covid-19, sendo 20 de UTI e 20 de enfermaria. Já no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) foram acrescidos 7 leitos de UTI aos 3 existentes. Assim, estão disponíveis 10 leitos de terapia intensiva para a região.